Histórias Felizes, Notícias

Filhote de cachorro é encontrado dentro de sacola de plástica jogada no chão

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

Uma mulher caminhava pelo seu bairro na Irlanda quando, de repente, ouviu sons baixos de ganido vindos de uma sacola plástica jogada no chão. Preocupada, ela foi até o barulho e olhou dentro da sacola – foi quando ela tomou um susto ao ver o rosto mais minúsculo do mundo olhando diretamente para ela.

O pequenino cachorrinho, mais tarde chamado Bobby, tinha apenas 5 semanas de idade e era muito jovem para ficar longe de sua mãe. Ficou claro que alguém o abandonou, então a mulher imediatamente o levou para casa e começou a tentar encontrar um abrigo para onde pudesse levá-lo.

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

“A pessoa que acolheu o pequeno nos contatou para ajudar, já que ele estava muito doente e mal conseguia andar”, disse Ramona Cunningham, uma das proprietárias do Coolonan Dog Rescue, ao The Dodo.

Assim que Cunningham e seu parceiro, Chris Kelly, ouviram sobre o pequeno Bobby, imediatamente concordaram em recebê-lo e o levaram ao veterinário para fazer o check-out.

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

O pequeno filhote estava em péssimas condições, mas eles também podiam dizer que ele era um grande lutador – e eles não conseguiam entender o quão pequeno e adorável ele era.

“Ele estava tão fraco e emagrecido que não conseguia se levantar devido a nenhuma massa muscular em suas patas traseiras”, disse Cunningham.

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

Apesar de sua condição, Bobby começou a se curar e ficar mais forte assim que sentiu o amor e carinho de seus resgatadores, e depois de alguns dias ficou claro que o rapazinho iria sobreviver.

Ele rapidamente recuperou o movimento de suas pernas traseiras e começou a correr e se comportar como um cachorrinho normal.

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

O casal postou sobre Bobby no Facebook e recebeu pedidos de milhares de pessoas que estavam interessadas em adotá-lo quase instantaneamente – mas quanto mais tempo eles passavam com ele, mais eles percebiam que seria impossível deixá-lo ir.

“Ele é um filhote muito engraçado, atrevido, mas tão fiel para um cachorrinho tão novo”, disse Cunningham. “Ele prefere a companhia humana do que a companhia de outros cães por enquanto, embora meus outros cães o adorem.”

O pequeno e adorável rosto de Bobby está repleto de tanto amor e personalidade, que em pouco tempo o casal decidiu oficialmente adotar o pequeno Bobby e torna-lo um membro da família.

Foto: Coolronan Dog Rescue
Foto: Coolronan Dog Rescue

“Meu marido Chris se apaixonou por ele, é muito bom ver o vínculo especial que eles têm”, disse Ramona. “Nossos seis outros cães são todos do sexo femininos, então [eu] acho que era hora de Chris ter alguém no time dele.”

Bobby claramente está no lugar certo, com as pessoas que ajudaram a salvar sua vida, e eles não podem esperar para ver aquele rosto adorável crescer cada vez mais saudável e mais feliz a cada dia.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Você é o Repórter

Três cães vivendo em espaço minúsculo precisam de ajuda em SP

Lara
lara.300anjos@gmail.com

Esses três coitados foram resgatados com 45 dias de vida e nunca saíram de um pequeno espaço. A única volta que deram foi para a castração.

Nesse espaço não bate sol, eles não tem carinho de ninguém, o chão vive úmido pois a pessoa que cuida não quer ter o trabalho de secar. O único momento de alegria da vida deles é na hora de comer.

Eles cresceram ali e não conhecem a vida em liberdade. É de partir o coração. Ningu´´m se interessou em adotar algum deles, não sei o que acontece, talvez por não os conhecerem pessoalmente ou por serem “comuns”, apesar de terem uma pelagem maravilhosa e serem dóceis demais.

Você pode dar a chance para um desses pequenos que merecem muito amor? Se quiser conhece-los entre em contato conosco. Felizmente, a mãe deles já foi adota há cinco meses, só falta a mesma sorte acontecer para esses lindos filhotes.

Se não puder adota-los, será que existe um cantinho na sua casa para oferecer lar temporário digno? Ou se alguém quiser ser madrinha/ padrinho de algum deles, podemos conseguir um bom hotelzinho para viverem um pouco mais felizes. Já faz 1 ano que eles vivem amontoados!

Contato: Lara – lara.300anjos@gmail.com ou Miriam – miriam.300anjos@gmail.com

Obrigada de coração!!!!!! Ah, o preto é macho, peludo, parece um golden mas é preto, e as douradas são meninas, lindas!!!!! Olhem a carinha alegre da clara nos olhando no muro, que dó!!!!! E o zeca todo animado pelo muro, um fica em cima do outro para chegar perto da gente!!!

​Read More