Notícias

Pesquisadores desenvolvem clara de ovo à base levedura de cerveja

Foto: Adobe
Foto: Adobe

Pesquisadores da startup holandesa FUMI desenvolveram uma alternativa baseada em vegetais para claras de ovos utilizando resíduos de levedura usada de cervejarias locais.

O produto livre de animais, criado por Edgar Suarez Garcia e Corjan van den Berg durante um projeto de quatro anos na Universidade de Wageeningen, possui funcionalidades “muito comparáveis” a da clara de ovo segundo seus criadores.

Poder excepcional de formar espuma

“Nosso produto rico em proteínas pode ser usado para fazer merengues, mostrando seu excepcional poder espumante”, afirma o site da FUMI.

“As proteínas FUMI apresentam um excelente comportamento de gelificação (proteína aglutinadora) e são capazes de formar géis de calor, que são semelhantes às proteínas de clara de ovo.”

“Um passo enorme”

A dupla também observou uma “redução extrema nas emissões de CO2” em comparação com os ovos de galinha – afirmando que 4 kg de CO2 são emitidos para cada quilograma de clara de ovo que é produzida.

“Se você comparar isso com o nosso processo, você alcançará mais de 95% de redução de CO2 equivalente. É um passo enorme”, disse van den Berg à Food Navigator.

Ele também sugeriu que várias empresas estavam interessadas no produto da FUMI – acrescentando: “Se você olhar para o mercado holandês de produtos que representam alternativas à base de vegetais, estamos em contato com mais da metade de todos os produtores”.

Aquafaba

No ano passado, a antiga marca de laticínios, Elmhurst, lançou um substituto vegano ao ovo de galinha feito a partir de aquafaba – a água viscosa que sobra do cozimento de grão-de-bico.

A inovadora culinária Cheryl Mitchell, Ph.D disse ao VegNews: “Com nosso foco em alimentos vegetais mais sustentáveis, parecia natural procurar uma fonte primária de alimento como solução: grão-de-bico.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Gatinho é resgatado de dentro de lixeira a ponto de morrer sufocado

Foto: Washington County Sheriff's Office
Foto: Washington County Sheriff’s Office

No início deste mês de maio, um lixeiro no estado de Oregon (EUA) estava trabalhando e ao esvaziar uma lata de lixo dentro do caminhão em que ele trabalha, com mais outros companheiros recolhendo os sacos de lixo, algo lhe chamou a atenção.

De dentro do receptáculo veio o som de um choro angustiante de um animal que só poderia estar em necessidade, fome ou dor.

Olhando mais de perto, e examinando com mais cuidado, o lixeiro identificou um gatinho indefeso misturado aos detritos no meio do lixo, provavelmente alguma pessoa cruel havia borrifado com espuma endurecida (endurece após secagem) e deixado para morrer.

Foto: Washington County Sheriff's Office
Foto: Washington County Sheriff’s Office

“Ele parecia com algo saído de um filme de terror do Dia das Bruxas”, disse Diane Healey, da clínica veterinária Hillsboro Veterinary Clinic, onde o gatinhos foi atendido, à FOX 12 News.

“Obviamente o pobre animal não tinha estado lá por um tempo muito longo, caso contrário ele teria sufocado e morrido. A cabeça dele estava coberta de espuma, seu rosto também, as pernas estavam rígidas, ele não podia mais movê-las”.

O gatinho estava realmente a ponto de morrer quando foi encontrado, afirmou a veterinária.

Felizmente, o gatinho foi encontrado a tempo e em seguida logo foi libertado da espuma venenosa que o envolvia.

“O motorista levou a lata de lixo de volta à instalação de coleta de lixo de Hillsboro, onde os funcionários da empresa trabalharam juntos para remover o gatinho macho de 8 semanas da espuma e levá-lo a um veterinário local para atendimento”, escreveu o Departamento de Polícia do Condado de Washington em um comunicado.

Foto: Washington County Sheriff's Office
Foto: Washington County Sheriff’s Office

As autoridades disseram que o gatinho provavelmente nasceu de algum gato selvagem que vive perto das várias residências onde a lixeira havia sido colocada.

Eles estão buscando a ajuda do público para rastrear a pessoa responsável por este caso repugnante de crueldade animal.

O gatinho resgatado, entretanto, está agora são e salvo apesar da crueldade de que foi vítima.

