Notícias

Baleia é encontrada morta em praia de João Pessoa

(Foto: Walter Paparazzo)

Uma baleia foi encontrada morta na praia de Cabedelo nesta terça-feira (28), na Grande João Pessoa. De acordo com Jaime Pereira, superintendente do Ibama, o corpo do animal tem cerca de 12 metros de comprimento.

O animal está boiando nas águas da praia de Cabedelo e o Ibama está com uma equipe monitorando o corpo do animal. “ Quem vai trazer o animal para a terra é a maré, nós estamos esperando exatamente esta mudança na maré”, disse.

Segundo Jaime, a baleia é da espécie jubarte e seu estado de decomposição já é avançado. “Nós estamos esperando o animal chegar em terra para poder identificar com precisão a espécie”, explicou.

Quando a baleia chegar em terra, a recomendação do Ibama é de que ela será identificada e em seguida enterrada nas areias da praia. “Pelo porte e estado de decomposição, o recomendável é enterrar o animal na praia mesmo”, afirmou.

De acordo com Jaime Pereira, caso seja confirmada como sendo jubarte, será a primeira baleia da espécie que as correntes trouxeram para o litoral da Paraíba. “Normalmente a espécie que nós encontramos aqui no litoral é a minke, jubarte será a primeira”, disse.

Encalhes

O Instituto Baleia Jubarte (IBJ), já registrou 73 encalhes no litoral do país só este ano, sendo 66 deles da espécie jubarte. O número é 60% maior do registrado em 2007, ano em que ocorreram 41 encalhes da espécie, e era recorde até então. No ano passado foram registrados 30 encalhes da espécie.

Segundo o veterinário e coordenador do Instituto Baleia Jubarte, Milton Marcondes, vários fatores podem ter provocado o aumento deste ano, entre eles, a diminuição da oferta de alimentos na região da Antártida, por conta do aquecimento global, o surgimento de algum tipo de bactéria que provoque doenças, ou até mesmo o aumento do número de nascimentos. Segundo ele, o encalhe de filhotes dessa espécie representa 58% do total.

Fonte: Alagoas 24 horas

​Read More