Cadela Jennie
Notícias

Cadela mastiga a própria perna para sobreviver a furacão nos EUA

A cadela apavorada mastigou sua própria perna para salvar sua vida. A doce sobrevivente irá para Nova York em breve graças à organização sem fins lucrativos Rescue Dogs Rock NYC.

Cadela Jennie
Foto: Rescue Dogs Rock NYC/Facebook

Jennie pode estar a caminho da liberdade, porém não encontrou um lar adotivo em Nova York. Certamente, devido à experiência traumática que ela enfrentou, será possível um local amoroso para ela se recupera.

Cadela precisa de um novo lar
Foto: Rescue Dogs Rock NYC/Facebook

Segundo o One Green Planet, a cadela possui três pernas e pode ser surda. Jennie ama outros cães e consegue conviver com gatos.

O Rescue Dogs Rock pagará todas as despesas do tutor adotivo de Jennie. Só é preciso abraçar essa garota dócil e proporcionar a ela a vida que merece.

​Read More
Notícias

Foto de gato nadando em enchente vira símbolo de resiliência

As fortes chuvas causadas pela tempestade Harvey no Texas (EUA) mostraram ao mundo a força na natureza e a pequenez da espécie humana.

Scott Olson | Getty Images

A ANDA fez uma intensa cobertura dos impactos deste fenômeno natural aos animais: jacarés desorientados em áreas urbanas alagadas, cavalos abandonados em colcheiras, cães e gatos deixados à própria sorte, morcegos cujos habitats foram destruídos e muitos outros casos.

As cidades texanas agora terão um longo caminho de reconstrução. Há ainda muitos animais desamparados em abrigos superlotados e outros precisando de cuidados veterinários e famílias amorosas.

Com o objetivo de incutir ânimo aos sobreviventes da tragédia, uma foto está sendo amplamente divulgada: um gatinho sobrevivente da tempestade nada em uma rua alagada em busca de abrigo em Houston.

A aversão dos gatos à água é uma característica evolutiva que abrange leões e outras espécies próximas, portanto, a atitude do gatinho de se arriscar em águas poluídas e quiçá profundas se tornou um simbolo de resistência e resiliência.

Scott Olson/Getty Images

A imagem foi registrada pelo fotógrafo Scott Olson da agência Getty. Após nadar por um longo percurso, o gatinho alcançou um carro e ficou a salvo.

​Read More
Notícias

Sem-teto ajuda animais desabrigados após passagem do Harvey

Reprodução / Sasha Von Troetsch

A tempestade tropical Harvey deixou uma onda de destruição em diversas cidades do Sul dos Estados Unidos.

O desastre natural destruiu casas e deixou seres humanos e animais desabrigados, confusos e tristes.

Felizmente, muitos destes animais conseguiram ser resgatados e levados para abrigos onde encontraram segurança e conforto.

Reprodução / Sasha Von Troetsch

Com o objetivo de ajudar cães que foram separados de seus tutores durante a tragédia, Sasha Von Troetsch, tosadora e dona de uma pet shop, reuniu uma equipe de 50 voluntários para disponibilizar cuidados como tosa e banho para 100 cachorrinhos que estavam abrigados em um local improvisado e temporário.

No entanto, no decorrer da ação solidária, Sasha ficou surpresa com uma pessoa que se ofereceu para ajudar os cãezinhos. Era Stanley Baizle, um morador de rua que estava na mesma situação dos animais: desabrigado.

Reprodução / Sasha Von Troetsch

O homem de 59 anos informou que era tosador há mais de 29 anos, mas por muitas voltas da vida se tornou um sem-teto.

Muitos dos animais amparados pelo projeto estavam em situação crítica, com pelos sujos e muito embolados. Stanley ajudou a cuidar de vários cães.

Quando perguntaram ao homem por que mesmo estando em situação de desamparo se ofereceu para cuidar dos animais, ele simplesmente disse “Não fui criado para não ajudar”.

Reprodução / Sasha Von Troetsch

Comovida com a história de Stanley, Sasha criou uma campanha na plataforma “GoFundMe” para captar recursos para ajudá-lo a se reerguer e ter uma vida digna.

​Read More
Notícias

Homem ajuda cão a reencontrar família após tempestade no Texas

Reprodução

Aaron Jayjack estava fazendo uma longa viagem até Austin no Texas (EUA) quando encontrou um cãozinho perdido após a passagem da tempestade tropical Harvey.

