Notícias

Em operação, PM flagra comercialização de aves silvestres em Itabaiana (SE)

00001
Divulgação

A Polícia Militar de Sergipe, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou dois homens comercializando aves da fauna silvestres, no último sábado (9), na feira livre de Itabaiana, município distante 58 quilômetros da capital.

A guarnição composta pelo sargento Daniel, soldados Wanderley e Michelle realizava policiamento ostensivo no município de Itabaiana, com o objetivo de coibir crimes ambientais naquela região, quando flagrou o comércio ilegal de aves silvestres. Foram resgatados um viuvinho, um jesus-meu-deus (também conhecido como tico-tico) e três araras jandaia.

Segundo a Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), em seu artigo 29, inciso III, comete crime quem vende, expõe à venda, exporta ou adquire, guarda, tem em cativeiro ou depósito os espécimes da fauna silvestre. “Sendo assim, qualquer cidadão brasileiro não pode aleatoriamente comercializar ou ter em seu poder aves que pertençam ao território nacional, sem a devida permissão ou autorização da autoridade competente”, declarou o sargento Daniel, comandante da guarnição do PPAmb.

Fonte: Aqui Acontece

Nota da Redação: Como nós, os animais nasceram para viver livremente. Manter um animal engaiolado é um dos crimes mais cruéis do ponto de vista ético. Infelizmente as nossas leis ainda permitem que algumas espécies de aves sejam caçadas, comercializadas e aprisionadas apenas para satisfazer a ganância e os desejos inconscientes e cruéis de algumas pessoas. Não podemos mais aceitar calados este tipo de prática como também todas as outras que tratam os animais apenas como mercadoria ou objeto de decoração. As leis precisam avançar e proibir qualquer forma de manutenção de animais em cativeiro.

​Read More
Notícias

PM apreende cerca de 86 pássaros em Itabaiana (SE)

A Polícia Militar de Sergipe, através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), apreendeu na manhã desse sábado, 28, cerca de 86 pássaros na feira das trocas do município de Itabaiana, no Agreste sergipano.

A ação foi realizada pelas guarnições Arara 01 e 02, composta pelos cabos Rubens e Sérvulo, além dos soldados Bittencourt, Wildy, Ana Cristina e Israel, que, ao chegarem à feira, avistaram indivíduos com pássaros expostos para venda ou troca. Percebendo a presença da viatura, os cidadãos abandonaram os animais e evadiram-se do local.

Entre as espécies encontradas não se verificou nenhuma ameaçada de extinção, mas apenas animais facilmente encontrados na fauna sergipana, a exemplo de caboclinhos, papa-capim, azulões e periquitos jandaias. Os animais foram catalogados e soltos em habitat natural por não apresentar sinais de domesticação.

Fonte: Plenário

​Read More
Notícias

PM flagra comércio de pássaros silvestres em Itabaiana e Aracaju (SE)

Foto: Polícia Militar / Divulgação
Foto: Polícia Militar / Divulgação

A Polícia Militar de Sergipe, através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), prendeu três homens no último final de semana, suspeitos de praticar o comércio ilegal de aves silvestres em Aracaju e no município de Itabaiana, a 56 quilômetros da capital. Nas ocorrências, 31 aves foram apreendidas.

O primeiro flagrante foi registrado no sábado (26), na feira livre de Itabaiana, quando o Pelotão Ambiental realizava fiscalização de rotina no local e identificou um senhor de 50 anos de posse de seis pássaros da espécie cardeal, também conhecido como ‘cabeça’. Aos policiais, o homem informou que tinha os animais como hobby e costumava vender e comprá-los na feira, porém não vivia do comércio dos animais.

Como não apresentou qualquer documento do Ibama que autorizasse a manutenção dos animais em cativeiro, o homem foi levado à Delegacia Regional de Itabaiana, onde assinou um termo circunstanciado e foi enquadrado no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, que pune, com detenção de seis meses a um ano, e multa, as condutas de matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

A ocorrência foi atendida pela guarnição composta pelos cabos Rubens, Givonaldo e Servulo, e o soldado Galdencio.

Outras duas prisões ocorreram no domingo (27), na Feira das Trocas do bairro Lamarão, em Aracaju, em um terreno antes da cabeceira da ponte do Conjunto João Alves. A guarnição composta pelo sargento Daniel, cabo Soares, soldados Estácio e Eric flagrou dois homens comercializando pássaros silvestres. Ao notar a presença da PM, as pessoas evadiram-se do local, porém duas acabaram contidas pelos militares e confessaram que realmente comercializavam os animais.

No local, foram apreendidos cerca de 25 pássaros de várias espécies, como papa-capins, cabeças, canários e azulões. Os homens foram conduzidos à Delegacia Plantonista, em Aracaju, e os animais encaminhados ao Ibama.

Fonte: G1

 

​Read More
Notícias

Cavalo morre ao ser atingido por veículo na BR-235 em Itabaiana (SE)

Na manhã desta quarta-feira (31), um cavalo foi morto na BR-235, nas imediações do acesso ao Povoado Ribeira, zona rural de Itabaiana (SE). O veículo que colidiu com o animal não foi localizado.

Um cavalo estava morto e outros dois pastavam nas proximidades (Foto: Wendel/FM Itabaiana)
Um cavalo estava morto e outros dois pastavam nas proximidades (Foto: Wendel/FM Itabaiana)

Animais perambulando nas rodovias são constantemente flagrados correndo risco de morte e levando perigo de acidente aos condutores e motociclistas, perdendo suas vidas e tirando muitas vezes a vida das pessoas, pela irresponsabilidade dos tutores e a ineficiência do setor competente em recolher esses animais.

Fonte: Itnet

​Read More
Notícias

Associação lança campanha de arrecadação de fundos para Canil de Itabaiana (SE)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Associação dos Bichos Carentes de Itabaiana (Abecita) lança campanha para arrecadar fundos que ajudarão a manter o canil, situado no Povoado Batula em Itabaiana (SE).

A frente da associação, José Virtuoso Silva Filho colocou nos comércios da cidade, uma caixa que representa uma ‘casinha de cachorro’, com um cofre onde poderão ser depositadas contribuições.

O abrigo que mantém centenas de cães e outras espécies recebe diariamente chamados para resgatar animais abandonados nas ruas, mas as condições financeiras sempre foram o grande desafio para manter o local em funcionamento.

Dê sua contribuição:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fonte: Portal Itnet

​Read More