Notícias

Consumidores são a favor de chamar hambúrguer vegano apenas de “hambúrguer”

VegNews/Reprodução
VegNews/Reprodução

Três de cada quatro consumidores nos Estados Unidos e no Reino Unido é a favor de rotular as carnes veganas com termos como “linguiça”, “bife” e “hambúrguer”, segundo uma nova pesquisa.

A empresa de consultoria Ingredient Communications, com a ajuda do instituto de pesquisas Surveygoo, entrevistou cerca de 1.000 adultos de diferentes preferências alimentares (499 no Reino Unido e 484 nos Estados Unidos) com respeito às suas atitudes em relação à rotulagem de carne vegana.

Enquanto os participantes vegetarianos eram os que mais apoiavam o uso da terminologia “carne” para produtos veganos, os participantes veganos eram o grupo mais ativo (um em cada três) a favor da proibição desses termos.

Preferências pessoais à parte, enquanto consumidores continuam a adotar alimentos com base em vegetais, as indústrias de carne e laticínios dos Estados Unidos aumentaram seus esforços e investimentos para fazer lobby junto aoa órgãos legislativos para exigir que empresas veganas rotulem novamente seus produtos com uma terminologia que não concorra com os produtos derivados de origem animal, mesmo quando são utilizados qualificadores como “sem carne” e “sem leite”.

Conscientes da demanda gerada e do poder mercado que possuem as empresas de carnes veganas, que são líderes em desenvolvimento e pesquisa de novas tecnologias além de proteínas alternativas, a indústria tradicional tenta buscar meios legais de barrar a consolidação das concorrentes.

Equiparadas em sabor, aparência e preço às carnes de origem animal, as alternativas veganas ainda tem um diferencial que desequilibra a balança em seu favor: além de mais saudáveis não custaram nenhuma vida para chegarem as mesas dos consumidores.

​Read More