Notícias

Baleia cachalote de 13 m morre em praia belga

Baleia encalhadas são raras na região (Foto: AFP)

Uma baleia cachalote de 13 m morreu nesta quarta-feira (8) depois de encalhar em uma praia belga, disse o Instituto Real de Ciência Natural do país.

A baleia encalhou perto de Zeebrugge, próximo aos resorts de Knokke-Heist, e sua morte foi anunciada por especialistas no começo da tarde, depois de ter passado horas de dor, ferida na praia, de acordo com Jan Haelters, do Instituto.

Centenas de moradores locais preocupados se reuniram na esperança de ajudá-la, mas foram impedidos pela polícia. “Foi muito triste de ver”, disse um deles, Jerome Van Mechelen.

Baleias encalhadas no estreito belga de cerca de 60 Km (40 milhas) do Mar do Norte são raras, por causa das águas pouco profundas e uma intensa movimentação de navios. Os últimos dois casos conhecidos ocorreram em 2004 e 1994, disse o Instituto nacional à agência de notícias Belga.

Fonte: Terra

​Read More
Notícias

Baleia filhote volta para o mar após quatro dias encalhado no México

Baleia é socorrida por civis e militares. Foto: reprodução TV Record

A população de uma cidade no litoral mexicano se mobilizou para empurrar uma jovem baleia, que encalhou na areia da praia no último sábado (26), de volta para o mar. Além de mais de cem civis, funcionários da Marinha do México participaram do resgate do filhote. Segundo especialistas, a baleia pesa cerca de seis toneladas e está com um ano de idade.

Fonte: R7

​Read More
Notícias

Mais uma baleia aparece morta em Cabo Frio (RJ)

A baleia provavelmente viajava do Polo Sul à Bahia. Foto: Reprodução de imagem daTV Globo

Uma baleia encalhada despertou a atenção dos banhistas da Praia da Florestinha, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. O animal estava morto e próximo à beira do mar. Em menos de um mês, esta é a segunda baleia que é encontrada na região.

De acordo com biólogos, durante o inverno, as baleias costumam migrar do Polo Sul para Abrolhos, na Bahia, passando bem próximo da costa. No percurso, algumas costumam ficar pelo caminho.

Em junho, uma baleia jubarte foi encontrada em Arraial do Cabo, cidade vizinha. Os pesquisadores disseram que a espécie se tratava de um macho, com 10 metros e cerca de 10 toneladas.


Fonte: G1

​Read More
Notícias

Lobo-marinho encalha em praia de Bombinhas, em SC

Um lobo-marinho ocupa as areias da praia de Bombas, em Bombinhas (SC) neste domingo (7). O animal chama a atenção de turistas e moradores. “Enquanto caminhava pela praia, observei algo se mexendo a uns 200 metros, foi quando um garoto me disse que se tratava de um mamífero marinho”, conta o internauta Fabrício Jachowicz.

Foto: Fabrício Jachowicz/vc repórter
Foto: Fabrício Jachowicz/vc repórter

O animal foi encontrado por volta das 6h, segundo o Corpo de Bombeiros. Trata-se de um Lobo-Marinho-do-Sul, o mais comum mamífero pertencente à fauna brasileira. “É frequentemente avistado nos meses de outono e inverno na costa do Brasil, desde o Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul”, explica o biólogo André Vicente, do Centro de Estudos sobre Encalhes de Mamíferos Marinhos.

Segundo o biólogo, mesmo conseguindo se movimentar pela areia, o animal encontra-se em uma situação de encalhe, pois não consegue retornar ao mar.

A maior colônia desta espécie é encontrada no Uruguai. “Os machos medem aproximadamente 1,90 m e as fêmeas 1,40 m”, diz Vicente. Eles se alimentam de peixes.

Em casos como este, em que o animal não consegue voltar à água, é necessária a presença de entidades que possam fazer sua retirada. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Bombinhas, até as 15h30, a corporação, que não possui equipamentos específicos para o trabalho, não havia conseguido contato com nenhum dos órgãos competentes e o animal permanecia na praia.

A área em que o lobo-marinho está foi isolada e os bombeiros refrescam o animal com a água do mar.

