Histórias Felizes

Após se separar da mãe por três dias, bebê coala explode de alegria ao reencontrá-la

Um filhote de coala foi encontrado por uma equipe de resgate sozinho no fundo de uma árvore. O pobre animal estava triste, perdido, e foi levado aos cuidados provisórios de uma organização de direitos animais da cidade de Adelaide, na Austrália, até que sua mãe fosse reencontrada.

Os protetores Wayne e Lynette Parsons a receberam e cuidaram dele – tinham até mamadeiras para garantir que ele não perdesse peso, de acordo com a emissora local 7 News. Eles então esperaram na árvore até a mãe retornar.

Depois de três dias de espera, a mãe finalmente apareceu. “Vamos ver o que acontece”, disse Wayne enquanto segurava o bebê. Ao ouvir o barulho do animal, a mãe do coala virou-se e começou a cheirar o filhote; durante todo o processo de reconhecimento, é possível perceber que o pequenino está em êxtase por estar de volta com a mãe.

Ele estende uma pata para expressar a alegria e rapidamente se envolve em volta do pescoço da mãe. “Olhe para você. Aw mum. Você é uma boa menina”, Lynette Parsons, que estava por trás da câmera, diz em determinado momento. A mãe coala começou então a subir em um galho de árvore em seu cercado, com seu bebê preso como cola nela. Quando param, Lynette grita para o bebê coala para se segurar na mãe.

O vídeo terminou com os dois coalas no chão, com o bebê ainda agarrado à mãe. Ele parecia que ficaria perto por um longo tempo depois de sua aventura de três dias sozinho.

​Read More
Notícias

Registro raro: girafas brancas são vistas em uma reserva no Quênia

As girafas brancas, vistas no Quênia, são consideradas raras (Foto: hirolaconservation.org)

Pela primeira vez em vídeo, duas girafas brancas, mãe e filho, foram vistas em uma reserva no Quênia. A dupla tem uma condição rara que não é o albinismo, e sim uma ausência de pigmentação total da pele chamada leucismo. O albinismo é a ausência de melanina.

A ONG Hirola Conservation Programme divulgou em junho deste ano um relatório sobre os animais brancos, enviado pelos moradores de uma aldeia próxima a área de conservação do parque Ishaqbini Hirola em Garissa, onde a dupla foi flagrada.

O primeiro relato sobre as girafas brancas aconteceu em 2016, no parque nacional de Tarangire, na Tanzânia. O caso no Quênia é o segundo registrado.

Confira o vídeo do momento em que as girafas foram vistas:

​Read More