Notícias

Ministério Público do RS denuncia mãe que mandou filho torturar um cão

Animal sofreu queimaduras nas patas, orelhas,
boca e região lateral toráctica antes de morrer

O Ministério Público denunciou à Justiça uma mulher de 35 anos de idade que mandou o filho, um adolescente de 12 anos, praticar maus-tratos contra um cão doméstico em Cachoeira do Sul (RS). O fato ocorreu no dia 30 de novembro, na localidade de Vila Vargas, interior do Município.

Segundo a denúncia da promotora Giani Pohlmann Saad, o animal sofreu queimaduras nas patas, orelhas, boca e região lateral torácica. Dois terços do corpo do animal foram atingidos, o que gerou infecção e depósito de larvas. O cão morreu em decorrência dos ferimentos.

Conforme a Promotora, “a mãe instigou o filho na prática criminosa com crueldade para a captura do cão e para que ele, já agonizante e queimado, fosse amarrado em uma árvore, determinando que o filho matasse o animal”. A mulher ainda tentou corromper um adolescente de 15 anos, oferecendo a ele R$ 10 e um celular para que colaborasse na prática, fornecendo o fio de luz para que o cão fosse amarrado na árvore.

A mulher foi denunciada por maus-tratos de animais, que prevê pena de três meses a um ano de prisão, e por corromper adolescente, induzindo à prática de uma infração penal, cuja pena prevista é de um a quatro anos de reclusão.

Fonte: Zero Hora/ClicRBS

​Read More