Histórias Felizes, Notícias

Cachorrinho foge de casa para brincar com gambá que ele fez amizade

Foto: Reddit/@jsgornall
Foto: Reddit/@jsgornall

Um casal que mora no oeste de Maryland, nos Estados Unidos, riram e até duvidaram quando um vizinho de sua residência disse que seu cachorro estava brincando com um gambá e tinha um vídeo para provar isso.

O vídeo surpreendente foi compartilhado na rede social Redditor pelo usuário jsgornall, e atraiu atenção dos internautas alcançando quase mil visualizações. Além do vídeo o posto dava com alguns detalhes de como Oliver, um cãozinho sem raça definida, mistura de yorkshire com jack russell, saiu cheirando perfeitamente bem (uma alusão ao mecanismo de defesa do gambá, uma substância de odor forte exalada pelo animal quando se sente ameaçado).

O fedor vem da secreção de duas glândulas que o marsupial possui em cada lado da abertura anal. O líquido liberado é um álcool chamado butilmercaptana e essas glândulas, chamadas perianais, só entram em ação quando o gambá está irritado ou se sente em perigo. Trata-se de uma excelente arma de defesa, que consegue manter à distância a maioria dos predadores.

O post diz: “Então, acordei esta manhã com minha esposa me dizendo que Oliver, nosso cachorro, saiu e estava brincando com um gambá! Eu nunca acreditaria nisso até sair para verificar o buraco pelo qual ele escapou e ele realmente estava se divertindo com o gambá NOVAMENTE! Felizmente, os vizinhos gravaram um vídeo para comprovar”, escreveu jsgornall.

“É incrível ver Oliver e o gambá brincando de perseguir um ao outro como bons amigos! O gambá não demonstra nada que possa indicar que ele esteja assustado ou agressivo, ao contrário, ele também parece estar se divertindo. Além de tudo o gambá não atacou Oliver” diz o texto acima do vídeo.

“Sem spray! Ele tentou até voltar para brincar algumas vezes”, disse jsgornall sobre Oliver. “Não parece que este seja o primeiro encontro deles”, acrescentou ele em um comentário na rede social.

Oliver continuou fugindo pela cerca de sua casa e procurando seu amigo gambá. O gambá também queria continuar brincando porque “o seguiu depois que os separamos! Queria brincar mais, eu acho” – revelou jsgornall.

Foto: Reddit/@jsgornall
Foto: Reddit/@jsgornall

Ao que tudo indica, Oliver tem um jeito especial com gambás porque jsgornall compartilhou que seus outros dois cães foram atacados (odor) quando se encontraram com gambás há alguns anos. “É muito diferente do odor de um deles à distância”, disse ele sobre o cheiro de defesa do gambá. “Um dos meus outros cães foi atingido pela substância na boca! Inclinei-me para ver o que tinha acontecido e comecei a vomitar incontrolavelmente na calçada. Foi horrível e o tempo todo minha esposa ficou dobrada rindo do outro lado da porta de vidro”.

Para os interessados, jsgornall quer deixar claro para todos que Oliver está em dia com todas as suas vacinas (incluindo raiva). O encontro de Oliver com seu amigo gambá é algo muito incomum! Gambás são animais selvagens e não devem ser tratados como animais domésticos.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Esquilo corajoso espanta veadinho que queria roubar suas nozes

Foto: Sharon Scott/Solent News
Foto: Sharon Scott/Solent News

Este é o momento divertido em que um esquilo destemido espanta e persegue um cervo muito maior do que ele que tentava roubar suas nozes.

Apesar de ser muito menor que o oponente, o esquilo cinzento desce de uma árvore e se dirige para o cervo decidido a assustá-lo.

Um vídeo, filmado pelo proprietário de uma fazenda próxima ao local do ocorrido, em um jardim britânico, mostra o cervo tentando se aproximar de um alimentador de pássaros que continha nozes.

No entanto, o esquilo está guardando sua comida e não deixa o cervo roubá-lo.

Quando o curioso cervo se aproxima da árvore, o roedor desce rapidamente.

O cervo então se afasta enquanto o esquilo sobe novamente na árvore.

Como o animal continua a se mover em torno da árvore, o roedor percebe e se move rápido para assustar o veadinho.