Fonte: Terra

​Read More
Notícias

Baleia morta na ilha de Boa Vista (PA) ainda não foi retirada do local

Foto: Vinicius Reis/Diário do Pará
Foto: Vinicius Reis/Diário do Pará

A baleia jubarte que encalhou e morreu na ilha de Boa Vista, às proximidades do município de Quatipuru, continua exatamente no mesmo lugar. Segundo um morador do local, o agente de saúde Vinícius Reis, o animal está exalando um cheiro muito forte, o que já está incomodando aqueles que vivem nas redondezas. “Além disso, uma parte da carne também foi retirada por estudantes e outras pessoas, o que está trazendo muitos urubus para cima dela”, detalhou.

Ainda de acordo com ele, somente na sexta-feira (22) a Delegacia de Meio Ambiente esteve no local. “Mas depois eles foram embora e não informaram se vão fazer alguma coisa quanto à baleia”, completou.

Em outubro de 2008, uma outra baleia da mesma espécie foi encontrada entre as praias de Quatipuru-mirim e Peruquara, no mesmo município. O animal tinha aproximadamente 8 metros de comprimento.

Segundo o chefe da Divisão de Fauna e Pesca do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Pará, Alex Lacerda, o órgão foi informado acerca da situação da baleia, mas, como não dispunha de pessoal para deslocar, repassou as coordenadas para o Centro de Mamíferos Aquáticos, ligado ao Instituto Chico Mendes, que enviou biólogos até o local.

Contudo, de acordo com Alex, os biólogos passaram toda a quinta-feira na área, tentando encontrar a baleia, o que não foi possível. Somente quando retornaram a Belém é que eles receberam a informação de que o animal havia sido encontrado morto às proximidades de Quatipuru.

Ainda de acordo com o biólogo, atualmente há várias teorias sobre as causas que levam baleias a encalhar. Entre elas, o fato de o animal estar doente, o que o leva a perder o senso de orientação, e a ecoprospecção, utilizada na investigação do fundo do mar, o que também poderia desorientar esses animais. “Mas, até agora, nada foi comprovado. Normalmente, quando uma baleia encalha é porque ela já não está bem e é muito difícil devolvê-la saudável para o mar”, observou.

Animal está no local há dois dias e já exala mau cheiro. Moradores retiraram pedaços da carcaça.

Sobre a baleia

A baleia jubarte, também chamada baleia corcunda ou preta, possui coloração escura no dorso e clara no ventre e nadadeiras peitorais muito grandes, que podem chegar a medir o equivalente a quase um terço de seu comprimento total. As fêmeas, um pouco maiores que os machos, podem alcançar 16m de comprimento e pesar 40 toneladas, sendo que os filhotes nascem com cerca de 4m após 12 meses de gestação.

Fonte: Diário do Pará

​Read More
Notícias

Conheça mais sobre o gratificante trabalho de reabilitação dos animais marinhos

Conheça um pouco mais sobre o projeto ambiental que recupera animais marinhos na baixada santista, em São Paulo. Os animais vem da região sub antártica na altura da Argentina e migram em direção ao Brasil em busca de alimento. Como a viagem pode durar meses, os animais chegam cansados e acabam encalhando nas praias ou confundem lixo com alimento e ficam doentes.

Um pronto socorro no meio do mar e pacientes bem especiais. A Ilha dos Arvoredos recebe dezenas de animais por ano, os mais comuns são os lobos marinhos, tartatugas e pinguins. Eles vem para o litoral brasileiro em busca de alimento entre os meses de junho a agosto, e este ano, se prolongou por setembro, e terminam cansando da viagem e encalhando nas praias.

Hoje estão em tratamento cinco lobos marinhos, oito tartarugas e dois pinguins. Uma das tartarugas está a 11 dias em tratatamento na ilha, chegou com 15 quilos abaixo do peso e letárgica, e recebe tratamento vip: soro com ferro e todas as vitaminas para refazer as forças, e descansa na bóia numa caixa pequena: tudo para ganhar peso.

Um dos lobos marinhos chegou quase morto à ilha, hoje já ganhou peso e não resiste aos veterinários na hora de comer, sabe que este tipo de intervenção humana é para seu próprio bem.

O tempo de reabilitação dura em média de um a dois meses dependendo do caso, e o  momento mais esperado é quando eles recebem alta.

