Notícias

Estudante de veterinária é acusado de matar cachorro asfixiado no Ceará

Um cachorro morreu na tarde desta quarta-feira (4), durante atendimento na clínica veterinária da Universidade Estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza. De acordo com o tutor do animal, Francisco Cláudio Vitoriano, ele foi asfixiado por um estudante de veterinária que realizou o procedimento de atendimento. “Ele estrangulou o cachorro na minha frente”, declarou o tutor.

A Uece negou as acusações e informou que o cachorro sofria de uma doença no coração, que pode ter causado o falecimento.

Francisco Cláudio declarou que o estudante colocou uma focinheira no animal para dar inicio aos exames, mas o equipamento quebrou. Segundo o tutor, o estagiário utilizou o braço para segurar o cachorro pelo pescoço. Em seguida, amarrou o focinho com a borracha, logo após o animal começou a se debater até falecer.

“Eu disse para ele ajudar meu cachorro, mas ele disse ‘não tem jeito, não. Esse aqui já está morto’”, descreveu Francisco Cláudio.

O tutor registrou boletim de ocorrência no 5º Distrito Policial, no Bairro Parangaba.

Fonte: Ceará Agora

​Read More