Notícias

Grêmio faz vaquinha de R$ 2 mil para pagar cirurgia de cão que mora no CT

Cachorro Alemão é um dos que vivem no CT do Grêmio junto com Pretinha (Foto: Eduardo Moura/Globoesporte.com)
Cachorro Alemão é um dos que vivem no CT do Grêmio junto com Pretinha (Foto: Eduardo Moura/Globoesporte.com)

Além de jogadores e funcionários, há outros dois moradores do Centro de Treinamentos do Grêmio, em frente à Arena, no bairro Humaitá, em Porto Alegre. Dois cachorros que vivem desde antes da construção no terreno são presenças constantes em treinos do Tricolor. Um deles, uma cadela SRD chamada de Pretinha, foi agraciada com uma vaquinha de R$ 2 mil no departamento de futebol. Tudo porque sofreu um atropelamento que resultou em uma pata fraturada, três cirurgias para colocar e retirar pinos.

A pequena Pretinha acabou acertada há alguns dias por um carro nas cercanias do CT, que fica às margens da rodovia BR-290. Foi logo resgatada por funcionários do clube e levada a um veterinário. Que verificou a necessidade de cirurgia. A primeira foi feita, inclusive com colocação de parafusos. Retirados alguns dias depois, já que estavam machucando o animal.

Logo no início da recuperação, Pretinha queria acompanhar Alemão, outro cão que vive no CT Luiz Carvalho, nos seus momentos de correria. Como se não quebrara a perna. Ao apoiá-la no chão, acabou tendo uma dolorosa lembrança do ocorrido. O resultado foram gemidos e latidos lamuriosos.

Os custos da operação foram todos pagos com uma mobilização do departamento do futebol inteiro. Os R$ 2 mil foram arrecadados para acertar a recuperação da mascote do CT. Os dois cachorros vivem lá desde antes da construção da estrutura gremista no local. Desde a obra, frequentam cada canto da nova sede do clube.

Alemão é de longe o mais ativo da dupla, presença constante nos gramados do CT. Nunca, porém, interrompeu um treinamento comandado por Felipão. Parece entender a autoridade do pentacampeão do mundo. Enquanto o elenco trabalho em um dos campos, o animal por vezes persegue os quero-queros que frequentam também o local. Isso ocorreu na última quarta-feira, quando Alemão passou por baixo da grade que circunda às quatro linhas e avançou contra os pássaros. Pretinha, em recuperação, não aparece para os holofotes.

Os dois cães contam com um espaço reservado para ambos. Com casa e tudo, no CT Luiz Carvalho. Enquanto os jogadores trabalham e vivem a realidade do Grêmio, contam com pelo menos dois guardiões ávidos por carinho e dedicados 100% ao clube.

Fonte: Globo Esporte

​Read More
Notícias

Candidata à musa de clube de futebol diz que animais não deveriam existir

(da Redação)

A candidata à musa do Grêmio, time de futebol gaúcho, ao Concurso Musa do Brasileirão 2011, Viviane Werpp, 19 anos, mostrou que pode ter boa aparência, mas lhe faltam consciência, coração e cérebro.  Sem qualquer constrangimento ou compaixão, ela declarou na sua página pessoal do Facebook a seguinte opinião: “Pq tá todo mundo aapavorado com esse negocio  de torturar animais…. por mim eles nem precisavam existir, sério!”.

Poucas horas após ter publicado a cruel mensagem, o post  já contava com mais de 180 comentários de internautas em sua grande maioria criticando a opinião da musa gremista.

Revoltados com a postura de Viviane Werpp,  internautas lançaram no Twitter a hashtag #ViviMonstro.

As outras candidatas gremistas se mostraram indignadas com Viviane. Pelo Twitter, firmaram estar revoltadas com a atitude da concorrente.

O Grêmio divulgou uma nota no Facebook informando que possui como musas Fernanda Monllor, eleita pelos sócios gremistas através de votação no site do Grêmio, a Musa do Grêmio no Gauchão 2011 e Marilisy Antonelli, eleita por votação popular através do site globo.com, a representante Gremista no Concurso Musa do Brasileirão 2011 do Caldeirão do Huck.

Após a polêmica, Viviane deletou sua mensagem do Facebook.


​Read More