Notícias

Estrela do seriado “The Big Bang Theory” fala sobre veganismo

Por Rafaela Damasceno

A atriz Mayim Bialik, conhecida por interpretar Amy no seriado The Big Bang Theory, postou um vídeo em seu canal no Youtube intitulado “Como criar crianças veganas”. Ela afirma que recebe mais perguntas sobre como é ter filhos veganos do que dúvidas sobre sua própria dieta.

A atriz Mayim Bialik
Foto: Youtube/ Mayim Bialik

Mayim ainda diz que é possível criar crianças saudáveis e veganas, desmistificando os milhares de boatos que condenam a dieta nos pequenos. Entre as perguntas que ela mais recebe, estão “e a proteína?”, “o que você diz aos seus filhos?”, “eles podem viver?”.

Ela afirma que a única coisa que os veganos não conseguem obter dos alimentos que ingerem é a vitamina B12, mas isso não é um problema. Ela pode ser adquirida facilmente através de um suplemento.

Sobre as proteínas, ela afirma que os seres humanos precisam de muito menos do que costumam ingerir. Inclusive, o consumo excessivo de proteína tem sido associado, segundo ela, ao aumento do câncer e muitas outras doenças nos países que utilizam a carne como suprimento principal de proteína. Mayim acrescenta que ela pode ser encontrada em muitos outros alimentos, como a quinoa ou o pão.

“Ser vegano é uma decisão filosófica, médica e espiritual que fazemos todos os dias. Eu também ensino meus filhos que podemos fazer pequenos sacrifícios por um bem muito maior”, afirma ela. “Eu quero criar meus filhos para tomarem decisões baseadas em fatos e sentimentos”.

A posição da atriz em relação à dieta de seus filhos é apoiada pela American Dietetic Association (Associação Dietética Americana), que nega os boatos de que o veganismo é prejudicial às crianças. “Dietas veganas bem planejadas são apropriadas e nutricionalmente adequadas para atletas e pessoas em qualquer estágio do ciclo da vida, incluindo gravidez, amamentação, infância e adolescência”, afirma a associação.

​Read More
Notícias

Plant based: uma alimentação natural, sustentável e livre de crueldade

Plant Based é um termo muito utilizado pelos vegetarianos atualmente e remete a uma dieta ou estilo de vida, onde a alimentação é totalmente natural, de origem vegetal, minimamente processada, colorida, integral, variada e quase sempre orgânica.

Plant Based é uma dieta rica, variada, colorida e natural
Alimentação Plant Based é simples, ética, nutritiva e sustentável (Foto: Reprodução / Globo Esporte)

Novos estudos indicam que a dieta ocidental rica em ingestão de alimentos processados, com baixa ingestão de fibras e consumo excessivo de proteína animal, está diretamente relacionada ao desenvolvimento de doenças como câncer, cardiopatias e diabetes.

De acordo com a nutricionista Alessandra Luglio, especialista em gastronomia natural, vegana e “ativista” na proteção aos animais, a dieta “Plant based” é muito nutritiva, gostosa, simples e sustentável. Além de gerar menor impacto ao meio ambiente, ela previne o surgimento de diversas doenças.

O que se deve comer na alimentação Plant Based:

  • frutas
  • legumes
  • verduras
  • cogumelos
  • leguminosas (lentilha, feijão, ervilha, soja, grão de bico)
  • cereais integrais (arroz, quinoa, aveia, couscous, milho, cevada, painço, triguilho)
  • oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes, pistache)
  • sementes (ex: abóbora, girassol, gergelim)
Plant Based é uma dieta rica, variada, colorida e natural
Dieta natural previne doença e é mais responsável com o meio ambiente (Foto: Getty Images)

Coisas que podemos incluir na alimentação, tornando-a mais saudável e equilibrada:

  • Consumir mais frutas, verduras e legumes
  • Investir em alimentos integrais e evitar refinados
  • Buscar sempre um prato colorido e variado
  • Sempre preferir produtos orgânicos
  • Nas grandes refeições colocar verduras e legumes em abundância

 

 

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Após se tornar vegano, Bill Clinton recomenda livros de dietas saudáveis

Por Lobo Pasolini (da Redação)

Bill Clinton

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, tem dado apoio a escritores que escrevem livros sobre dietas saudáveis, entre eles The Blood Sugar Solution: The UltraHealthy Program for Losing Weight, Preventing Disease, and Feeling Great Now, de autoria do Dr. Mark Hyman, que será lançado em breve.

Clinton perdeu cerca de 12 quilos em menos de dois depois de adotar uma dieta vegana após uma cirurgia do coração e em preparação do casamento de sua filha Chelsea, que é vegetariana. Veganos compõem 1% da população dos Estados Unidos enquanto os vegetarianos (que comem ovos e laticínios) perfazem cerca de 3.2% do total.

Clinton veio a público com sua dieta a base de plantas em 2010 quando foi entrevistado por Wolf Blitzer da CNN. “Eu vivo de grãos, legumes, fruta. Eu bebo um suplemento de proteína toda manhã. Nada de laticínios. Mudou meu metabolismo completamente. Eu perdi 12 quilos e voltei a ter o peso que tinha na época de escola,” ele disse na época.

Não faça como Bill Clinton e espere ter problemas cardíacos para tornar-se vegano. Torne-se vegano agora, pelos animais, por sua saúde e pelo planeta, já que essa é a dieta com uma das menores pegadas de carbono.

​Read More