Notícias

Homem acredita que poodle perdido está sendo vendido em praça em Itabuna (BA)

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um morador de Itabuna acredita que um cachorro perdido estava sendo vendido por um homem que encontrou o animal. Ele conta que nesta quarta-feira(11), por volta de 8h20, ele viu um cachorro poodle, de cor branca e rabo cortado, na Praça José Bastos, em Itabuna. Ele acredita que o animal está perdido e tenha tutor.

Já por volta do meio dia, elen conta que um homem estava mantendo “o cachorro amarrado em uma árvore sem água e sem comida no sol quente com uma placa no pescoço” anunciando a venda. Ele estava cobrando R$100,00 pelo animal.

Fonte: Verdinho Itabuna

​Read More
Notícias

Reforma de prédio não interrompe castração gratuita de animais em Itabuna

As obras prosseguem desde o início de janeiro mas não impedem ações rotineiras. (Foto: Prefeitura de Itabuna)
As obras prosseguem desde o início de janeiro mas não impedem ações rotineiras. (Foto: Prefeitura de Itabuna)

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde de Itabuna, não parou as ações rotineiras como a castração gratuita de cães e gatos, mesmo com as obras de reforma e ampliação que estão sendo executadas na unidade. Só de janeiro até agora foram realizadas mais de 100 castrações em animais domésticos. O trabalho é feito na própria sede, duas vezes por semana, pelos quatro médicos veterinários, incluindo o diretor do CZC, Waldemar Oliveira D’Afonseca.

Waldemar diz que apesar das obras, o trabalho não chegou a ser interrompido, especialmente a castração, que é responsável pelo controle populacional de cães e gatos. “A castração é uma das formas de evitar que animais, incluindo filhotes, sejam abandonados diariamente nas ruas, além de que evita ninhadas indesejadas”. Ele informou que o processo traz outros benefícios tanto para o animal quanto para seu tutor, como a redução em até 95% as chances de o animal apresentar tumores de mama, ovário e útero no caso das fêmeas e tumores de testículos nos machos.

“Sem contar que um animal castrado dificilmente foge de casa atrás de fêmeas porque não entra no cio e isso evitará atropelamentos e envenenamentos, além do contágio com doenças infecciosas contraídas pela saliva ou mordida, como a raiva que é transmitida do animal para o homem e vice versa”. Ele explica que o procedimento cirúrgico para a castração é simples, embora deva ser executado apenas por profissionais habilitados e com agendamento.

O diretor lembra que o animal é um ser vivo, e como tal, tem sentimentos. “Eles sentem fome, frio, dor, saudades e sabem retribuir carinho. Além disso, uma cadela ou uma gata grávida gera ninhadas numerosas e em alguns casos, até gastos com exames ou cesariana que nem sempre o tutor tem condições de assumir financeiramente”.

Melhor condição de trabalho

Com relação às obras de reforma e ampliação que começaram no final do ano passado, o diretor do Centro de Zoonoses informou que estão adiantadas. O CCZ ampliou de sete para 15 o número de canis e disponibilizou uma área para os gatos que são recolhidos nas ruas de Itabuna. O centro também recebeu piso novo inclusive na área destinada aos animais, muro e reforma do telhado e nas instalações hidráulica e elétrica e pintura nas áreas interna e externa.

As obras de reforma estão sendo executadas com recursos próprios da Prefeitura, mas adiantou que o governo federal já disponibilizou recursos na ordem de R$150 mil para o CCZ. O dinheiro, segundo Waldemar, será utilizado na compra de novos equipamentos e um veículo apropriado para melhor atender a população que necessita dos serviços do Zoonoses.

Fonte: Prefeitura de Itabuna

​Read More
Notícias

Cachorro e tutores são mortos a tiros dentro de casa em Itabuna (BA)

Um cachorro e dois jovens foram mortos na noite de domingo (1º) no bairro de Santa Inês, em Itabuna, no sul da Bahia. Segundo Marlos Macedo, delegado titular da Delegacia de Homicídios de Itabuna (DH), Stanllei Amorim Neres, 18, sua namorada, de 16 anos e outro menor, também de 16, estavam em uma casa usando drogas quando quatro homens armados com pistola entraram e começaram a atirar. Testemunhas relataram que pelo menos mais três homens ficaram na retaguarda, dando suporte à ação.

