Notícias

Convênio garante nova etapa de castração de animais em Monte Mor (SP)

Um convênio assinado recentemente pelo prefeito Thiago Assis junto à Secretaria Estadual do Meio Ambiente vai garantir a realização de uma nova etapa de castração de animais no município. O trabalho vai ser coordenado pelo Departamento de Vigilância em Saúde e visa controlar a população de animais da cidade, bem como incentivar a guarda responsável.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Simoni Pacheco, o convênio é no valor de R$ 100 mil e prevê uma contrapartida municipal no valor de R$ 14.900. “Os R$ 100 mil serão utilizados apenas para a castração de animais e a contrapartida municipal para a compra de microchips e leitor de microchip. Todos os animais que forem castrados serão chipados, facilitando a sua identificação em caso de abandono”, explicou.

Agora, a Prefeitura realizará a abertura de processo licitatório para contratação da empresa que fará o trabalho de castração. “Nosso plano de trabalho prevê a realização de seis etapas de castração. No total, cerca de 900 animais devem ser atendidos pelo programa municipal. Sem dúvida será uma importante ação de saúde pública”, disse a diretora.

No ano passado a Prefeitura realizou mutirão de castração de animais. No total, 140 cães e gatos foram atendidos pelo trabalho desenvolvido nas dependências do Ginásio Baia Assis, região do Jardim Paulista.

Fonte: Portal Página Popular

​Read More
Notícias

Polícia encontra rinha de galos em Monte Mor (SP)

Polícia encontra rinhade galos em Monte Mor (SP). Os tutores das aves foram detidos e serão chamados na delegacia, para que o estado dos animais seja verificado

Foto: Estevam Scuoteguazza/AAN

A Polícia Ambiental de Campinas e a Guarda Municipal de Monte Mor detiveram 16 homens e um adolescente de 13 anos, no sábado (2/10) à tarde, que participavam de uma rinha de galo em um sítio no bairro Chácara Miracatu, em Monte Mor. O caso aconteceu por volta das 15h.

Os policiais chegaram ao local por meio de denúncia anônima exatamente no momento em que os homens faziam suas apostas. Segundo a Polícia Ambiental, os detidos estavam ao redor de um dos rebolos assistindo a briga de dois galos, enquanto outros 34 animais estavam presos. Todos foram levados à delegacia de Monte Mor, prestaram depoimento e depois foram liberados.

Os 36 galos – muitos deles machucados – foram entregues aos respectivos tutores. A polícia informou que os tutores dos galos serão chamados posteriormente na delegacia, para verificar o estado dos animais.

O morador do sítio, R., 30, disse que a rinha acontece raramente – ‘uma vez ao mês, mais ou menos’ – e que cria os galos (do total, 15 pertenciam a ele) para vender. Também informou que alugou o local há cerca de 60 dias. Havia 3 rebolos, um quadro branco para marcação de pontos, inclusive com o nome de alguns dos apostadores, materiais para curativo dos galos, sacos de pano usados para carregar os animais, um galo morto dentro de um freezer e outro no meio do mato.

Todos os homens foram autuados por maus tratos a animais.

Fonte: UOL

​Read More