Notícias

Banda B-52’s proíbe circo de tocar suas músicas em apresentações que exploram animais

Recentemente os integrantes do B-52’s, banda de rock e new wave, descobriram que o circo Carson & Barnes faz uso de duas de suas músicas durante apresentações de elefantes, a “Meet the Flintstones” e a “The Bedrock Twitch”. O quinteto norte-americano, que foi alertado a organização People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) do ocorrido, logo enviou ao circo uma carta exigindo que eles parem de usar suas canções.

Além disso, o grupo insistiu para que eles acabassem de vez com todos os atos que envolviam exploração e tortura de animais, bem como outros circos fizeram.

Reprodução | The Inquisitr

“O homem nesta apresentação ao lado do elefante foi flagrado pela PETA batendo nos animais com anzóis e apunhalando-os com bastões elétricos. A nossa mensagem para nossos fãs, nossos amigos e nossas famílias é para que eles fiquem longe de circos cruéis, e vão a grandes circos que não exploram animais em apresentações”, afirmou a vocalista Kate Pierson em um novo vídeo da ONG.

Ela se refere a uma filmagem divulgada há alguns meses pela própria PETA, desmascarando as práticas cruéis do circo que, além de fazer apresentações em todo o país, também fornece elefantes para outros circos dos EUA. Nas imagens reveladas, era Tim Frisco, o mesmo homem que fez parte da apresentação em que foi usada a música do B-52’s, que estava ao lado dos elefantes.

Militantes de longa data

Os integrantes do B-52’s – que farão 60 shows neste ano como parte de uma turnê de comemoração de 40 anos de banda – são defensores da PETA desde os anos 80. Ao longo destas décadas, eles têm participado ativamente de campanhas e protestos em defesa dos direitos animais.

Kate Pierson, Fred Schneider, Cindy Wilson e Keith Strickland ficaram extremamente ofendidos com o uso indevido de suas músicas e enviaram a seguinte carta aos proprietários do circo Carson & Barnes (em tradução livre):

“Ficamos alarmados quando soubemos pelos nossos amigos da PETA que seu ‘treinador de animais’, Tim Frisco, usou nossas músicas ‘Meet the Flintstones’ e ‘The Bedrock Twitch’ durante uma apresentação no Carson & Barnes que explorava três elefantes em Kissimmee, na Flórida, recentemente.

Vimos as imagens de Frisco agredindo os elefantes, dando choques com bastões elétricos e instruindo os outros treinadores a puxarem os anzóis – armas pesadas com pontas de aço afiadas – em seus corpos e torcê-los até que os animais gritassem de dor. Também estamos cientes das várias violações da Carson & Barnes ao Federal Animal Welfare Act por não proporcionar aos animais espaço mínimo, proteção contra as condições climáticas e necessidades como água limpa e cuidados veterinários adequados.

Kelly Miller Circus, que uma vez usou elefantes do seu circo, agora não explora mais animais. O Stardust Circus recentemente proibiu as apresentações com elefantes, e o Cole Bros. Circus – onde Frisco era treinador – parou de fazer turnê. Ringling Bros e Barnum & Bailey Circus fecharam porque se recusaram a abandonar as apresentações com animais. A Carson & Barnes deve seguir o exemplo de Kelly Miller, Circo Vargas, Cirque Italia e todos os outros circos que estão prosperando porque apresentam apenas artistas humanos que estão lá por opção.

Esta carta expressa a nossa exigência para que a Carson & Barnes cesse e desista imediatamente do uso de qualquer música do B-52’s em qualquer ato ou performance de circo. Se você ignorar esse pedido, reservamo-nos o direito de buscar todos os recursos legais aplicáveis ​​disponíveis para nós.

Nós e nossas músicas falamos sobre liberdade e diversão – coisas que os animais no circo infelizmente nunca experimentam”

​Read More