Um porta-voz do abrigo Bonnie Hays Animal Shelter, onde o gatinho está sendo tratado, disse ao The Dodo que seu prognóstico é bom:

“Ele deve se recuperar totalmente”.

Maus-tratos e crueldade contra animais é crime com punição prevista em lei no Brasil e em diversos outros países, ao presenciar qualquer tipo de atitude que possa causar sofrimento ou ameaçar a vida de algum animal a polícia deve ser acionada imediatamente.

​Read More
Destaques, Notícias

EUA incentiva o uso de espuma letal para asfixiar galinhas e patos

Para inúmeras galinhas, perus e patos confinados em fazendas industriais, esse terror é real. É denominado de “despovoamento emergencial em massa” e é tão cruel quanto parece: as aves expostas à gripe aviária são sufocadas com uma manta de espuma semelhante à que os bombeiros usam para controlar incêndios de óleo combustíveis.

Foto: Natural News

Sem ter como fugir, os animais são impotentes. Em 2017, ocorreram 14 surtos de gripe aviária nos Estados Unidos, desde a região do Alabama até Montana. A propagação o do vírus é perigosa para a saúde pública, mas é catastrófica para galinhas, perus e patos. Conforme os seres humanos consomem carne e ovos, milhares de aves vivem em armazéns e galpões fétidos, propagando a doença e ameaçando também os humanos. Quando as aves contraem a gripe, elas são mortas.

A espuma é o método de assassinato preferido das indústrias da carne e ovos desde 2006, quando sua utilização foi autorizada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e pela American Veterinary Medical Association (AVMA). Informações divulgadas pela Alternet relatam que a espuma obstrui o trato respiratório das aves, incluindo a traqueia, mata 95% em sete minutos e um grupo inteiro em 15 minutos.

Em uma reunião organizada pelo USDA para determinar se o método de extermínio seria aprovado, um experimentador testemunhou que viu “cabeças de pássaros saindo da espuma” enquanto lutavam para fugir. Ele disse que eles ficaram exaustos.

Foto: Reprodução, Twitter

No encontro, Holly Cheever,  veterinária que cuida de galinhas há mais de 30 anos, disse que não há como determinar o quanto elas sofrem porque são escondidas pela espuma e provavelmente são incapazes de mostrar sua angústia. Segundo ela, a imobilidade dos animais diante da espuma não deve ser interpretada como ausência de estresse ou medo.

“Um toxicólogo veterinário certificado pelo conselho [declarou que] é possível que os ingredientes químicos da espuma acarretem irritação nos olhos das aves, nas mucosas e na pele”, frisou.

Ian Duncan, da University of Guelph, no Canadá, ressaltou que “a espuma é um modo terrivelmente desumano” de matá-los.

Apesar do testemunho de especialistas de que as aves sufocam com a espuma e têm seu sofrimento prolongado, a vontade das indústrias da carne e de ovos de adotar um método barato e eficiente de inúmeros animais prevaleceu quando o USDA e o AVMA consideraram a prática aceitável.

Não há uma maneira humana de matar dezenas ou centenas de milhares de animais. Não é necessário confinar aves dessa forma porque o consumo de carne e ovos é completamente desnecessário. Ao optar pelo veganismo, podemos poupar esses seres inteligentes e sensíveis de uma morte dolorosa, além de melhorar nossa saúde e proteger o meio ambiente.

​Read More
Notícias

Morte cruel: Brasil recebe máquina capaz de assassinar mil aves por minuto

A nova crueldade da indústria que explora animais para consumo humano é uma máquina, de fabricação americana, – a AVI Foamguard ST3 – que tem a finalidade de exterminar grandes quantidades de aves em poucos minutos. A Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) apresentou o equipamento, na cidade de Concórdia, em Santa Catarina, a representantes de entidades de defesa sanitária de Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná, além da Associação Brasileira da Proteína Animal (ABPA).

As aves são covardemente asfixiadas por espuma lançada por uma máquina (Foto: Divulgação)

A máquina emite uma espuma capaz de matar mil aves por minuto. A intenção, que descarta a importância da vida animal e desrespeita o direito à existência de todo ser vivo, é de manter o controle sanitário. O equipamento é o primeiro do país.

