Notícias

Tutor justifica abandono de cão doente dizendo que ‘não tinha tempo para cuidar’

Um cachorro doente foi abandonado ao relento em Amambai, no Mato Grosso do Sul. Segundo a presidente de uma ONG de proteção animal, que resgatou o cão, o tutor disse a ela que abandonou o animal porque não tinha tempo para cuidar dele. O cachorro foi resgatado na quinta-feira (25).

Foto: PMA/Divulgação

A mulher, que preferiu não ser identificada, contou que localizou o tutor do cão e o questionou sobre o abandono. “Tenho dois empregos, chego em casa depois de meia-noite, não tenho tempo para cuidar”, teria respondido o homem.

Segundo ela, o tutor afirmou que duas irmãs deram paracetamol ao animal. O remédio combate dores e febre, mas não trata nenhuma doença específica. As informações são do portal G1.

Após resgatar o cão, a mulher o encaminhou para receber atendimento veterinário e acionou a Polícia Militar Ambiental (PMA).

O tutor do cachorro foi multado pela polícia em R$ 500 e responderá pelo crime ambiental de maus-tratos a animais, com pena de até um ano de detenção, além de multa. Os agentes efetuaram um auto de infração administrativo.

Após ser levado para receber os cuidados de um veterinário, o cachorro foi sacrificado por estar com uma doença em estágio avançado. De acordo com o especialista, o animal não sobreviveria e, por isso, o sacrifício foi optado como forma de por fim ao seu sofrimento.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More