Histórias Felizes, Notícias

Cachorro abandonado em clínica veterinária em estado deplorável passa por transformação

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

Quando a ex-tutora de Dobby entrou pela primeira vez na clínica de vacinação com ele, a cena causou um impacto nas pessoas presentes, ninguém conseguia acreditar no que viu. O cachorrinho estava sem pelos e todo vermelho, e não se parecia muito com um cachorro. Os corações dos funcionários estavam partidos e eles sabiam que tinham que ajudá-lo.

Sara Harper estava trabalhando como veterinária em uma clínica de vacinação de baixo custo na Flórida (EUA) administrada pela Concerned Citizens For Animal Welfare.

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

Assim que ela colocou os olhos em Dobby, ela soube que era sua missão ajudar a curá-lo. A mulher que o trouxe disse que ele tinha 5 anos de idade – e que esta foi a primeira vez que ele esta sendo visto por um veterinário.

“Ficamos horrorizados com sua condição de desnutrição”, disse Harper ao The Dodo. “Junto com todo o seu corpo pelado e ferido, seus pés também estavam machucados e as unhas dos dedos dele cresceram tanto que enrolaram em suas patas. Ela admitiu que fazia tratamento de pulgas todos os anos e que jogava nele um pó de pulgas para carpete. Ela disse ainda que não queria gastar dinheiro com ele. Eu implorei a ela como uma resgatante para entregá-lo, e ela concordou imediatamente.

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

Um dos veterinários que também trabalhava na clínica naquele mesmo dia permitiu que Harper levasse Dobby para sua própria clínica imediatamente, mesmo que estivesse fechada naquele dia, para que pudessem começar a tratá-lo o mais rápido possível.

Eles só podiam imaginar de longe o tipo de dor que ele estava sentindo. Eles começaram a aparar as unhas dele, banhando-o e preparando-se para que a transfusão de sangue fosse feita.

Apesar de todos os seus males, ferimentos e dores, Dobby nunca reclamou ou atacou ninguém. Ele era tão doce quanto poderia ser durante todo o processo, e parecia muito grato a seus salvadores por ajudá-lo.

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

“Ele ficou sentado lá com amor em seus pequenos olhos – como se soubesse que finalmente havia sido salvo”, disse Harper.

Uma vez que ele foi todo limpo e recebeu tratamento inicial, Dobby foi recebido pelo abrigo Pawsibilities Rescue, que continuou a apoiá-lo em sua jornada rumo a cura. Durante meses, ele precisou de banhos medicinais para ajudar a curar sua pele e permitir que seu pelo crescesse novamente.

O cãozinho ainda estava muito longe de estar pronto para ser adotado quando sua futura família viu sua foto no Facebook e soube na hora que ele deveria fazer parte da família.

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

Liz Ford estava procurando adotar outro cachorro depois que seus dois filhotes de resgate faleceram e se apaixonou por um cachorro chamado Wylie, que também estava no abrigo Pawsibilities Rescue. Ela se candidatou a adotá-lo e foi aprovada, e enquanto esperava que ele estivesse pronto, ela viu a foto de Dobby e imediatamente se apaixonou.

“Eu não pude acreditar em meus olhos quando o vi”, disse Ford ao The Dodo. “Enquanto esperávamos que Wylie se curasse o suficiente para ser adotado, fiquei de olho no pequeno Dobby. Quando fui buscar Wylie, estava sentada no chão na casa do resgate e Dobby veio e se enrolou no meu colo. Eu sabia muito bem que ele viria morar conosco.

Ford levou Wylie para casa naquele dia e, quatro meses depois, voltaram juntos para pegar Dobby. Dobby e Wylie se lembraram um do outro instantaneamente, e estava claro que eles se tornariam os melhores amigos em sua nova casa. Nesse ponto, a pele de Dobby ainda estava cicatrizando e seu pelo ainda não havia crescido completamente, mas sua nova família estava mais do que disposta a continuar seu tratamento e ajudá-lo a se transformar o cão fofo e saudável que eles sabiam que ele poderia se tornar.

Foto: Liz Ford
Foto: Liz Ford

Agora, Dobby está coberto de um lindo pelo branco e macio, e não se parece absolutamente em nada como o cão que foi trazido para a clínica naquele dia há muitos anos. Ele gosta de brincar e correr círculos ao redor da casa com seu irmão Wylie, e nunca foi tão feliz. Sua nova família esta tão orgulhosa dele e do quanto ele lutou e evoluiu, e ao mesmo tempo tão grata por tê-lo como parte de sua família.

