Notícias

Estreia documentário “Quando os Cordeiros se Tornam Leões” sobre caçadores e guardas florestais

O diretor Jon Kasbe passou muito tempo dos dois lados para entender as motivações da caça e da proteção animal


Foto: Alex Pritz

O documentário do diretor Jon Kasbe, When Lambs Become Lions (Quando os Cordeiros se Tornam Leões), que estreia hoje (14) no Reino Unido, tem sido muito elogiado mundialmente, uma vez que apresenta uma trama imparcial, retratando a visão de alguns caçadores de marfim no Quênia  e também de guardas florestais que percorrem a paisagem, com seus equipamentos de camuflagem e rifles, à procura de quem está ilegalmente matando elefantes.

A trama retrata a história de um caçador simplesmente chamado de “X”.  Esse caçador está trabalhando com um assistente chamado Lukas, que faz o trabalho sujo matando os animais com flechas com ponta de veneno.

Em contrapartida, há um guarda florestal chamado Asan que, como seus companheiros, não é pago há meses e precisa sustentar a família. Asan também é primo de X e sabe como a caça pode enriquecê-lo facilmente, se comparada com sua maneira honesta de ganhar dinheiro.

A produção gira em torno de dois questionamentos: Asan será vencido pela tentação? Além do mais, o diretor Kasbe passou muito tempo dos dois lados, sem contar aos caçadores ou aos guardas o que sabia de cada um deles.

Confira o trailer do documentário aqui:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Vaca Apocalíptica: o documentário que os ambientalistas que comem carne devem ver

O longa-metragem mostra a destruição ambiental com a produção de carne e também menciona a carne cultivada em laboratório


 

Christian B./Pixabay

O documentário Apocalypse Cow (Vaca Apocalíptica), de George Monbiot, é o documentário que todo ambientalista que come carne deveria assistir porque pode mudar a maneira como alguns deles veem a carne. A produção liga o consumo de carne e agropecuária às mudanças climáticas.

Segundo o site Livekindly, George, produtor do documentário, é vegano, e seu longa-metragem mostra a destruição ambiental com a produção de carne e também menciona a carne cultivada em laboratório, como substituição para o caos ‘apocalíptico’ que o planeta está sofrendo, além disso, o autor também sugere que essa nova tecnologia (da produção de carnes em laboratório), seja tecnologia livre de patentes a fim de permitir uma distribuição mais ampla.

“Muitas pessoas estão justamente preocupadas com a expansão urbana”, relatou Monbiot no The Guardian. “Mas a expansão agrícola – que cobre uma área muito maior – é uma ameaça muito maior para o mundo natural”, completa ele.

Ainda sobre a produção em laboratório, ele declara ao site: “Estamos à beira da maior transformação econômica, de qualquer tipo, há 200 anos “, escreveu ele. “Em pouco tempo, a maioria dos alimentos não virá de animais nem plantas, mas da vida unicelular”, reiterando.

Ainda segundo o site Livekindly, o produtor do documentário também é um defensor da re-silvicultura – conservação em larga escala para a criação de áreas de biodiversidade. Ele argumenta em sua produção, que as concessões governamentais que apoiam a agropecuária deveriam ser usadas em projetos de conservação, como o plantio de árvores.

Cada hectare de terra usado pela agropecuária é um hectare não usado para a vida selvagem e sistemas vivos complexos”, fecha Monbiot.

Confira o documentário aqui:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More