De forma ardilosa e desonesta, a indústria avícola tem mentido à população, dizendo que o novo instrumento não causa sofrimento às aves. Na verdade, a asfixia é um meio extremamente cruel de tirar uma vida, que faz com que a vítima sofra. Num primeiro momento, a ave faz grande esforço na tentativa de conseguir receber oxigênio – visto que a asfixia é caracterizada pela privação do oxigênio. Em seguida, ela pode apresentar convulsões e perder gradativamente a consciência. A última fase, de esgotamento, é quando a ave sofre uma parada respiratória que decorre em morte.

O diretor executivo da ACAV, Ricardo de Gouvêa, em uma demonstração de total insensibilidade diante do sofrimento das aves, afirmou que o equipamento é “o maior patrimônio da cadeia industrial avícola de Santa Catarina, considerada a mais avançada do país, é seu status sanitário”.

Aves são mentidas em condições deploráveis pela indústria (Foto: PETA)

A máquina, que custou aproximadamente R$ 200 mil, funciona à base de um mecanismo cruel que, por meio de uma plataforma móvel, pode ser deslocado em um caminhão ou puxado por um reboque, misturando água com um composto de alta capacidade espuminógena. Ao emitir espuma no ambiente, o dispositivo vai se movendo em direção ao conjunto principal, que está ligado a uma mangueira utilizada como tração e duto para água e outros elementos que formam a espuma.

Segundo informações divulgadas pelo Canal Rural, a espuma, em razão do tamanho de suas bolhas, impede a troca de gases pelas aves, que morrem asfixiadas.

Os criadores do equipamento divulgam, com uma satisfação sórdida, a técnica capaz de matar, de forma covarde, em apenas 15 minutos, 15 mil frangos alojados em um aviário padrão de 100 metros de comprimento por 12 de largura. Em um grande aviário, a espuma é capaz de assassinar 30 mil aves em apenas 30 minutos.

A máquina permanecerá baseada na cidade de Concórdia, mas pode ser transportada para qualquer município de Santa Catarina.

​Read More
Notícias

Espuma contamina águas do Ribeirão Preto e ameaça milhares de peixes em SP

Uma espuma branca formou uma grande mancha no percurso do Ribeirão Preto, que passa pelo Centro da cidade com o mesmo nome, nesta sexta-feira (4). A contaminação pode afetar todo o ecossistema, já que, além dos peixes, aves e animais dependem do Ribeirão para a sobrevivência. Em meio à espuma, milhares de peixes subiam à superfície para buscar oxigênio.

A suspeita é de que uma substância química tenha sido descartada irregularmente por alguma indústria da região do bairro Vila Virgínia, em Ribeirão. A imagem dos peixes agonizando chocou e preocupou os moradores. Alguns deles ainda se esforçaram para tentar salvar os peixes que estavam próximos da margem.

Técnicos da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) percorreram vários trechos do curso d’água colhendo amostras para análises que serão feitas em laboratório. A Secretaria do Meio Ambiente vai investigar o caso e os responsáveis deverão ser multados. O resultado das análises deve ficar pronto em uma semana.

Neste sábado (5), é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Para a ambientalista Cláudia Perencin, o fato da contaminação no Ribeirão Preto é motivo de tristeza e ela não vê motivos para comemorações.

Fonte: O Globo

​Read More
Você é o Repórter

Máquina comprada por associação de avicultura asfixia mil aves por minuto

Vivi Vampira

babykisses@gmail.com

Protestem contra a Associação Catarinense de Avicultura (ACAV)  por este ato brutal, hediondo, criminoso!

Estava falando com um veterinário que já fez parte de uma comissão de bem-estar animal ligado ao Conselho Estadual de Medicina e ele afirmou que essa espuma é ilegal.

Morte por asfixia. A morte em si  já é um assassinato indesculpável, mas matar com crueldade… Que tipo de seres humanos são estes com quem coabitamos? Que tipo de monstros nossa sociedade formou, capazes de permitir uma atrocidade como esta?

Por favor, não se calem. Devemos elevar nossas vozes e não deixar que esse procedimento ilegal se espalhe.

E-mail da ACAV: contato@acavsc.org.br

Endereço: 
Av. Pref. Osmar Cunha, 183 – Bloco A Sala 815
Edifício Ceísa Center
Florianópolis – SC

Telefone: (48) 3222.8734

www.obafloripa.org/blog

​Read More