Notícias

Gorila resgatado faz amizade com macaquinho que cabe na palma de sua mão

Por Rafaela Damasceno

O gorila Bobo, habitante do santuário Ape Action Africa, foi flagrado recentemente pelos voluntários do local enquanto embalava um galago (espécie de primata minúsculo). O gorila de mais de 200 quilos segurava cuidadosamente o pequeno macaquinho de 300 gramas, que parecia muito confortável com seu novo amigo.

O galago claramente gostou de Bobo, porque voltou para a mão de seu novo amigo depois de explorar a grama ao redor. Alguns outros gorilas também pareceram curiosos e quiseram checar de perto o pequeno macaquinho, mas Bobo se certificou de mantê-lo a uma distância segura.

A interação entre os dois durou em torno de duas horas antes que Bobo se levantasse e depositasse o macaquinho com cuidado na segurança de uma árvore. Algumas imagens foram gravadas pelo santuário e o vídeo foi compartilhado no Facebook.

Um galago em um galho de árvore
Foto: Monkey Sanctuary

É possível ver, no vídeo, Bobo tratando o macaquinho com gentileza e carinho. Também dá para notar o pequeno galago escalando Bobo, se agarrando em seus pelos e subindo pelo seu braço. Outro gorila se aproxima para analisar a cena e parece sorrir.

Ape Action Africa trabalha para proteger e conservar várias espécies de primatas em Camarões, país da África. Eles enfrentam ameaças diretas para conversar os gorilas, chimpanzés e macacos e trabalham com as comunidades locais para desenvolver soluções a longo prazo para garantir a sobrevivência das espécies.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Gorila brinca com pequeno primata e encanta voluntário de santuário

Um gorila encontrou um filhote de galago, um primata bastante pequeno, e a forma carinhosa e cuidadosa com a qual brincou com o animal encantou um voluntário do santuário Ape Action Africa. A atitude do gorila o fez honrar o apelido dado a esses animais pelos integrantes da entidade, que os chamam de “gigantes gentis”.

Foto: Hypeness / Ape Action Africa

Bobo, o gorila, é o macho dominante do seu grupo. Ele vive no santuário desde 1996, quando foi resgatado. O momento de afeto entre ele e o galago foi visto pela pessoa responsável pela área dos gorilas do santuário. As informações são do Hypeness.

A cena surpreendeu o voluntário não só pelo carinho entre os animais, mas também pela dificuldade em encontrar um galago se movimentando em plena luz do dia, já que essa espécie tem hábitos noturnos.

Foto: Hypeness / Ape Action Africa

O filhote demonstrava não sentir medo do gorila, que, por sua vez, o tratou com extremo cuidado. O pequeno corria pelo corpo de Bobo, pulava pela grama e voltava para as mãos do novo amigo.

A interação entre os dois gerou curiosidade no bando ao qual Bobo pertence, fazendo com que os demais gorilas tentasse se aproximar. Bobo, no entanto, os repeliu e manteve o galago seguro em suas mãos, até que decidiu levá-lo a uma árvore, de onde o filhote partiu para a floresta.

​Read More
Notícias

Filhote órfão de galago adota bebê babuíno como mãe no Quênia

Filhote de galago (esquerda) adotou babuíno fêmea como mãe no orfanato animal de Nairóbi, no Quênia (Foto: Thomas Mukoya/Reuters)

Uma galago, espécie de pequeno macaco da África, órfão de três meses adotou como mãe uma fêmea de babuíno (papio cynocephalus) de apenas sete meses no Orfanato Animal de Nairóbi, no Quênia.

O filhote de galago tem três meses de idade, enquanto a filhote de babuíno tem sete meses (Foto: Thomas Mukoya/Reuters)

A babuína, que também se desprendeu dos pais,  foi resgatada da selva em Maralal, no norte do país, enquanto o pequeno primata galago veio de Nyeri, na região central. Os dois animais não se desgrudam e caminham juntos por todas as direções no Serviço da Vida Selvagem do Quênia, onde fica o orfanato.

Fonte: G1

​Read More