Notícias

Presidente da Comissão da OAB pede “cautela” em relação ao caso dos cães enforcados em Maceió

Animais-foram-deixados-pendurados-em-árvores-Facebook
Divulgação

Em entrevista ao Manhã da Globo – da Rádio Globo Maceió AM 710 – a presidente da Comissão de Bem Estar Animal, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL), Rosana Jambo, solicitou “cautela da população” durante a apuração dos fatos em relação os cães mortos que foram pendurados nas árvores do canteiro da Avenida Durval de Góes Monteiro.

Rosana Jambo lembrou que existem várias versões sobre o fato. Dentre elas, a de um senhor (cuja identidade será preservada) que teria tocado fogo e pendurado os cães na árvore. A outra versão é de que os três cachorros teriam sido atropelados na avenida e foram pendurados nas árvores em sinal de protesto.

O caso tem gerado revolta nas redes sociais. As fotografias dos cães pendurados já se espalharam em grupos de WhatsApp e outras redes. Conforme Rosana Jambo, esta comoção precisa ser vista com cuidado para não acarretar em injustiças na apuração da autoria dos fatos.

Por conta disto, a Comissão da OAB deve solicitar ao Ministério Público Estadual e às autoridades policiais que consigam as imagens das câmeras de vigilância do local, para que se dê início às apurações. “Eu recebi a informação ontem (14) a noite de que estes animais foram pendurados nas árvores. Fui informada por um promotor, mas em momento algum se falou que os animais foram enforcados ou queimados, mas que estavam pendurados no local”.

Jambo salientou que não se pode acusar ninguém. “Um senhor estava no local, mas muito nervoso. Em momento algum foi visto que ele ateou fogo nos cães. Os relatos afirmam que os cachorros estavam em avançado estado e decomposição. Há uma versão de que pode ter sido sinal de protesto. Não acredito que tenha sido. Se foi um protesto, para mim é sinal de perversidade”.

A presidente da Comissão diz ainda que o momento é de “apuração”. “Precisamos de cautela e serenidade para buscar ajuda e fazer as investigações. Precisamos seguir dentro da legalidade. E assim evitar linchamento na internet”. Para ela, não se pode descartar qualquer linha.

“No local existem usuários de drogas. Temos que pensar em todas as possibilidades para não incriminar ninguém. Buscar os responsáveis da maneira correta para não cometer outro crime”. Na manhã de hoje (15), a OAB se reuniu com o Ministério Público. “Vamos entrar em contato com autoridades policiais para saber se houve registro dos fatos e tomar as providências daqui por diante”, finalizou.

Fonte: Cada Minuto

​Read More
Notícias

Cães são encontrados enforcados em árvore

(da Redação)

Foto: Ladysmith Gazette
Foto: Ladysmith Gazette

Um grupo de direitos animais ficou horrorizado após ter encontrado dois cães enforcados em uma árvore em KwaZulu-Natal, na África do Sul. As informações são do The Citizen.

A oficial da Animal Anti-Cruelty League (AACL) Annamarie Koen afirmou que quando ela e sua equipe chegaram ao local, encontraram os dois cães mortos pendurados em uma árvore, segundo informações da Ladysmith Gazette.

Acredita-se que os membros da comunidade que estavam passando pelo local na segunda-feira (7) viram os cães e alertaram a equipe AACL. Os animais teriam sido enforcados no domingo (6).

Em um vídeo feito no local do crime, as carcaças dos cães são vistos no chão depois que membros AACL cortaram as cordas. Parece que os cães foram deixados para sufocar lentamente.

“Como alguém pode ser tão cruel a ponto de fazer isso? Esta não foi uma morte rápida, e as pessoas que fizeram isso não merecem misericórdia”, lamentou Koen.

Em entrevista ao The Citizen, Koen afirmou que a organização abriu uma queixa de crueldade contra os animais.

“A associação sabe quem são os culpados e medidas legais serão tomadas. Estes criminosos insensíveis e brutais deveriam ser perseguidos até os confins da terra por parte do sistema de justiça”, disse Koen.

​Read More
Notícias

Cães são enforcados no loteamento Campos da Serra, em Caxias (RS)

Crime teria ocorrido entre sexta-feira e sábado Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Crime teria ocorrido entre sexta-feira e sábado
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Moradores do loteamento Campos da Serra, em Caxias do Sul, estão assustados com a violência contra animais. No sábado, dois cachorros foram encontrados enforcados em um matagal. Pelo menos mais uma cachorra teria sofrido violência, mas conseguiu escapar.

O crime teria ocorrido entre sexta-feira e sábado. Os cães foram enforcados com fios de nylon utilizados em varais de roupas. Um deles teve o focinho amarrado com um pedaço de tecido.

Tutor de Beethoven, um dos animais assassinados, Gabriel Visoná, 24 anos, não se conforma. Com os olhos marejados, ele lembra que o animal era extremamente inteligente. Gabriel e a família cuidavam dele no mercado que mantêm junto ao conjunto de prédios Campos da Serra I.