Na ilha, o paciente depois que recebe alta, escolhe o melhor momento de ir embora, já houve até casos de alguns quererem ficar por mais algum tempo. Mas os que se dedicam a esta causa  entendem que cada dia a mais que eles ficam espontaneamente, nada mais é que um discreto, mas sincero agradecimento aos novos e raros amigos humanos que encontraram ali.

Assista à reportagem:

Fonte: Canção Nova Notícias

​Read More
Notícias, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Baleia encalha e morre entre o Piauí e Ceará

Fotos: Blog do Eliomar/O Povo Online
Fotos: Blog do Eliomar/O Povo Online

Uma baleia Jubarte de 10 metros de comprimento encalhou viva no litoral cearense, próximo da divisa com o Piauí, na última sexta-feira (21).  

A baleia encalhou na praia de Bitupitá, município de Barroquinha/CE, que faz limite com Cajueiro da Praia, no Piauí. Uma técnica da ONG Aquasis, que cuida do encalhe de mamíferos há 15 anos, relatou que o animal foi monitorado por horas na tentativa de resgate, e veio a óbito às 1h20min da madrugada de sábado.
Fotos: Blog do Eliomar/O Povo Online
Fotos: Blog do Eliomar/O Povo Online

Thaís Moura Campos explicou que os cortes mostrados na foto foram feitos para elucidar a causa do encalhe e também da morte. Trata-se de um exame macroscópico, feito por equipe especializada, que vetou o consumo da carne do animal por qualquer pessoa. A carcaça do animal, segundo a técnica, foi enterrada no local.

Este foi o terceiro caso registrado na região.

*Com informações de cidadeverde
​Read More
Notícias

Três baleias são avistadas neste domingo em Florianópolis (SC)

Pelo menos três baleias foram avistadas neste domingo na Ilha de Santa Catarina. Duas estavam na Praia dos Ingleses, no Norte, e uma na Praia do Campeche, ao Sul.

A temporada reprodutiva das baleias francas no Brasil é de julho a novembro, mas o melhor período para encontrá-las é entre a segunda quinzena de agosto e primeira quinzena de outubro, quando um maior número de baleias costuma estar na região.

Semana passada, foram avistadas 61 baleias entre Torres (RS) e Garopaba, no Sul do Estado, durante o primeiro sobrevoo do ano para observação de cetáceos.

De acordo com o Projeto Baleia Franca, a temporada 2009 pode ser uma das melhores para a observação de baleias em Santa Catarina. Geralmente, são avistados pares de mãe e filhote nadando em paralelo à costa, e muitas vezes elas expõem a nadadeira peitoral ou a cauda e dão impressionantes saltos d’água.

Encalhada

Segundo o Corpo de Bombeiros, moradores da Praia Palmas do Arvoredo, em Governador Celso Ramos, informaram na tarde deste domingo que uma baleia parecia estar encalhada numa parte rasa da praia.

A Polícia Ambiental se dirigiu ao local na noite de domingo, mas não avistou o animal.

Segundo informações de moradores, uma baleia com um filhote está na praia há três dias, mas não encalhada.

Fonte: Jornal de Santa Catarina

​Read More
Notícias

Última das quatro baleias regressou ao mar

Já regressou ao mar a última das quatro baleias que entraram esta terça-feira (28) no Porto Oceânico da Praia da Vitória, na Terceira, em Portugal, de acordo com o que revelou nesta quinta-feira o comandante da Capitania do Porto de Angra do Heroísmo, Rodrigues Gonçalves citado pela agência Lusa.

Duas das quatro baleias de bico conseguiram sair esta terça-feira das águas daquele porto, mas uma delas morreu após ter encalhado na areia.

(Foto: Reprodução/IOL Diário)
(Foto: Reprodução/IOL Diário)

Os animais resistiram às tentativas de devolvê-las ao mar.

A baleia que morreu vai ser esta quinta-feira submetida a uma necrópsia por uma equipe liderada por uma especialista.

Ainda não estão esclarecidas as razões pelas quais um grupo de quatro baleias de bico entrou esta terça-feira na baía do Porto Oceânico da Praia da Vitória.

Um especialista em comportamento animal, João Pedro Barreiros, admitiu que as baleias possam ter ficado desorientadas pelo ruído.

Os especialistas adiantaram que se trata de baleias de bico (Sowerdy-Mesoplodomebidens), que pertencem à família dos cetáceos com dentes (Ziphidae).

Com informações do IOL Diário

​Read More