Destaques, Notícias

Gato é morto por engano após estadia de rotina em Hospital Veterinário

Por Marcela Couto (da Redação)

Um caso de erro de identidade acabou na morte de um animal de estimação querido.

Imagem: Daily News NY/Getty
Imagem: Daily News NY/Getty

Maria Vélez e seu filho Austin foram buscar o gato, Buddy, no veterinário e descobriram que ele havia recebido eutanásia.

Vélez informou que ao chegar ao Hospital Veterinário de Hernando County, os funcionários trouxeram um gato que possuía a pelagem tigrada e laranja semelhante à de Buddy, porém faltava-lhe a cauda e era muito mais magro que o gato tutelado por ela.

Os funcionários perceberam então que Buddy estava morto. Um funcionário que deveria ter contatado os tutores de Buddy telefonou para a pessoa errada. A pessoa disse que não queria o gato e permitiu que o matassem.

“Estou chocada, meu pobre bebezinho…” disse Vélez.

O serviço animal local está investigando o caso e buscando formas de prevenir que algo parecido ocorra novamente.

“Nós fazemos de tudo para encontrar lares para animais e não dar-lhes a eutanásia,”disse Liana Teague, gerente do serviço animal. “O caso entristeceu a equipe. Sei que é mais trágico para a tutora, mas também foi terrível para nós”.

Buddy estava no hospital porque havia mordido um parente e precisava fazer alguns testes para raiva. Os testes foram negativos e o animal estava saudável quando o funcionário telefonou para a pessoa errada.

A tutora de Buddy quer que o caso de Buddy seja divulgado, para que nunca mais ocorra algo semelhante.

“Sei que nada trará meu bebê de volta, mas quero que as coisas mudem e isso nunca mais aconteça.” Disse Vélez.

Com informações de Daily News NY

 

​Read More