Ele conta que enquanto parou para abastecer seu veículo, o cachorro entrou em seu carro e parecia pedir ajuda.

Aaron imediatamente soube que precisava fazer alguma coisa e decidiu fazer um vídeo do cachorrinho e postou em seu perfil no Twitter.

A intenção dele era encontrar a família do cão. “Eu realmente preciso de ajuda tentando encontrar o tutor desse cara. Nós vamos chamá-lo de Harvey”, diz Aaron no vídeo.

A postagem foi compartilhada mais de 700 mil vezes e após uma onda de energia positiva e solidária o cãozinho finalmente reencontrou sua família.

Aaron descobriu que o nome do seu mais novo amigo é Cash e pode acompanhá-lo nos seu reencontro com os tutores e presenciar o final feliz que ele ajudou a proporcionar.

​Read More
Notícias

Imagens de animais abandonados nas enchentes do Texas comovem o mundo

Cães são deixados para trás em cidade destruída | Reprodução

A destruição causada pela tempestade Harvey está comovendo todo o mundo. O fenômeno natural atingiu fortemente a região Sul dos Estados Unidos e está deixando animais domésticos e silvestres desabrigados.

Imagens divulgadas em redes sociais mostram cães e gatos abandonados em meio ao caos sem saber para aonde ir.

Reprodução

Os animais foram deixados para trás pelos tutores no momento de evacuação.

Postagens mostram cenas aterradoras, como dois cãezinhos abandonados em um barco e cães amarrados a árvores e postes, em situação de completa vulnerabilidade.

Reprodução

Mensagens como apelos como “Não deixem seus cães para trás!” estão sendo compartilhadas pelas redes Twitter e Facebook.

Reprodução

Campanhas estão sendo realizadas por ONGs de proteção a animais do país solicitando ajuda voluntária para resgatar cães e gatos em situação de risco e doações de cobertas e alimento.

​Read More
Notícias

Tutores resgatam cães em meio a destruição causada pelo Harvey

Naomi Coto leva seu cão cãozinho Simba após sua casa ser interditada | Foto de Joe Raedle / Getty Images

Os moradores da região Sul do estado do Texas lutam para sobreviver em meio ao rastro de destruição deixado pela tempestade Harvey. Eles estão fazendo o possível para resgatar seus cães sob as fortes chuvas e inundações.

Voluntários ajudam moradores e seus cães em bairro de Houston | Foto de Scott Olson / Getty Images

Infelizmente nem todos puderam ser resgatados e muitos fugiram assustados e têm seus paradeiros desconhecido. Equipes voluntárias de resgate estão salvando vários animais e os reunindo com suas famílias.

JG Roberson caminha com seu cão em meio aos destroços de um parque de trailers | Eric Gay / AP

Apesar da tristeza e da desolação há histórias felizes, como a de um caçador de tempestades que encontrou o cachorrinho Cash e o devolveu ao seu tutor, que finalmente respirou aliviado.

Mulher leva cachorrinho no colo durante evacuação | Foto: Rick Wilking/Reuters

 

​Read More
Notícias

Tempestade Harvey deixa animais desabrigados nos EUA

Scott Olson/Getty Images/AFP

A tragédia causada pela tempestade tropical Harvey na região Sul dos EUA vitimou além de seres humanos muitos animais.

Reuters

Cães e gatos foram abandonados durante as grandes enchentes e muitos animais assustados fugiram sem rumo.

Adrees Latif/Reuters

Felizmente muitos deles estão sendo encontrados e resgatados por voluntários. Alguns também foram vistos sendo transportados por tutores que se recusaram a partir e deixá-los para trás.

Adrees Latif/Reuters

Separação

O principal obstáculo para os animais que tiveram a sorte de permanecerem com suas famílias é encontrar abrigos que os aceitem.

AFP

Em alguns casos, cães e gatos são separados temporariamente de seus tutores para auxiliar o atendimento das demandas e destinação de recursos.

Reuters

Entenda

O furacão Harvey chegou aos EUA na sexta-feira (25). O fenômeno que a principio foi classificado como categoria 4 foi rebaixado a tempestade tropical e está causando um rastro de destruição na região Sul do país, principalmente no estado do Texas.

Joe Raedle/Getty Images/AFP

O evento está sendo considerado “catastrófico” pelo Serviço Nacional de Meteorologia e causa grande inundações.

Steve Gonzales/Houston Chronicle/AP
​Read More