Notícias

PETA exige fim da exploração de elefantes na cidade indiana de Jaipur

A PETA Índia apresentou uma petição na alta corte do Rajastão, maior estado indiano, no dia 10 de julho exigindo o fim da exploração de elefantes em caminhadas até a entrada do Forte de Amber e ao Hathigaon, uma “vila de elefantes”, na cidade de Jaipur.

A PETA Índia apresentou uma petição no dia 10 de julho exigindo o fim da exploração de elefantes em caminhadas até a entrada do Forte de Amber, em Jaipur.
Cerca de 900 visitantes são carregados até o topo do Forte Amber todos os dias por 80 elefantes. Foto: Reprodução

Passeios de elefante são uma grande atração do Forte de Amber. Os animais são pintados com desenhos tradicionais e transportam turistas até o íngreme topo do forte diversas vezes por dia. Cerca de 80 elefantes carregam 900 visitantes por dia, e a maioria desses animais é mantida na “vila de elefantes” Hathigaon, também aberta ao turismo.

A petição apresentada pela ONG ressaltava a ilegalidade desses passeios, já que nenhum dos elefantes explorados está registrado no Conselho de Bem-Estar Animal da Índia (AWBI). O documento também afirma que a exploração de elefantes é contra a ordem do governo do Rajastão, que determina que a permissão do AWBI é necessária para o uso de elefantes em qualquer filme, série, propaganda, função, esporte, evento, exposição ou qualquer outro tipo de performance, incluindo passeios.

“Sob nenhuma circunstância os elefantes podem continuar sendo explorados de forma cruel e ilegal no Forte de Amber”, disse Swati Sumbly, associado jurídico sênior da PETA India.

​Read More