Foto: Sharon Scott/Solent News
Foto: Sharon Scott/Solent News

Quando o cervo se aproxima do alimentador de pássaros novamente, o esquilo o persegue para longe da árvore e volta somente após ter certeza de que o cervo está longe o suficiente e que suas nozes estão seguras.

A filmagem do fazendeiro Sharon Scott mostra o cervo fugindo enquanto ele é perseguido pelo roedor.

Ms Scott, 64, de Aylesbury, Bucks, disse: “Eu estava na fazenda como eu normalmente faço naquela hora da manhã, olhei para fora e vi o esquilo e o cervo”.

Foto: Sharon Scott/Solent News
Foto: Sharon Scott/Solent News

O esquilo estava no alimentador de pássaros e cuidava de seus próprios negócios. O cervo continuou caminhando para tentar comer do alimentador de pássaros também.

No começo eu não acho que o esquilo parecia se importar muito com isso.

Mas depois de cerca de 15 minutos o esquilo estava ficando realmente irritado com o cervo por roubar suas nozes.

“Ele até tentou enterrar algumas nozes no jardim para escondê-las, mas o cervo ia até lá para desenterrá-las.

Foto: Sharon Scott/Solent News
Foto: Sharon Scott/Solent News

“Parecia que o cervo estava propositalmente tentando irritar o esquilo, era realmente engraçado de assistir.”
Eventualmente o esquilo ficou tão irritado que pulou da árvore e começou a perseguir o veado.

“Foi hilário ver um esquilinho pequeno perseguindo o cervo para fora do jardim, era uma situação de David contra Golias”.

“Foi fantástico assistir. Assim que o vi, soube que tinha que filmá-lo e fico feliz por ter capturado os últimos momentos de sua briga”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Destaques

Bezerro foge de matadouro e tem a garganta cortada em estacionamento ao ser pego

Foto: Bloomfield Police Department
Foto: Bloomfield Police Department

Imagens fortes flagram o momento em que funcionários de um matadouro perseguem, cercam e cortam a garganta de um filhote de vaca no estacionamento de loja de construção Connecticut nos Estados Unidos Home Depot. O bezerro tinha acabado de fugir do matadouro e corria pelo local assustado e sem rumo.

A filmagem foi feita pela câmera de uma viatura da polícia que seguia o animal em baixa velocidade e pretendia prender o filhote com uma corda após cercá-lo em um canto no estacionamento. No vídeo é possível ver os funcionários perseguindo a vaca jovem e matando-a para logo em seguida deixá-la se contorcendo no chão ao lado da loja em Bloomfield.

A perseguição sangrenta começou quando o bezerro escapou da loja de carnes e matadouro Saba, que mantém os animais no local, e atravessou a rua indo parar no estacionamento da Home Depot, segundo a NBC Connecticut.

O empregado do Saba, Badr Musaed, correu atrás do filhote com uma faca de 30 centímetros e foi acompanhado por Andy Morrison – um empreiteiro que trabalhava na construção da lanchonete, que por acaso tinha um arco e flecha, que disparou contra o animal, errando o alvo, conforme informações da NBC.

No vídeo, Musaed pode ser visto a vários metros de distância, cortando a garganta do filhote – para grande infelicidade dos policiais e outros espectadores, entre eles uma criança.

Depois, um policial pode ser ouvido dizendo a Musaed ele responderá pela maneira como o animal foi morto, de acordo com a NBC.

“Isso não é algo que pode ser feito”, diz o policial. “Vocês deveriam ter pego uma corda, levar o animal daqui, essa criança aqui viu você cortar a garganta da vaca.”

Embora contatado para dar uma declaração o trabalhador da Saba se recusou a comentar sobre o incidente.

Desrespeito e crueldade

Vacas, bois e bezerros são animais sencientes, com sua capacidade de amar, sofrer, criar vínculos e compreender o mundo ao se redor comprovada cientificamente pela Declaração de Cambridge em 2012.

Nada justifica a crueldade ou a morte a que são submetidos esses seres diariamente, seja por seu leite, por sua carne ou por sua pele.

Foto: Reedit/Reprodução
Foto: Reedit/Reprodução

O total desrespeito a esses animais assim como à todos os outros é uma consequência do especismo, crença que rege a sociedade e que vê os animais como seres inferiores, disponíveis para que o ser humano disponha de suas vidas como bem entender.

