Notícias, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Parque de Rio Claro (SP) atrai garças em reprodução

As aves procuram as copas das árvores do parque ecológico Lago Azul, em Rio Claro, para fazer seus ninhos / Crédito: Adriel Arvolea
As aves procuram as copas das árvores do parque ecológico Lago Azul, em Rio Claro, para fazer seus ninhos / Crédito: Adriel Arvolea

Com 110 mil m² de área verde, o parque ecológico Lago Azul, em Rio Claro (SP), se prepara para receber um grande número de garças que procuram as copas das árvores para fazer seus ninhos e procriar nesta época do ano. O período de reprodução tem início no mês de setembro e ocorre até janeiro.

O local abriga um lago com uma ilha central que atrai as garças, servindo como um verdadeiro refúgio. O frequentador Adriel Arvolea diz que é possível vê-las de longe. “A certa distância os visitantes podem avistar as aves que já se preparam para botar seus ovos”, conta. É em meio aos pés de carambola, ameixa, goiaba, amora e muitas outras árvores que elas encontram condições para o desenvolvimento de suas espécies.

De acordo com o ornitólogo americano Edwin Willis, que mora na cidade e monitora os animais, as três espécies mais encontradas são a garça boieira, a garça branca pequena e alguns casais da garça branca grande. “A espécie mais comum é a boieira”, diz. Willis explica que as aves deixam o lago pela manhã e só voltam à noite para dormir.

Durante o dia, as garças boieiras, também conhecidas como boiadeiras, migram para os pastos da região em busca de comida. “Elas se alimentam de insetos, como gafanhotos e carrapatos”, conta Willis.

Já as garças brancas pequenas e as grandes são animais migratórios que podem ser encontrados nos lagos, rios, represas ou qualquer outra área alagada que contenha peixes, rãs e insetos aquáticos, base de sua alimentação.

O administrador do parque, Francisco Marcucci, comemora o início da época de reprodução. “A partir do mês que vem, o número de aves no parque será maior. Isso demonstra que é possível recriar um ambiente em que o homem e a fauna vivem em harmonia”, diz.

O Lago Azul funciona, diariamente, das 7h às 19h, e oferece à população um amplo espaço para o lazer. Ao lado há ainda o Centro Cultural Roberto Palmari, voltado às atividades artísticas e culturais.

Fonte: Terra

​Read More