“Eles curaram seu corpo e alma”, disse Harper. “Olhando para ele agora você nunca sonharia o que ele já passou! Uma união de pessoas se juntou para salvá-lo. Ele é um garoto de sorte e é muito bonito também, além de ter a melhor família do mundo!”, diz sua salvadora orgulhosa.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Cachorrinha leva seu brinquedo favorito para a mãe toda vez que ela fica doente

Foto: Valuable Stories
Foto: Valuable Stories

Quando Dobby se juntou a sua família ela era apenas um filhote, isso foi há três anos atrás, e seus pais e irmãos estavam muito animados e felizes em tê-la ao lado deles.

A cachorrinha foi recebida com extrema alegria em sua família e eles imediatamente se apaixonaram por ela. Mas apenas dois dias depois de chegar em sua nova casa, Dobby ficou muito doente.

Depois de levá-la ao veterinário, a nova família de Dobby ficou totalmente arrasada ao descobrir que ela tinha parvovírus (responsável pela parvovirose). O parvovírus é um vírus muito contagioso e muito agressivo que afeta os filhotes. E é comum em cães que vêm de “fábricas” de filhotes de lojas de animais. Na maioria das vezes os animais contaminados acabam morrendo.

Foto: Valuable Stories
Foto: Valuable Stories

A família de Dobby já a amava muito, mesmo em pouco tempo de convivência – foram apenas alguns dias conhecendo-a. E eles se recusaram a desistir da pequena cadelinha doente.

“Foi realmente assustador ver como ela era pequena, apenas 6 libras”, disse Shannon Coppa, mãe de Dobby. “O veterinário disse que tinha uma pequena chance dela sobreviver e isso apenas se ela ficasse internada no hospital veterinário e, honestamente, ele a avisou que seria melhor se a levássemos para casa e passássemos o tempo que nos restava juntos. Então ela realmente teria uma chance maior de ter amor em casa do que em um canil isolado no veterinário”.

Foto: Valuable Stories
Foto: Valuable Stories

Durante cinco dias, o casal sentou-se no quarto com Dobby, fazendo tudo o que podiam para deixar a cachorrinha o mais feliz e confortável possível em sua casa.

Enquanto lutava contra o vírus, seus pais decidiram comprar um brinquedo especial para ela manter em sua companhia em sua sala de quarentena: um coelhinho rosa de pelúcia.

A partir do momento em que pôs os olhos no coelho, Dobby o adorou do fundo do seu coração.

Os dias se passaram e a cachorrinha se recuperou totalmente e estava bem e saudável.

Foto: Valuable Stories
Foto: Valuable Stories

Um dia, a tutora de Dobby sofreu uma terrível enxaqueca e ficou em casa para se recuperar. Percebendo que sua mãe não estava bem, Dobby pegou o coelhinho de pelúcia rosa e se deitou ao lado de sua mãe no sofá, quietinha.

Ela imaginou que seu coelho rosa poderia ajudar sua mãe a se recuperar assim como aconteceu com ela mesma.

Agora, sempre que alguém da sua família está doente, Dobby leva seu coelho especial para perto da pessoa. É muito amor.

É puro amor, na verdade. Assim são os animais. Seres sencientes, capazes de amar, sofrer, e entender o mundo ao seu redor. Essas criaturas especiais aguardam por lares em ONGs e abrigos pelo mundo todo.

Adote um cão e descubra a alegria incomparável de conhecer o amor incondicional.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Você é o Repórter

Filhote de cão apanhava de antigo tutor porque queria brincar

Margarete
fadalivia@gmail.com

Dobby, este lindo cãozinho, foi vítima de maus-tratos. Foto: divulgação

Dobby, este menininho de apenas 3 meses, doce e brincalhão, espera um lar de verdade onde seja tratado dignamente. Ele foi retirado de onde estava sofrendo maus tratos, ele agora espera um lar.

Será entregue vacinado e com compromisso de castração. Os requisitos paradotar o Dobby são: um espaçoa dequado, carinho, amor, responsabilidade e que seja do ABC paulista.

O novo tutor terá que assinar um termo de responsabilidade.

Contato: 11 9470.1600 Margarete – Santo André

​Read More