Belos, únicos, companheiros de planeta e iguais em direitos aos seres humanos, essas vidas indefesas tem sido vítimas da ganância e crueldade humanas por séculos. Explorados para entretenimento, trabalho, comida, remédios e uma imensidade de outros fins, eles seguem silenciosamente subjugados à vontade humana.

O episódio flagrado pelas câmeras policiais foi um exemplo que veio a público entre milhões de outros que permanecem nos cativeiros escuros de fazendas de criação, matadouros e tantos outros locais de morte e sofrimento de animais.

Lutando pela vida, tentando escapar da prisão em que vivia, esse bezerro apenas encontrou o destino que lhe estava reservado entre as paredes de um matadouro: a morte certa.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Antílope da montanha foge do cativeiro em zoo

Taylor, a antílope de um ano e sua mãe Penny, dividem o cativeiro no zoológico | Foto: One Green Planet
Taylor, a antílope de um ano e sua mãe Penny, dividem o cativeiro no zoológico | Foto: One Green Planet

Relatos de animais que vivem em cativeiro e fogem de seus claustros são comuns, é natural que sendo criaturas selvagens, uma vez que se vêem forçadas a viver presas, elas tentem voltar à liberdade. Nem sempre conseguem, mas isso não as impede de continuar tentando, ainda que isso lhes custe a vida. Sem falar nos sintomas de zoocose que muitos deles apresentam. As evidências são indiscutíveis: animais selvagens não podem ser capturados para servir de entretenimento humano. Mesmo assim, a raça humana ainda não conseguiu entender isso e continua a aprisionar os animais contra sua vontade.

O exemplo mais recente desse sofrimento flagrante sofrido pelos animais ocorreu há poucos dias no zoológico de Sacramento, quando uma filhote de antílope da montanha, de apenas um ano, chamada de Taylor Swift, tentou se libertar da prisão em que vivia. O zoológico não tem ideia de como animal escapou, a hipótese mais provável admitida por eles é de que a antílope tenha pulado a cerca.

Claramente farta de sua vida monótona limitada ao seu cercado e a rotina de ser observada pelos visitantes do zoológico, a jovem e inteligente antílope conseguiu escapar do cativeiro que ela compartilha com sua mãe, Penny.

Mas antes que Taylor Swift conseguisse sair do zoológico, uma funcionária notou que ela não estava em seu cercado e montou uma equipe de busca com trabalhadores do zoo para localizar o animal desaparecido. Em menos de 15 minutos eles a encontraram e a trouxeram de volta à sua prisão, mais uma vez condenando-a a longos dias de tédio e perturbação por humanos.

O recente esforço de fuga desta antílope prova inequivocamente que ela não é feliz em cativeiro. Afinal, embora ela esteja na companhia de sua mãe, Taylor Swift não tem a liberdade de viver seus comportamentos inatos em sua situação atual. Na natureza, em seu habitat, a espécie dela é noturna e muito esquiva, é natural que ela não goste de ser “assistida” por humanos o dia todo no zoológico.

A jovem antílope não está tendo a oportunidade de aprender a procurar comida por si mesma, nem tem o espaço necessário para explorar, correr e pular, como seus instintos naturais a incentivam.

Atualmente existem menos de 200 antílopes da montanha na natureza, a espécie esta criticamente ameaçada de extinção. Infelizmente Taylor nasceu em cativeiro e jamais teve a oportunidade de conhecer a natureza. Ativistas pelos direitos animais tocados pelo esforço da antílope em alcançar a liberdade organizaram uma petição pela liberação de Taylor pelo zoológico de Sacramento, e seu envio a um santuário, onde ao menos possa viver em paz e sem “olhos humanos” ao seu redor todo o tempo.

​Read More
Grande tartaruga se acidentou e quebrou seu casco nas ruas de San Diego (EUA) (Foto: San Diego County Department of Animal Services)
Notícias

Tartaruga de 40 anos quebra casco após fugir de casa

Humpty é uma grande tartaruga, com cerca de 40 anos de idade, que vivia com seu tutor em uma casa, em San Diego, Califórnia (EUA). Porém, a tartaruga conseguiu escapar dos olhares de seu guardião e fugiu, vagando pelas ruas. Até que um cachorro começou a persegui-la, o que fez com que o animal caísse de altura consideravelmente alta – quebrando parte de seu casco na queda.

