Home [Destaque N2], Notícias

Havaí está a um passo de proibir o comércio de pele animal

Animais sofrem terrivelmente em fazendas de peles e em armadilhas em todo o mundo. Nos últimos anos, mais e mais grifes e países baniram a venda e o uso produto, Versace, Coach, Burberry, Chanel, Sérvia, Bélgica, Luxemburgo são alguns dos bons exemplos a serem seguidos para o fim dessa crueldade sem sentido.

Marta de garganta amarela. Foto: Pixabay

Muitos outros países estão introduziram projetos de lei para fazerem o mesmo e, agora, e a vez do Havaí.

O novo projeto, que acaba de ser introduzido, quer banir produtos feitos de peles de animais em todas as ilhas.

Apoiado pelo senador Mike Gabbard , ele visa “proibir a fabricação ou a venda de certos produtos de peles de animais no Estado do Havaí, e o embarque ou transporte de certos produtos de peles para o Estado para venda ou distribuição”. As informações são do World Animal News

A Fur Free Society, Inc. disse em  um comunicado  que no dia 24 de janeiro, o senador Gabbard compartilhou com eles que “proibir produtos de peles de animais em nossas ilhas é a coisa certa a se fazer e mostrar nosso ‘aloha’ por animais”.

Imagem: Fur Free Society

“O Havaí está caminhando para ser livre de peles”, a organização compartilhou em um post em sua página no Facebook.

“Trabalhamos com o senador Mike Gabbard desde o ano passado e ele acaba de apresentar o projeto lei SB-1350 que proíbe a venda de peles no Havaí.”

“Esta é uma mensagem para o comércio de peles saber que eles não são bem-vindos”

A cada ano, perto de um bilhão de animais são cruelmente torturados e mortos em fazendas de peles, enquanto muitos são vítimas de esportes sangrentos.

​Read More