Notícias

Polícia apreende ave da fauna silvestre e drogas, em Barretos (SP)

A ocorrência verificou-se na avenida 43, fundos, no bairro Henriqueta. Os policiais militares Brito e Camargo conduziram preso E.A.S., um homem de 27 anos, informando que faziam o patrulhamento pelo referido bairro quando depararam com quatro indivíduos na via pública, os dois indiciados EAS e D.A.R., de 19 anos, e mais duas testemunhas, todos em atitude suspeita.

Na revista pessoal em EAS  encontraram uma pedra de crack, um canivete e a importância de R$ 77,30 em dinheiro. Ao seu lado, no chão, encontraram duas pedras de crack em invólucros plásticos. Já DAR estava de posse de um notebook, o qual deixou no chão defronte de sua residência e fugiu.

Com a permissão da genitora de DAR, a qual na ocasião teria confirmado que os dois eram traficantes, revistaram o seu quarto onde localizaram um celular, sete canetas numa caixa, um filhote de ave da espécie maritaca, uma bolsa contendo R$ 2.135,00 em dinheiro e duas pedras de crack em invólucros de cor branca.

A droga que teve peso aproximado de nove gramas, as duas pedras de crack que estavam na casa de DAR e 11,50 g as três pedras de crack que estavam de posse de EAS foram apreendidas.  O indiciado EAS foi autuado em flagrante delito por inflação aos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006, sendo recolhido à Cadeia Pública anexa à Seccional.

Fonte: Jornal de Barretos

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Chimpanzé de dez meses é resgatado das mãos de traficante e ganha vida nova na África

Um chimpanzé de cerca de 10 meses foi resgatado do Kibaale Trading Centre (mercado do Kibaale), em Uganda. O animal foi retirado de um homem que alegava ter matado sua mãe e mantido o filhote em cativeiro com intenção de vendê-lo.

“Estamos com um programa de monitoramento de chimpanzés no Kibaale, Hoima e Masindi porque existem muitos deles em florestas particulares”, disse Lilly Ajarova, diretora executiva do Chimpanzee Sanctuary and Wildlife Conservation Trust (CWSCT).

“Foram membros treinados dessas comunidades que identificaram o animal e nos chamaram.” Ela diz que o encontraram pendurado na árvore da casa do suspeito, que correu logo que viu o time da Uganda Wildlife Authority. Ela disse que o suspeito é um caçador conhecido, que de acordo com os nativos quer vender o animal.

“Encontramos o chimpanzé desidratado e machucado e levamos ele ao Uganda Wildlife Education Centre e ele está se recuperando”, disse Ajarova.

Ela disse que ele será mantido em quarentena por três meses antes de ir ao santuário Ngamba Island Sanctuary.

Chimpanzés são uma espécie ameaçada porque são raros e estão diminuindo rapidamente pela África.

Fonte: All Africa

​Read More