O casco quebrado do animal foi restaurado após cirurgia (Foto: San Diego County Department of Animal Services)
O casco quebrado do animal foi restaurado após cirurgia (Foto: San Diego County Department of Animal Services)

A tartaruga foi encontrada e o Departamento de Serviços de Animais do Condado de San Diego foi acionado, resgatando o animal. No resgate, ficou evidente a dor que a tartaruga sofria por conta do acidente com o seu casco.

Dan DeSousa, diretor do departamento, contou ao The Dodo: “Vimos muitas tartarugas, mas nada do tamanho ou da gravidade das lesões de Humpty. Tivemos que recuperar o casco o mais rápido possível.”

A tartaruga, então foi levada pela equipe a um especialista em répteis, que realizou uma longa cirurgia que pudesse reunir os pedaços quebrados do casco do animal. O processo de cura é demorado, porém pode ser realizado com a moldagem e cuidado adequados, comentou DeSousa.

“Muitas das partes do casco quebradas foram levantadas, e precisavam ser alinhadas novamente. Os médicos usaram parafusos e zíperes para manter tudo no lugar para o processo de cura”.

Os cirurgiões preencheram as lacunas entre os fragmentos quebrados do casco com um material semelhante ao que é utilizado para fazer dentaduras humanas. A cura deve acontecer entre semanas ou meses.

Grande tartaruga se acidentou e quebrou seu casco nas ruas de San Diego (EUA) (Foto: San Diego County Department of Animal Services)
Grande tartaruga se acidentou e quebrou seu casco nas ruas de San Diego (EUA) (Foto: San Diego County Department of Animal Services)

Entretanto, Humpty apresentava um bom estado de saúde. Mas o tutor do animal não se manifestou, mesmo após o caso ter sido noticiado na cobertura de notícias de San Diego. Uma pessoa chegou a procurar por Humpty ao saber do animal pelos jornais, mas após informação de que o custo da cirurgia seria de quase 4 mil dólares, desistiu de se responsabilizar pelo animal.

Humpty é uma espécie de tartaruga africana, ou tartaruga sulcata. Sendo a terceira maior espécie de tartaruga do mundo, são uma raça comum na indústria exploração e comércio de animais domésticos. Por ser exótica, é comum o abandono conforme crescem e os tutores deixam de cuidar adequadamente desses animais.

No momento, a tartaruga permanece em um abrigo, e caso não seja procurada por seu tutor, será transferida a um local de resgate de animais selvagens. E Humpty parece estar se recuperando bem.

​Read More
Notícias

Carreta que levava porcos tomba na BR-116 e parte dos animais foge

Foto: Divulgação/Google
Foto: Divulgação/Google

Uma carreta que transportava porcos tombou na BR-116 em Teresópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (6). O veículo transportava 50 animais, que fugiram. Destes, 36 foram recuperados, mas 14 ainda não foram encontrados. O acidente aconteceu na altura do Km 93, no bairro Tijuca.

Segundo a concessionária responsável pelo trecho, a carreta atingiu a mureta ao fazer uma curva. Ainda segundo a concessionária, nenhum animal se machucou. O trecho não apresenta retenção por conta do acidente. A empresa responsável pelos porcos continua buscando os animais.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Motorista foge após atropelar cachorro em Concórdia (SC)

cao-triste
Divulgação

Um motorista teria fugido após atropelar um cachorro em Concórdia (SC). A tutora do animal registrou uma ocorrência na Central de Polícia e o caso está sendo apurado.

Conforme a reclamação, o animal teria fugido correndo à rua quando foi atingido pelo veículo. Segundo a autora da ocorrência, o condutor do veículo não parou para prestar atendimento.

A tutora do cachorro relatou ter gasto mais de R$ 2 mil nos cuidados veterinários com o animal, que felizmente passa bem.

Fonte: Rádio Rural

​Read More
Notícias

Cão é atropelado, motorista foge e causa revolta de populares em Franca (SP)

Divulgação
Divulgação

A cena de um atropelamento a um cachorro causou revolta a populares que estavam no centro de Franca (SP), na manhã deste sábado (2). Segundo testemunhas, o motorista de um veículo parati teria colhido o animal nas proximidades do terminal rodoviário. A indignação veio por conta da fuga do sujeito.

