Notícias

James Blunt relembra época em que adoeceu por se alimentar apenas de carne

Foto: Divulgação

Nos anos 90, quando estudava Engenharia Aeroespacial e Sociologia na Universidade de Bristol, na Inglaterra, o cantor James Blunt adotou um dieta composta apenas por carne, o que lhe rendeu escorbuto.

Incomodado com a defesa aos animais e ao meio ambiente implícita nos hábitos de suas colegas de classe, que eram vegetarianas e veganas, James decidiu comer apenas carne numa tentativa de irritá-las.

O que o cantor descobriu, na verdade, é que a dieta escolhida por ele não fazia mal às suas colegas, mas a ele mesmo. Após pouco tempo consumindo apenas carne, James adoeceu.

Recentemente, o cantor relembrou o infeliz episódio em uma entrevista ao podcast “Table Manners”, de Jessie Ware. “Do lado da sociologia havia 170 mulheres e apenas 3 rapazes, todas elas eram vegetarianas ou veganas. Portanto, por princípio, decidi tornar-me carnívoro e viver apenas de carne picada, algum frango, talvez com alguma maionese”, contou.

Conhecido mundialmente pela música “You’re Beautiful”, o cantor acabou ficando doente. Após se sentir mal, foi ao médico e recebeu o diagnóstico de escorbuto, doença causada por uma deficiência de vitamina C sofrida pelo artista devido à sua dieta composta exclusivamente por carne.

“No espaço de seis ou oito semanas comecei a me sentir pouco saudável e fui ao médico, que me disse ‘acho que tens alguns sintomas de escorbuto'”, contou James Blunt. Segundo ele, o médico recomendou a ingestão de sumo de laranja diariamente, o que lhe fez ter problemas de refluxo gástrico.

O problema de saúde vivido pelo artista, no entanto, não é a única consequência que o consumo de carne pode acarretar. Mesmo em uma dieta mais diversificada, na qual vegetais também são consumidos, comer carne pode gerar uma série de malefícios, dentre eles: demência, câncer, problemas cardíacos e diabetes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More