Notícias

Fogo avança em direção a um dos maiores ninhais do Pantanal

Um dos maiores ninhais de aves do Pantanal Mato-grossense, situado a margem direita do Rio Paraguai em Cáceres, região Oeste do Estado, apelidado de “Ninhal do Presidente”, está cercado pelo fogo que está consumindo a vegetação de milhares de hectares nas proximidades desse refúgio das aves pantaneiras. De acordo com  a major Ramão Correa Barbosa, atual comandante do Corpo de Bombeiros, apenas 30 homens, entre brigadistas do Ibama, da Sema e da sua corporação estão tentando controlar o fogo, para evitar a destruição de centenas de milhares de aves que estão com filhos e encurraladas pelas labaredas.

Na área os brigadistas estão utilizando bombas “sapo” que extraem água das lagoas próximas e de ainda as bombas costais. Todavia, o major Ramão Correa, revela que está difícil controlar essa queimada.

Conforme denuncias que chegaram as autoridades  o incêndio teria começado em 07 de setembro, numa das cabeceiras da pista de pouso, do aeroporto da Fazenda Descavaldos, que bem perto do Ninhal. Já outra fonte revela que o fogo veio da Bolivia cruzou a fronteira queimando as pastagens e matas nativas até chegar próximo ao ninhal.

Não há números da quantidade de aves naquela área. Entretanto um dos guias turístico Ginaldo Brunelli dos Reis, aponta que a quantia de aves concentradas no Ninhal do Presidente, é muito superior a anos anteriores. Ele sugere  inclusive, a manutenção de uma equipe quase permanente naquela área para evitar a mortandade das aves.

Ginaldo revela que alguns pássaros estão morrendo de fome ou mesmo sufocadas pela fumaça que cobre toda a região. Além disso, as aves maiores não abandonam os ninhos para pescar, com isso o problema tem se agravado.

Na direção do Ibama em Cáceres, sabe-se extra-oficialmente que a Brigada contra o fogo, a organização Chico Mendes, que tem agentes na Estação Ecologica de Taimã, que fica próxima da área está com seu efetivo combatendo o fogo no Ninhal do Presidente.

Fonte: 24h News

​Read More