Notícias

Polícia investiga cemitério com cerca de 100 corpos de cães no Ceará

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, no Ceará, emitiu um comunicado, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), por meio do qual informou que uma investigação policial está sendo realizada sobre o caso de cerca de 100 cachorros encontrados mortos na cidade.

(Foto: Valéria Alves/ TV Verdes Mares)

Dois “cemitérios de cães” já foram encontrados no município, em locais próximos um do outro. O primeiro, localizado na última sexta-feira (19), é um terreno baldio onde cerca de 20 cachorros e pelo menos um gato foram encontrados com os corpos incendiados. No segundo local, descoberto no dia seguinte, havia aproximadamente 40 ossadas de cães. As informações são do portal G1.

Os números, no entanto, aumentaram desde que os locais foram descobertos. A polícia esteve nos “cemitérios” na última terça-feira (23) e informou que já são aproximadamente 100 cães mortos. Os animais foram queimados e amarrados uns aos outros.

A equipe de coordenação do CCZ levanta as hipóteses dos animais terem sido desovados no local já mortos ou assassinados na área. Há especulações de que um veículo Kombi, de cor branca, recolheu animais na cidade.

Maus-tratos contra animais é crime ambiental previsto na Lei 9605/98, que prevê pena de detenção de três meses a um ano, além de multa.

​Read More
Notícias

Gatos abandonados são envenenados em Juazeiro do Norte (CE)

Gatos que foram abandonados no Cemitério do Socorro, no município de Juazeiro do Norte, no Ceará, estão sendo envenenados. Além de suportar as consequências terríveis do abandono, os animais têm sofrido com a morte cruel causada por veneno.

(Foto: Christopher Furlong/ Getty Images/ Imagem Ilustrativa)

“Por falta de castração eles são depositados lá, e as pessoas ficam irritadas por conta do aglomerado de animais e acaba alimentando esses animais com comida envenenada”,  lamentou a protetora de animais e membro da Associação Protetora dos Animais Carentes (Apac), Mariângela Bandeira. As informações são do portal G1.

O assassinato em massa de animais que viviam no cemitério foi denunciado recentemente por moradores da região. Um boletim de ocorrência foi registrado em uma delegacia, mas o caso ainda não foi solucionado.

O envenenamento de animais é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais e tem como penalidade detenção de três meses a um ano e multa. O uso de substâncias proibidas, como o chumbinho, também é crime e pode gerar pena de reclusão de 10 a 15 anos.

​Read More
Notícias

Polícia desarticula rinha de galos em Juazeiro do Norte (CE)

A Polícia Militar do Ceará apreendeu 36 galos, além de gaiolas e estruturas para ringue entre animais, em um sítio na zona rural de Barbalha, 503,4 km de Fortaleza, conforme informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), divulgadas nesta segunda-feira, 4. Durante a ação, participantes fugiram, mas dois homens foram capturados e autuados por maus-tratos a animais.

O local funcionava no sítio chamado Cabeceiras e ainda foram apreendidos uma balança digital, esporas plásticas, biqueiras, braçadeiras numeradas e material de primeiros socorros. Os homens foram identificados como Sampaio Cardoso Filho, 31 anos, e Bernardo de Alencar Sampaio Rolim, 32 anos.

Segundo a SSPDS, eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro do Norte e foram autuados por maus-tratos a animais, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais.

Fonte: O Povo

​Read More
Você é o Repórter

Cachorro muito doente precisa de ajuda para o tratamento, em Juazeiro do Norte (CE)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Estava passando nas proximidades da rua Santa Rosa, em Juazeiro do Norte (CE), quando avistei um cachorrinho preto e magrinho. Quando me aproximei do cão que estava deitado no chão, notei que ele estava com uma enorme ferida que vai de seu pescoço até seu crânio, fiquei desesperada pois queria ajudá-lo de alguma forma e não sabia como, pois eu o vi andando resistindo aos seus ferimentos como se nada estivesse acontecendo , foi vendo essa força de vontade que fiquei com muita vontade de salva-lo.

Liguei para meu namorado para pedir ajuda e tentar me nortear de alguma forma, pois não estava com condições nem de falar direito. Sem saber o que fazer enquanto chegava o socorro, o cachorro saiu sem rumo e eu o segui para não perdê-lo de vista , foi quando ele adentrou em uma casa em construção, eu estava tão comovida com a situação que fechei as portas da casa, mesmo não sabendo quem seria o proprietário e nem mesmo quem estava trabalhando no local.

Então ligamos para a clínica veterinária para que socorressem o Guerreiro, pois o mesmo estava chorando, com certeza estava sentindo muitas dores. Quando o socorro chegou o colocamos na caixa que deu um enorme trabalho, pois ele não queria entrar, mais Deus ajudou e fez com que ele entrasse.

Chegando à clínica o veterinário nos chamou e deu o seu parecer nos explicando a situação de como eles iriam proceder e se haveria alguma chance de sobrevivência. Com isso não pensei duas vezes e pedi que fizessem de tudo para tentar salva-lo, não pensando de como iria arcar com todos os gastos que são: ”Internamento , Medicação , Cirurgia , Curativo , Anestesia e Alimentação”, apenas pensando em salvar a vida desse guerreiro.

Conto com a ajuda de vocês, um animal também é uma vida, também sente dor e tem sentimentos.

O tratamento ficará em torno de 2.350,00

Até a data de 16/07/2013 já temos 610,00

Meu perfil facebook

https://www.facebook.com/willy.brandt.94

Grupo Ajudem o Guerreiro Facebook

https://www.facebook.com/groups/ajudemogurreiro/

Contato: (88) 9728-9829 (Tim) / (88) 9289-8652 (Claro)

​Read More
Notícias

Cães, gatos e silvestres são apreendidos em Juazeiro do Norte, CE

A Vigilância Sanitária, o Centro de Zoonozes e a fiscalização ambiental se uniram para retirar cerca de quarenta animais criados dentro de uma casa por duas senhoras em Juazeiro do Norte.

Somente depois da autorização da promotoria de justiça foi possível entrar no local que fica na rua da Luz, no Centro da cidade. No lugar, ficou comprovado o que já havia sido registrado em uma denúncia anônima. As moradoras criavam diversos animais sem autorização e as condições de higiene da residência estavam comprometidas.

Foram retirados aproximadamente vinte e oito cães, oito gatos e alguns animais silvestres. O veterinário informou que quase todos os bichos apresentaram sinais de doença.

Houve resistência por parte das irmãs que criavam os bichos. Maria Margarida e Maria de Lourdes não queriam se desfazer dos animais, por isso uma ambulância aguardava do lado de fora para um caso de emergência.


​Read More