Notícias

Gatinho com Síndrome de Down conquista milhões de fãs no mundo todo

Foto: Facebook/Monty
Foto: Facebook/Monty

A história de Monty começou na Dinamarca, onde ele passou três anos em um abrigo esperando por uma família para adotá-lo.

Mas as pessoas costumavam rejeitá-lo porque sua aparência física era um pouco diferente dos demais gatos.

Foto: Facebook/Monty
Foto: Facebook/Monty

Até que um dia, Mikala Klein e Michael Bjorn se apaixonaram pelo gatinho assim que o viram e decidiram torná-lo parte de sua família. Ele parecia muito especial e muito doce e eles não hesitaram um segundo em adotá-lo.

Os dias passaram e eles perceberam que algo estranho estava acontecendo, o gatinho não conseguia controlar seus esfíncteres enquanto dormia e urinava com frequência.

Foto: Facebook/Monty
Foto: Facebook/Monty

Eles então o levaram ao veterinário para examiná-lo e disseram-lhe que isso era normal para os gatos mais velhos, mas Monty ainda era jovem demais para que isso acontecesse com ele.

Como eles tinham mais gatos em casa e pensaram que Monty queria marcar o território em relação aos outros e depois pensaram em mandá-lo para uma casa onde ele não teria outros gatos para competir por atenção (caso esse fosse o problema).

Mas essa decisão os entristeceu muito e a casa não era a mesma sem ele.

Mas essa decisão os deixou solitarios e vazios. Então eles voltaram para procurá-lo e decidiram continuar investigando até que ele descobriu que Monty tinha um problema genético semelhante ao da síndrome de Down em humanos.

Foto: Facebook/Monty
Foto: Facebook/Monty

Essa foi a verdadeira causa do estranho comportamento e da aparência de seu rosto.

Monty é muito brincalhão, sempre expressa sua alegria e se sente feliz com sua família.
Toda noite ele quer dormir perto de Michael, porque ele lhe dá muita segurança.

Desde que eles compartilharam sua história na internet, o gatinho se tornou um fenômeno das mídias sociais. Atualmente, Monty tem uma página no Facebook com mais de 300 mil seguidores e que pode ser visitada clicando aqui.

Monty também tem uma marca de brinquedos e outros produtos, e tudo o que é coletado na venda dos itens é destinado ao abrigo onde Monty estava antes de ser adotado.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More