Notícias

Lewis Hamilton diz que Joaquin Phoenix está liderando ‘caminho’ para um mundo vegano

Hamilton, se tornou vegano em 2017 pela causa animal e por questões de saúde


Fotos: Instagram e Twitter

Recentemente, o campeão vegano da Fórmula 1, Lewis Hamilton, elogiou o discurso de Joaquin Phoenix no Oscar e disse que o ator está liderando “o caminho para o futuro vegano”.

Hamilton compartilhou o discurso de Phoenix no Instagram, que falou sobre a crueldade da indústria de laticínios com os animais.

“Acho que ficamos muito desconectados do mundo natural. Muitos de nós somos culpados de uma visão de mundo egocêntrica, acreditamos que somos o centro do universo. Entramos no mundo natural e o saqueamos por seus recursos ”, disse Phoenix.

E continuou: “Achamos que temos o direito de inseminar artificialmente uma vaca e roubar seu bebê, mesmo que seus gritos de angústia sejam inconfundíveis. Depois pegamos o leite dela, destinado ao bezerro, e colocamos no café e nos cereais”.

Hamilton, que se tornou vegano em 2017 pela causa animal e por questões de saúde, além de compartilhar o discurso, elogiou as palavras de Phoenix, escrevendo:  “Joaquin Phoenix liderou o caminho para o futuro vegano no mundo. Estou tão orgulhoso e grato por saber que existem pessoas como ele, com todo o sucesso e fama de usar sua voz para o bem maior. Eu desejo ser capaz de fazer isso também”.


Nota da Redação: é importante esclarecer que o veganismo é um termo criado pela The Vegan Society em 1949 para descrever um estilo de vida alinhado com a defesa dos direitos animais. Para esta entidade, o veganismo é “uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade”. O veganismo, em sua raiz conceitual, não se restringe unicamente à dieta, considerada vegetariana estrita, totalmente livre de qualquer produto ou ingrediente de origem animal. No entanto, com a popularização deste estilo de vida e do surgimento de novos termos, como dietas plant based (baseada em plantas, em tradução literal) e com o aumento considerável do uso do termo “vegano” por celebridades e influenciadores, optamos por reproduzir as mesmas informações fornecidas pelas fontes das matérias.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Veganos dominam a temporada de prêmios internacionais

Confira quem são as celebridades da música, cinema e esporte que fazem parte da lista


Foto: Mario Anzuoni/Reuters

Recentemente, uma série de celebridades e esportistas veganos tem ganhado prêmios importantíssimos para o cenário mundial, salientando a ideia de que não é preciso consumir produtos de origem animal para ter uma performance primorosa ou um corpo saudável.

Uma das celebridades veganas que mais brilham atualmente é o ator Joaquin Phoenix, que conquistou muitos prêmios na temporada 2020, como o Globo de Ouro e recentemente, o Oscar, ambos prêmios na categoria ‘Melhor Ator’ com o papel de protagonista no filme Coringa. Além de ganhar prêmios, o ator tem discursado em todos os seus prêmios a respeito da crise climática e os direitos animais.

“Entramos no mundo natural e o saqueamos por seus recursos. Sentimos o direito de inseminar artificialmente uma vaca e, quando ela dá à luz, roubamos seu bebê, mesmo que seus gritos de angústia sejam inconfundíveis. Depois pegamos o leite dela, destinado ao bezerro, e colocamos no café e no cereal”, disse ele no Oscar.

O piloto Lewis Hamilton, que também é vegano e venceu os últimos três prêmios de Fórmula 1, diz ter notado mudanças na mente e no corpo após adotar o veganismo: “Não consigo expressar em palavras o quanto me sinto melhor”. “Eu estava comendo de tudo, como a maioria das pessoas, mas eu acordava grogue, tinha alterações de humor e meu nível de energia aumentava e diminuía ao longo do dia”, relatou Hamilton  à revista The Edge Malaysia comparando seu metabolismo quando ainda consumia carne.

Foto: Livekindly/Reprodução

Outra celebridade vegana que venceu prêmios foi a cantora Billie Ellish, que levou 4 Grammys de uma só vez: o de Melhor Artista Novo, Melhor Canção, Melhor Disco “Bad Guy” (Menino Mau) e o Álbum do Ano “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” (Quando Todos Adormecemos, Para Onde Vamos?).

Fonte: Pinterest

Novak Djokovic, melhor jogador de tênis da atualidade, credita seu desempenho nas quadras ao veganismo, embora não goste do “rótulo” de vegano. “Devido às interpretações errôneas de rótulos e uso indevido de rótulos, simplesmente não gosto desse tipo de nome”, declarou ele ao site Livekindly.