A adolescente morreu no local com um tiro na cabeça. Stanllei, que era conhecido como Neguinho Stanllei, recebeu diversos tiros pelo corpo e foi encaminhado para o Hospital de Base de Itabuna, mas morreu durante a madrugada desta segunda. Tutelado pelo casal, um cachorro da raça pitbull foi morto com um tiro no pescoço.

O adolescente de 16 anos fugiu durante a ação dos bandidos. Com ele foram encontrados 10 papelotes de cocaína. Segundo o menor, a droga estava sendo usada pelos três na casa.

De acordo com o delegado, Stanllei era procurado pela polícia por tentativa de homicídio, desde o início de 2013. Ele afirma ainda que a mãe da menor tinha pedido para a filha passar uma temporada fora do estado por causa do envolvimento dela com pessoas ligadas ao crime. Ela tinha retornado recentemente à cidade.

Fonte: Correio

​Read More
Notícias

Centro de Zoonoses de Itabuna (BA) é acusado de virar "matadouro" de animais

Foto: Reprodução/Internet

Em Itabuna (BA), também existe denúncia de maus-tratos aos animais. Um grupo de ativistas, que vem se mobilizando para fundar a Ong A3, Associação de Amigos dos Animais, de proteção aos bichos, informa que o Centro de Zoonoses está em situação precária.

De acordo com grupo, o local é um verdadeiro depósito de doenças que levam à morte da maioria dos animais. Segundo a ambientalista Kátia Lyra, uma das doenças é o herpes vírus, que atinge e mata os gatos.

Ela conta que o gatil não oferece nenhuma condição de abrigar animais. O local é frio, úmido, sujo, pequeno e sem ventilação. O grupo fez uma visita ao Centro de Zoonoses e afirma que existem bons profissionais no local.

“Mas eles não podem fazer muito, porque faltam material de trabalho e competência por parte da diretoria”.

Fonte: A Região

​Read More
Notícias

CCZ de Itabuna (BA) lança projetos de castração para cães e gatos

O Centro de Controle de Zoonoses de Itabuna quer reduzir a proliferação de animais (cães e gatos) sem referência e que vivem soltos nas ruas e bairros da cidade. Para isso está lançando a partir desta terça-feira, 26, o projeto de castração voluntária que vai servir também para os animais domésticos cujos proprietários não têm condições de pagar pela cirurgia. As cirurgias serão realizadas no próprio CCZ, a partir das 8 horas da manhã.
O chefe da Divisão de Controle de Zoonoses, Nailton Silva Almeida, explicou que a castração é uma cirurgia efetuada por um especialista em medicina veterinária realizada sob efeito de anestesia geral e pode ser feita em machos de cães e gatos. “Os animais castrados mantém as mesmas funções, eles apenas deixam de apresentar o instituto de reprodução”, justificou, acrescentando que o projeto visa, além da esterilização com o intuito de diminuir a superpopulação, evitar tipos de doenças entre os animais, mas que também podem atingir os humanos.

Nailton frisa, ainda, que a castração de machos de cães e gatos é uma prática comum em universidades, abrigos de animais de ruas, centros de controle de zoonoses e em criatórios de criação de animais. Em Itabuna, além do CCZ estarão envolvidos no projeto a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), o Centro de Controle de Zoonoses de Ilhéus e a Clínica Veterinária Bicho e Cia. A comissão responsável pelo projeto é formada pelos médicos-veterinários Christiano Midlej Ramos (professor do Setor de Cirurgia de Medicina Veterinária da Uesc), Maycon Renner Colombo Barros e Ricardo Mandello (graduados do 9º. Semestre de medicina veterinária da Uesc).


Fonte: Ascom da Prefeitura de Itabuna

​Read More