Cronicato – Animais e Outros Bichos

Vovó Natureza

O grilo esfrega as pernas pra falar. O cachorro sorri com o rabo. E com o rabo o gato diz quando não está gostando. O morcego acorda quando fica de noite. A cigarra nasce enterrada e só sai depois de dezesseis anos. A minhoca tem cabeça, mas quase ninguém sabe direito em qual das pontas é. A cobra engole inteiro porque não tem garfo e faca. O macho da borboleta não liga se parecer fêmea. O pinguim é tão bonzinho, que o coração dele deve ser mais quente que o nosso. O beija-flor beija a flor, mas a flor também beija o beija-flor. O macaco tem medo, mas não tem vergonha. Eu não sei se a coruja vira a cabeça pra trás porque é curiosa ou desconfiada. A listra é a impressão digital da zebra. E a pinta é a da onça. O cachorro de rua fica menos doente que cachorro de madame. Eu nunca vi o carroceiro parar pra perguntar se o cavalo está cansado. A gente observa o peixe no aquário ou é ele que observa a gente? Ah: com o ferro das gaiolas e com o vidro dos aquários daria pra fazer coisa muito mais útil do que gaiola e aquário.

​Read More
Notícias

Encontrada nova espécie de grilo que poliniza as flores em vez de as comer

Uma nova espécie de grilo encontrada na Ilha da Reunião, na França, está intrigando os cientistas. Uma equipe do Jardim Botânico Real de Kew, no Reino Unido, apanhou um grilo que polinizava uma orquídea. Normalmente os grilos são mais conhecidos por comerem as flores. É a primeira vez que se registra um comportamento destes na espécie.

A equipe usou câmeras noturnas para registar como a espécie de orquídea, a Angraecum cadetti, era polinizada. E acabaram descobrindo o comportamento deste grilo que não só poliniza plantas, como é uma espécie nova, com outras particularidades: não tem asas, mede apenas dois a três centímetros e tem antenas mais largas do que o normal.

Apesar de ainda não ter nome, esta espécie, descrita na revista Annals of Botany, é da família Glomeremus.

Fonte: Público

​Read More