Com ferimentos nas patas, o cachorro foi recolhido por populares que deram os primeiros socorros na praça 9 de Julho. O proprietário de um estabelecimento comercial, acabou levando o animal para receber atendimento no veterinário.

Fonte: GCN Net

​Read More
Notícias

Cão 'foge de casa' para visitar companheiros em spa canino

18
Divulgação

Um cão da raça golden retriever ‘fugiu’ no último fim de semana de sua casa em Belmont, no estado da Carolina do Norte, Estados Unidos, e foi visitar seus companheiros em um pet shop e spa canino.

O cão chamado Riley, de cinco anos de idade, caminhou mais de 1,5 quilômetro para chegar até o “Happy Dog Cafe”. A tutora de Riley, identificada apenas Tonia, disse que tinha passado no pet shop horas antes do cão fugir.

Depois de chegar em casa, Tonia deixou Riley sozinho no quintal. Foi quando o golden retriever aproveitou para fugir e retornou até o local.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Vizinho é acusado de matar o próprio cão com arma de pressão e depois fugir, em Ponta Porã (MS)

01
Divulgação

Na manhã deste domingo (15), moradora de Ponta Porã, cidade a 346 quilômetros de Campo Grande, procurou a polícia para relatar que um vizinho havia matado o cachorro doméstico. A mulher, de 36 anos, afirma que o suspeito usou uma arma de pressão para cometer o crime.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 10 horas a mulher estava em casa quando ouviu um barulho de tiro e, ao sair na frente de casa viu o cãozinho Nino com uma perfuração no tórax. Ela não soube na hora se o ferimento havia sido provocado por arma de fogo ou arma de pressão e o animalzinho não resistiu e morreu momentos depois.

A vítima foi até a casa de alguns vizinhos perguntar se alguém havia visto o autor dos disparos, até chegar à casa do homem. Ele confessou que havia feito os disparos e a vítima contou que o cachorro não resistiu ao ferimento, além de dizer que ele não deveria ter feito aquilo e que acionaria a polícia.

O homem entrou em um carro e saiu do local, tomando rumo ignorado pela vítima. Equipe da polícia foi ao local e encontrou apenas a esposa do autor do disparo, uma mulher de 51 anos. Ela não negou o fato e ainda entregou a arma de pressão do marido aos policiais.

O caso foi registrado na delegacia como praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, e ocorre morte do animal e o suspeito deve ser indiciado.

Fonte: Mídia Max

​Read More
Notícias

Cabra foge e é encontrada dentro de cafeteria nos Estados Unidos

12
Divulgação

Uma cabra doméstica foi encontrada em uma cafeteria da rede Starbucks em Rohnert Park, no estado da Califórnia, Estados Unidos, no domingo (10). O animal foi resgatado por agentes do departamento de polícia local.

A cabra chamada Milly, de 11 anos de idade, tinha escapado de uma propriedade próxima à loja da Starbucks. Os tutores do animal disseram que pretendem construir uma cerca para impedir Milly de escapar novamente.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Onça encontrada em sala de empresa de ônibus, em Sabará (MG), foge durante resgate

onça

Uma onça suçuarana de médio porte aproveitou os portões abertos de uma garagem de ônibus, em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte, para entrar no local e passar a madrugada. De acordo com Luciano Martins Cardoso, funcionário da empresa, o animal entrou por volta da meia noite e, assustado, se escondeu em uma sala do almoxarifado. Ela ficou trancada até a manhã de quinta-feira (28), quando seria resgatada. A tentativa de captura, no entanto, não funcionou, e o animal fugiu.

Por volta das 7h, duas viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas não conseguiram capturar o animal. A Polícia Militar do Meio Ambiente foi chamada e controlou a situação até a chegada do Ibama, responsável por sedar o animal. Quando a equipe se preparava para fazer a captura, a suçuarana encontrou uma saída e fugiu para a mata.

De acordo com o Sargento Roger, do 3º Pelotão de Sabará, a espécie é comum nas regiões de serra de Sabará e Caeté, e está ameaçada de extinção. Esta, segundo o militar, era jovem, estava bastante magra e apresentava um ferimento no focinho, que seria tratado.

Ninguém ficou ferido.

Fonte: em.com.br 

​Read More