AFP/TIZIANA FABI

Nota da Redação: é importante esclarecer que o veganismo é um termo criado pela The Vegan Society em 1949 para descrever um estilo de vida alinhado com a defesa dos direitos animais. Para esta entidade, o veganismo é “uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade”. O veganismo, em sua raiz conceitual, não se restringe unicamente à dieta, considerada vegetariana estrita, totalmente livre de qualquer produto ou ingrediente de origem animal. No entanto, com a popularização deste estilo de vida e do surgimento de novos termos, como dietas plant based (baseada em plantas, em tradução literal) e com o aumento considerável do uso do termo “vegano” por celebridades e influenciadores, optamos por reproduzir as mesmas informações fornecidas pelas fontes das matérias.


 

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Lewis Hamilton tem o ‘melhor treinamento de inverno’ e reduz peso com dieta baseada em vegetais

“Eu estava comendo de tudo, como a maioria das pessoas, mas eu acordava grogue, tinha alterações de humor”, diz o piloto


Foto: Instagram / Lewis Hamilton)

Recentemente, Lewis Hamilton , revelou que perdeu 5 kg, com seu peso caindo de 78 para 73 kg, em uma dieta de inverno baseada em vegetais.

O campeão da Fórmula 1 é vegano desde 2017  e recentemente compartilhou uma imagem de si mesmo no Instagram, dizendo: “Este foi um dos melhores invernos que já tive. No ano passado, estava com muito peso”.

E completou: “Este ano, estou com um peso melhor de 73 kg. Ainda tenho mais gordura para queimar e mais músculos para adicionar, mas estou no caminho. Consistência é a chave! Se você quer entrar em forma, pode fazê-lo. Apenas depende de quanto você quer”.

Segundo o site Plant Based News (6), além de estar se exercitando bem, Hamilton experimentou outros efeitos benéficos de sua dieta, alguns dos quais ele discutiu durante uma recente entrevista a revista The Edge Malaysia.

“Não consigo expressar em palavras o quanto me sinto melhor”, disse ele. “Eu estava comendo de tudo, como a maioria das pessoas, mas eu acordava grogue, tinha alterações de humor e meu nível de energia aumentava e diminuía ao longo do dia”, relatou Hamilton, comparando seu metabolismo quando ainda consumia carne.

“Eu sempre tive problemas de estômago e uma barriga inchada e pensei que era normal”, concluiu ele, feliz por seguir o veganismo há dois anos.


Nota da Redação: é importante esclarecer que o veganismo é um termo criado pela The Vegan Society em 1949 para descrever um estilo de vida alinhado com a defesa dos direitos animais. Para esta entidade, o veganismo é “uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade”. O veganismo, em sua raiz conceitual, não se restringe unicamente à dieta, considerada vegetariana estrita, totalmente livre de qualquer produto ou ingrediente de origem animal. No entanto, com a popularização deste estilo de vida e do surgimento de novos termos, como dietas plant based (baseada em plantas, em tradução literal) e com o aumento considerável do uso do termo “vegano” por celebridades e influenciadores, optamos por reproduzir as mesmas informações fornecidas pelas fontes das matérias.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Jornalismo cultural

Lewis Hamilton incentiva a adoção de um estilo de vida vegano

“Essa é uma oportunidade que eu vou aproveitar. Se ninguém mais quiser, a perda é deles”, declara o atleta


Dan Istitene/Getty Images

Nesta segunda-feira (20), o campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, concedeu uma entrevista à revista GQ Hype (leia completa) falando sobre as vantagens de uma dieta à base de vegetais e, além disso, que as pessoas estariam ‘perdendo’ por não adotarem a tendência.

O inglês também revelou que desde que deixou de consumir produtos de origem animal, percebeu que seu desempenho e energia melhoraram, além de sua saúde intestinal. “Somos ensinados a beber leite e comer carne em busca de proteínas e comecei a investigar outras áreas de pesquisa em torno de tudo isso”, declarou Hamilton.

Segundo o site Plant Based News, o piloto começou sua mudança a partir de alguns questionamentos: “A primeira coisa foi o que está acontecendo com os animais? Em segundo lugar, o impacto que isso pode ter no seu corpo”, relata o atleta. “Essa é uma oportunidade que eu vou aproveitar. Se ninguém mais quiser, a perda é deles”, completa ele, satisfeito consigo.

A transição de Hamilton despertou bastante o interesse da mídia global. Ainda segundo o site Plant Based News, a BBC destacou a mudança do atleta como um dos destaques de 2019. “Hamilton está interessado em moda, exalta as virtudes de uma dieta baseada em vegetais e costuma postar sobre seus amados bulldogs”, afirmou a BBC Sport .

Confira mais matérias da ANDA sobre Lewis Hamilton e a sua relação com o veganismo em: https://www.anda.jor.br/?s=LEWIS+HAMILTON


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More