Notícias

Manifestantes se acorrentam na Bienal de SP para pedir que os urubus sejam libertados

Um grupo com cerca de 15 manifestantes voltou a panfletar ontem na Bienal, contra a obra de Nuno Ramos. “Bandeira Branca” utiliza três urubus, que são mantidos em uma espécie de cerco, no vão central do edifício.

A manifestação começou logo cedo, na porta da exposição, onde o grupo distribuiu panfletos. Por volta das 15h, entraram no prédio gritando “libertem os urubus”, e dois deles se acorrentaram ao guarda-corpo da rampa principal. Até o fechamento desta edição, eles permaneciam acorrentados.

Apesar de revogada a licença concedida pelo Ibama, os animais ainda não foram retirados da obra.

Fonte: Folha

​Read More
Notícias

Defensora de animais agredida em Pomerode (SC) recebe alta do hospital

(da Redação)

A diretora da Associação de Proteção aos Animais de Blumenau (Aprablu), Bárbara Lebrecht, agredida durante um protesto contra a puxada de cavalos em Pomerode (SC), no último domingo, recebeu alta ao meio-dia desta quarta-feira (21),  segundo informações do Hospital Santa Catarina, em Blumenau.

Bárbara Lebrecht, de 58 anos, passou por uma cirurgia após ter fraturado o fêmur. Pelo menos outras treze pessoas sofreram ferimentos durante a manifestação, organizada por ativistas da Associação dos Melhores Amigos dos Bichos, da Organização Bem-Animal e do Instituto Ambiental de Ecosul de Florianópolis.


​Read More
Notícias

Manifestante agredida em puxada de cavalos, em Pomerode (SC), recupera-se de cirurgia

A ex-presidente da Associação de Proteção aos Animais de Blumenau (Aprablu), Bárbara Lebrecht, recupera-se bem da cirurgia a que foi submetida terça-feira à tarde. Aos 58 anos, ela teve o fêmur fraturado ao ser agredida durante a última puxada de cavalos, domingo, no Bairro Ribeirão Souto, em Pomerode (SC). Internada no Hospital Santa Catarina, Bárbara ainda não sabe qual a previsão da alta médica.

– Eu estou bem. Agora só me preocupo com os animais. Só quero que essa puxada acabe – afirmou, nesta terça-feira (20) ao Santa.

Fonte: Diário Catarinense

​Read More
Notícias

Manifestantes protestam contra farra do boi em SC

Um grupo de cerca de dez pessoas fez uma manifestação no fim da tarde desta quinta-feira contra a farra do boi, no centro de Florianópolis (SC). Eles condenam o evento tradicional na região por conta dos maus-tratos que o animal sofre.

Integrantes de diversas ONGs de proteção aos animais se banharam com sangue artificial e usaram máscaras imitando bois. Cartazes também pediam que a sociedade se colocasse no lugar dos animais.

A manifestação é a terceira feita pelo grupo. Cerca de 20 pessoas se reuniram no centro da cidade na última terça e sexta-feira para pedir que a prática seja denunciada de acordo com a a lei que proíbe abusos, maus-tratos, feridas ou mutilações aos animais (art. 32 da Lei 9.605/98).

A farra do boi é comum na cultura portuguesa e foi introduzida no Estado pela imigração açoriana. Realizada na Quaresma, período entre o fim do Carnaval e a Páscoa, em Santa Catarina ela ganhou modificações.

Fonte: Terra

​Read More