“Ele é um cachorro abandonado, então coloquei coleira nele e estávamos prendendo aos poucos para ir se acostumando. Eu sou contra deixar cachorro solto na rua, mas imagina, ele é vive nas ruas, se o prendêssemos de uma hora para outra, ele não aguentaria”, explica.

Em casa, no loteamento Nossa Senhora das Graças, a família é tutora de Pretinho, Branquinha e Branquinho, todos presos dentro do pátio. Gabriel recorda que Beethoven apareceu meses atrás, quando começou a construção do mercado. Desde então, costumava cuidar do estabelecimento. A última vez que Gabriel viu o cão foi na manhã de sexta-feira, quando o alimentou e brincou.

“No sábado de tarde uns clientes vieram no mercado e contaram que acharam o Beethoven e mais um cachorro enforcados lá no mato. Nós nos desesperamos. Fui com minhas irmãs e uma amiga delas lá ver. Meu pai nem teve coragem de olhar. É muita maldade, eu não consigo acreditar que alguém fez uma coisa dessas”,  diz chorando.

O outro cão morto não teria tutor. Moradores contam que uma cadela teria sido agredida há alguns dias.

Na manhã desta segunda-feira, um cachorro foi encontrado queimado próximo à represa Maestra.

Fonte: O Pioneiro

​Read More
Notícias

Cães enforcados são encontrados no CT do Independiente

Um fato bastante inusitado e macabro ocorreu nesta semana no centro de treinamento do Independiente, da Argentina, localizado em Villa Domínico, distrito de Avellaneda, em Buenos Aires. Dois cachorros enforcados foram encontrados perto de uma árvore pelos funcionários do clube.

Independiente sofreu 'suposta' ameaça com cachorros enforcados no CT. (Foto: Divulgação)
Independiente sofreu ‘suposta’ ameaça com cachorros enforcados no CT. (Foto: Divulgação)

Os animais foram achados em uma área próxima aos vestiários da equipe e ainda não se sabe quem foram os autores, mas a desconfiança é a de que o ato seja uma ameaça da torcida organizada por conta dos recentes maus resultados obtidos pela equipe. Também há a suspeita de que a ação cruel tenha sido feito por pessoas que moram próximas ao local.

O Independiente é o atual terceiro colocado da Série B do Campeonato Argentino e, nas últimas quatro partidas, a equipe perdeu dois e empatou dois. O último resultado negativo foi um revés por 2 a 1 para o Independiente de Mendoza.

Além dos cães enforcados, um vidro do complexo de treinamento estava quebrado depois de uma pedrada.

Fonte: Jovem Pan

​Read More
Destaques, Notícias

Ativistas exigem punição para homens que criavam cães para o consumo

Por Camila Arvoredo (da Redação)

Ativistas se revoltaram após revogação das queixas contra cinco homens acusados de matar cachorros para comer. (Foto: Reprodução/DailyMail)

Segundo o jornal inglês ”DailyMail”, ativistas pelos direitos dos animais farão uma grande demonstração contra a decisão da procuradoria taiwanesa de revogação das queixas contra cinco suspeitos acusados de matar cães para comer.

Eles esperam que o protesto, o qual pedirá por leis mais rígidas contra o abuso animal, aumentará a conscientização mundial sobre a questão.
Os ativistas insistem que as leis atuais necessitam de muitas provas para serem postas em prática.

O ativista Ruan Mei-ling disse que cinco homens foram presos por matar dois cães enforcados numa árvore, tendo-os assado em seguida.

Os procuradores revogaram as queixas contra os homens na semana passada, dizendo que  os corpos dos cachorros não mostravam sinais de tortura e que o homem não foi pego em flagrante comendo a carne dos animais.

Muitos habitantes de Taiwan, uma ilha situada no leste asiático no oeste do Oceano Pacífico e localizada no sudoeste da principal costa chinesa, ainda acreditam que a carne de cachorro tem ótimos benefícios nutricionais.
Acredita-se que ela traz benefícios à saúde, incluindo o melhoramento da circulação e aumentando a temperatura corporal.

A carne de cachorro é conhecida por seu eufemismo “carne cheirosa”; a prática de comê-la está cada vez menos comum, mas ainda é praticada em algumas regiões da ilha.

No passado a carne canina estava disponível nos mercados, como este, o mercado de Hwahsi Night, localizado em Taipei, grande cidade de Taiwan. (Foto: Alamy)

Em 2004, o governo taiwnês (República da China) baniu a venda de carne de cachorro, devido à pressão dos grupos ativistas de bem-estar animal e ao desejo de melhorar as percepções internacionais, embora tenham ocorrido alguns protestos.

Em 2007, uma outra lei foi aprovada aumentando os impostos para os vendedores de carne canina.

Mas enquanto houver leis que demandem grande quantidade de provas contra os abusos, militantes preocupam-se com a inviabilidade de se resolver o problema.

​Read More