Notícias

70 cães são encontrados confinados em péssimas condições em um estábulo no interior de SP

Foto: Periscópio/ Reprodução

A Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Indaiatuba (SP) e a Aprai (Associação Protetora dos Animais de Indaiatuba) realizaram terça-feira (16), uma blitz no Sítio Dona Ruty, localizado em Itaici, para atender uma denúncia de um canil que mantinha animais em péssimas condições.

Durante a blitz foram encontrados cerca de 70 cães adultos e filhotes de raças famosas como Lhasa Apso, Spitz ou Lulu da Pomerania, Yokshire, Pinscher, Shith Tzu, Dachshund e Pug, confinados em um estábulo.

Parte do estábulo abrigava também alguns bezerros. No momento da blitz, funcionários estavam trabalhando no local e fazendo adequações para o canil.

A equipe da Vigilância Sanitária e a representante da Aprai, Maria Nazareth da Silva conversaram com os responsáveis pelo canil, orientando para que seja feita a limpeza e a adequação imediata do local.

Além disso, o proprietário foi notificado para apresentar na Vigilância Sanitária o nome do responsável técnico (veterinário) e carteira de vacinas de todos os cães.

Com informações do Periscópio

Nota da Redação: Esses pobres animais são vítimas de criadores gananciosos, que exploram animais e lucram às custas da reprodução forçada – mas esses não são os únicos. Infelizmente, há ainda muitas fábricas de filhotes causando sofrimento e a morte precoce de muitos animais. Se não concebemos vender o filho humano de alguém, por que conceberíamos vender um animal? Vidas não se compram, vivem-se apenas. Animais são seres sencientes e sujeitos de direito, portanto não podem ser tratados como coisas. Enquanto não houver uma lei que coíba e puna severamente práticas como essa, abusadores continuarão a se aproveitar de vidas inocentes para ganhar o seu dinheiro sujo.

​Read More