Notícias

Homem é preso por contrabandear enguias ameaçadas de extinção para Hong Kong

Entre os anos de 2015 e 2017, Gilbert Khoo (66) transportou mais de cinco milhões de enguias de Londres (Inglaterra) para a Ásia 


PA

Um vendedor de frutos do mar contrabandeou mais de 295 milhões de reais de enguias em risco de extinção para fora do Reino Unido.

Entre os anos de 2015 e 2017, Gilbert Khoo (66) transportou mais de cinco milhões de enguias de Londres (Inglaterra) para Hong Kong, escondidas debaixo de peixes refrigerados.

Khoo foi pego depois que policiais da Força de Fronteira encontraram 200 kg das enguias europeias no aeroporto de Heathrow, em Londres, sendo a primeira apreensão desse tipo no Reino Unido.

PA

Segundo informações do Daily Mail (7), ele mantinha as enguias vivas, importadas de países da União Europeia, em um celeiro em Gloucestershire, sudoeste da Inglaterra, antes de embalar os animais para serem exportados para a Ásia.

O oficial de investigação sênior da Agência Nacional do Crime (NCA), Ian Truby declarou ao site: “Toda a operação executada por Khoo para comercializar esses animais criticamente ameaçados era ilegal, não há dúvida de que sua única motivação era dinheiro”.

Ele completa: “Mas, a NCA está determinada a proteger a vida selvagem vulnerável de criminosos que desejam se beneficiar financeiramente”.

Ainda segundo o site, Khoo foi considerado culpado de três acusações de falta de notificação do transporte de animais e três acusações de restrição à exportação de mercadorias no Tribunal da Coroa de Southwark, em Londres, na sexta-feira (7).

A NA também informou que as enguias atingem mais de 10 vezes o preço que teriam no Reino Unido no mercado negro do leste asiático, onde são consideradas uma iguaria e estão em alta demanda.

“Gostaríamos de agradecer à Força de Fronteira e à Agência Nacional do Crime pelo trabalho de investigação”, Marion Longford, chefe da unidade da Divisão Especialista em Fraudes. “Nós levamos o crime contra animais protegidos incrivelmente a sério e tomamos todas as medidas possíveis para garantir condenações nesses casos”. O Daily Mail também relata que Khoo será julgado no dia 6 de março.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Enguia presa à garrafa é salva por mergulhadores que retiram lixo de rio

Uma enguia presa a uma garrafa pet foi resgatada por mergulhadores no rio Tietê, na prainha de Ubarana, em São Paulo.

Os nadadores estavam fazendo um trabalho de limpeza, frequentemente realizado por eles no local, quando encontraram o animal, que foi salvo por eles e devolvido ao rio.

Enguia ficou presa à garrafa pet e foi salva por mergulhadores (Foto: Arquivo Pessoal)

O mergulhador amador e idealizador do projeto, Flávio Garcia Leal, afirma encontrar todo tipo de lixo dentro do rio, inclusive produtos que demorariam centenas de anos para se decompor no meio ambiente.

Somente em 2017, os mergulhadores retiraram aproximadamente cinco toneladas de lixo do rio. A presença destes materiais na água afeta a vida marinha. Casos de animais presos ao lixo ou intoxicados após comê-lo, ao confundi-lo com alimento, são recorrentes e, em muitos casos, levam à morte.

“Encontramos cadeira de metal, latinhas, garrafas pets, tambor de plástico, tudo que você imaginar”, disse Flávio ao G1.

A bióloga Sheila Silva, que acompanhou o mutirão de limpeza, acredita que o projeto dos mergulhadores é importante. “A grande quantidade de materiais jogados em locais errados pelos turistas representa um perigo para a fauna e flora que vivem na região”, concluiu.

​Read More
Notícias

Japoneses descobrem nova espécie de enguia em caverna submarina

A enguia foi chamada de "fóssil vivo". Foto: AFP

Uma fotografia distribuída nesta terça-feira pelo Museu de História Natural de Chiba, no Japão, mostra uma nova espécie de enguia encontrada em uma caverna submarina. A descoberta ocorreu ano passado em uma caverna a 35 m de profundidade próxima a uma olha de Palau, no Oceano Pacífico.

A enguia foi chamada de “fóssil vivo” por ser extremamente similar às primeiras enguias que existiram 200 milhões de anos atrás. Os biólogos que descobriram a ova espécie publicaram seus estudos no jornal britânico Proceedings of the Royal Society .
Fonte: Terra

​Read More