Notícias

Mexicanos utilizam folhas de cacto para fabricar couro de origem vegetal

Reprodução

Os empresários mexicanos Adrián López Velarde e Marte Cázarez são pioneiros na fabricação de couro com folhas de cacto. Livre de produtos químicos tóxicos, o produto é sustentável e vegano.

Denominado “Desserto“, o couro vegetal fabricado pela empresa garante a mesma estética do couro de origem animal, mas com a vantagem de não envolver o sofrimento de seres vivos e de não poluir a natureza.

O couro de origem animal passa por um processo no qual cerca de 250 substâncias são adicionadas ao produto, incluindo formaldeído, cianeto, arsênico e cromo. Ao entrar nos cursos de água, esses poluentes devastam a natureza e prejudicam os animais marinhos, além de aumentarem os riscos de doenças para as comunidades locais. As informações são do jornal El Universal.

Reprodução

Outra questão a ser considerada é a emissão de grandes quantidades de gases de efeito estufa por bois explorados para a fabricação de produtos feitos de couro – indústria que também é responsável por causar grande sofrimento aos animais.

Contrários a esse cenário devastador, os empresários mexicanos decidiram desenvolver um produto sustentável, sem produtos químicos tóxicos, ftalatos e PVC, além de ser livre de crueldade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More