Notícias

Gata aparece em lar de idosos e ganha um “emprego”

A gata Ohio vive no lar de idosos | Foto: Reprodução

A casa de repouso St. Augustine Health Ministries, localizada em Ohio, nos Estados Unidos, conta com a ajuda de uma funcionária mais do que especial. Um dia, uma gata, que foi batizada de Oreo, chegou até o lar de idosos e decidiu que ali seria o local onde ela poderia morar e ajudar os demais.

Para os idosos que habitam o espaço, a presença da gata é muito benéfica, uma vez que a maioria deles costumava ter animais domésticos em casa. “Poder brincar, acariciar e cuidar da gata traz uma sensação de lar”, contou Dana Carns, diretora do lar de idosos, ao Bored Panda. “Eles ficam muito animados em tê-la por perto e estão sempre a sua procura para ganhar um carinho”, completou.

Cheia de personalidade, a gata anda pela casa de repouso como se estivesse trabalhando. Ela faz companhia aos pacientes enquanto esperam suas visitas, ocupa a mesa da recepção e anima quem passa por lá. “Ela faz parte da nossa família. Ela ajuda os pacientes e os funcionários. Todos a amam”, contou Carmen Delgado, recepcionista da casa de repouso.

De acordo com os idosos, a presença do animal faz bem eles | Foto: Reprodução

Fonte: Pet Cidade

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Casal oferece nova família a cães idosos cuja tutora foi levada para asilo

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

BARCS/Facebook
BARCS/Facebook

Perder um ente querido, especialmente um pai, é difícil para qualquer um, incluindo animais não humanos. Muitos bezerros e vacas explorados pela indústria de laticínios choram desesperados desde o momento em que são separados até semanas depois.

Os esquilos, por exemplo, ficam frenéticos se seus filhotes são derrubados do ninho e sabemos como os bebês elefantes são próximos às suas mães e o quão angustiados eles ficam quando  ficam órfãos devido à caça ou ao sequestro. Simplesmente não existe nenhum vínculo comparável ao amor de uma mãe.

Os cães têm uma experiência um pouco diferente. Uma vez que eles geralmente são separados de suas mães biológicas para serem adotados, os seres humanos preenchem  um pouco da ausência maternal para estes animais.

Porém, a dor ainda é a mesma. Bruno e Caramel são dois cães idosos que tiveram que se separar de sua tutora depois que ela foi levada para um lar de idosos. Os cães doces foram levados para o BARCS Animal Shelter, onde funcionários do abrigo ofereceram apoio emocional e compartilharam sua história no Facebook.

Felizmente, duas pessoas gentis leram o relato triste e sabiam que tinham que ajudá-los. Elas foram até o BARCS e imediatamente se apaixonaram pelos cães, informou o One Green Planet.

Agora, Bruce e Jim ião cuidar de Bruno, de 18 anos, e Caramel, de 17 anos. Este casal incrível prometeu ficar com essa dupla dinâmica pelo resto de suas vidas.

Graças a eles, os cães desfrutarão do seu tempo na Terra brincando e recebendo todo o cuidado que merecem. A equipe do BARCS até visitou a antiga tutora dos animais para que ela soubesse que eles estavam felizes e sendo amados por outra família.

​Read More