Notícias

Startup desenvolve em laboratório carne de camarões, caranguejos e lagostas

Foto: Vegnews/Reprodução
Foto: Vegnews/Reprodução

A Shiok Meats, uma startup de tecnologia de alimentos com sede em Cingapura, tem como objetivo acabar o consumo da vida oceânica na região com carne de frutos do mar cultivados em laboratório.

Os fundadores Sandhya Sriram e Ka Yi Ling, ambos cientistas especializados em células-tronco, criaram e desenvolveram carne de crustáceos em laboratório, onde um pequeno número de células animais é usado para cultivar a carne.

“Escolhemos começar com camarão porque é um animal mais fácil de lidar do que caranguejos e lagostas”, disse Shriram ao site MediaCrunch.

A empresa recentemente levantou capital de base para financiar seu projeto de desenvolvimento de camarão moído (o tipo que seria encontrado em bolinhos) e produziu a carne a um custo de aproximadamente 2.27 dólares por libra.

A Shiok Meats planeja estrear seus primeiros produtos daqui três a cinco anos na região Ásia-Pacífico, onde a indústria de camarões é extremamente cruel para os animais, para o oceano e para um parte da população que, de acordo com um relatório da Associated Press, continua sendo vítimas de trabalho escravo na região.

​Read More
Notícias

Startup americana lança ração para animais domésticos feita de “carne limpa”

Foto: Adobe
Foto: Adobe

Uma startup pioneira em tecnologia anuncia o lançamento de alimentos para animais domésticos, cultivados em laboratório, no início do ano que vem.

O primeiro produto da Because Animals Inc. serão biscoitos para gatos feito de carne cultivada de camundongos. A empresa afirma que a carne será totalmente desenvolvida cientificamente em laboratório, sem matar nenhum animal.

A classificação “Carne Limpa” não define um produto vegano, pois usa células animais, embora alguns veganos apóiem a iniciativa devido ao seu potencial para reduzir a morte de animais.

A startup diz que é motivada pela criação de carne cultivada em laboratório porque “evita o sofrimento de animais de criação”.

Além disso, a empresa afirma que a comida será mais segura para os animais domésticos, na medida em que todos os anos a Food and Drug Administration, órgão responsável pela regulação de normas de segurança alimentar e médica nos EUA (FDA, na sigla em inglês), pede a retirada de alimentos para animais domésticos das prateleiras devido à contaminação química e bacteriana – associada à agropecuária industrial – e ao uso de carne morta, contaminada ou proveniente de animais doentes.

Líquido Fetal bovino

O Fetal Bovine Serum (Líquido Fetal Bovino), ou FBS, é um material controverso, uma vez que que provém do sangue de um feto bovino, e é usado para criar algumas carnes de laboratório.

De acordo com a Because Animals Inc, eles não usam esse ingrediente em seus produtos.

A empresa diz que “desenvolveu uma fórmula própria que fornece os nutrientes e os fatores de crescimento necessários para o desenvolvimento do tecido da carne de rato, tudo sem a exigência de FBS”.

Companhia de comida para animais com carne limpa

“O que torna a carne limpa produzida por nossa empresa especial e diferente das demais é o fato de que a cultivamos sem ingredientes animais”, disse Shannon Falconer, diretora executiva da Because Animals, em um comunicado enviado à Plant Based News.

“No momento, o padrão na indústria de carne limpa é cultivar tecido celular usando soro de outro animal – geralmente líquido bovino fetal.

“A Bacause Animals está mudando isso criando alimentos ultra-nutritivos que fornecem todos os benefícios nutricionais da proteína animal tradicional, mas com ingredientes que não usam animais, oferecendo um produto que além de proteger cães e gatos, protege as pessoas e o planeta”, concluiu ela

​Read More