Notícias

Esportista salva a vida de bebê urso nos EUA

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução, World Animal News

Nas últimas duas, Corey Hancock percorre uma trilha em Santiam River Trail, fora da cidade de Oregon (EUA). Porém, da última vez, ele despertou a atenção da imprensa devido ao seu ato compassivo de salvar um bebê urso de três meses que encontrou em seu caminho.

Segundo a ABC, o filhote estava a pouco mais de três quilômetros da trilha e Hancock explicou como inicialmente observou-o de longe, caso a mãe do urso voltasse, antes de decidir “embalar [o urso] e correr com ele”.

Uma vez seguro em seu veículo, Hancock postou um apelo no Facebook para obter informações sobre o que deveria fazer em seguida, de acordo com informações do World Animal News.

Ele levou o filhote, a quem deu o nome de Elkhorn, para o Turtle Ridge Wildlife Center em Oregon e revelou que o pequeno foi descrito como desnutrido e letárgico.

Após apresentar melhorias significativas no abrigo, Elkhorn aguarda um exame completo de saúde enquanto permanece sob os cuidados de um veterinário de animais selvagens do Departamento de Pesca e Animais Silvestres de Oregon.

Foto: Reprodução, World Animal News

“Se eu não estivesse nas trilhas na chuva hoje, esse pequeno garoto estaria morto”, disse.

Hancock legendou uma foto que postou posteriormente no Facebook. “Estou tão agradecido por hoje.”

Porém, ele obteve mais do que gratidão por conseguir salvar a vida de um animal inocente. Ele também recebeu um aviso, felizmente não uma citação criminal, do Departamento de Polícia do Estado de Oregon, de que é ilegal capturar ou manter animais selvagens em cativeiro.

Embora compreenda a lei agora, o pai de três filhos admitiu que se soubesse disso, teria agido de forma diferente. “Tenho filhos. Era uma vida que estava prestes a ser perdida”, afirmou.

Michelle Dennehy, coordenadora de informações públicas do Departamento de Pesca e Animais Silvestres do Oregon, disse à imprensa que, se condenado, um infrator desta lei pode enfrentar um ano de prisão e uma multa de US$ 6.250.

“Devido às circunstâncias e de que Hancock pensou que ele estava ajudando o bebê urso sem saber que a mãe poderia estar nas proximidades, uma citação criminal não foi realizada”, disse o sargento James Halsey.

Foto: Reprodução, World Animal News

Entretanto, os oficiais usaram o caso para lembrar ao público sobre o que fazer em casos como este. O Turtle Ridge Wildlife Center aconselha as pessoas a contatar imediatamente oficiais da vida selvagem se encontrarem um animal em perigo.

O Departamento de Pesca e de Animais Silvestres de Oregon concordou, explicando que as pessoas devem sempre deixar os animais selvagens, especialmente animais novos, na natureza.

O veterinário do ODFW, Colin Gillan, explicou ainda que, na maioria das vezes, tirar um animal da natureza pode colocá-lo em um risco ainda maior e que “o pai está geralmente nas proximidades”.

Gillan, que acredita que Hancock estava fazendo o que achou melhor, disse que o filhote provavelmente será enviado para um centro de reabilitação. Se ele for liberado de volta à natureza, porém, as chances de se reunir com sua mãe são muito pequenas.

​Read More
Notícias

Índia: esportista participa de campanha em defesa de animais

Foto: Manjunath Kiran/AFP
Foto: Manjunath Kiran/AFP

A indiana bicampeã mundial de badminton feminino, Ashwin Ponnappa, participou de uma campanha do PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) em que apareceu acorrentada pelas mãos e ajoelhada. A campanha, realizada em Bangalore, na Índia, nesta terça-feira (1), é voltada ao combate ao confinamento, lesões físicas e tortura psicológica de animais de circo.

Fonte: Boa Informação

​Read More