Notícias

Ritual cruel gira cachorros numa corda e os joga na água

(da Redação)
O “cão de giro”, ritual praticado em uma aldeia no sudeste da Bulgária, chocou o mundo ao ser divulgado pela internet. O cachorro é preso a uma corda que é girada, uma vez que a corda fica enrolada, ele é suspenso e a corda se desenrola rapidamente fazendo o cão girar com bastante força, ao final, quando a corda estica o animal é arremessado na água.

Essa crueldade é praticada todos os anos no início de março. Segundo os defensores daviolência, o ritual de origem pagã é realizado para prevenir a raiva e faz parte da tradição local.

O primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borissov, condenou o ritual que foi realizado durante quatro dias também  em comemoração aos 133 anos de independência da Bulgária do Império Otomano.

Borissov e o procurador-geral Boris Velchev discutiram as formas de denunciar o ritual como maus-tratos e insistiu em sanções com base na Lei de Proteção aos Animais.

Quando o novo governo assumiu o poder, ele descreveu a violência contra os animais como intolerável e sugeriu que essas crueldades  fossem criminalizadas. O Parlamento já aprovou as alterações ao Código Penal apresentadaspelo governo.

Assista ao vídeo:

​Read More