Notícias

“Game of Thrones” faz aumentar abandono de cães da raça huskie suberiano

O número de cães da raça huskie siberiano aumentou devido a “Game o Thrones”. Na série, um grupo de filhotes de lobo gigante é resgatado pela família Stark. O huskie é o animal mais parecido com os lobos e, por isso, tem sido o desejo de fãs da série. Muitos deles, no entanto, logo são abandonados.

(Reprodução/HBO)

A raça exige ao menos duas horas de exercícios por dia, para que o cão não fique estressado e, assim, não desconte nos objetos da casa. Muitos fãs da série levaram esses animais pra casa sem saber do temperamento deles e, tempos depois, os descartaram. As informações são da Super Interessante.

Segundo o Dogs Trust, maior grupo de resgate de cães do Reino Unido, o número de cachorros da raça resgatados aumento em 420% desde o início da série. Segundo a NorSled, dos Estados Unidos, os huskies abrigados duplicaram no mesmo período.

Em entrevista à National Geographic, a vice-presidente o Grupo de Resgate de Huskies do Vale de Delaware afirmou que os animais, quando possuem identificação, normalmente têm nomes de personagens da série.

Em 1996, quando o filme 101 Dálmatas foi lançado, a mesma situação aconteceu. Mais de 10 mil animais da raça foram abandonados. Os “filmes de cachorro” colaboram para o aumento da demanda pelas raças e posterior abandono. Com o filme “Marley e Eu” e “Sempre ao Seu Lado” aconteceu o mesmo.

​Read More