Destaques, Notícias

Cangurus famintos comem os restos de seus companheiros mortos durante seca

Foto: AAP/IMAGE
Foto: AAP/IMAGE

Cangurus desesperados e famintos, sem encontrar alimento disponível, estão recorrendo aos restos dos demais cangurus mortos para matar sua fome.

Especialistas acreditam que a seca prolongada levou à morte em massa dos marsupiais no sul da Austrália.

O ecologista independente John Read disse à ABC que houve um “grande declínio” da população de cangurus durante o ano passado.

“Na Austrália central, milhões de cangurus morreram de fome e as pessoas os viam morrendo nas estradas e em capo aberto”, disse Read.

Foto: AAP/IMAGE
Foto: AAP/IMAGE

Katherine Moseby, ecologista da Universidade de New South Wales, na Austrália disse que, enquanto trabalhava em zonas áridas e em Flinders Ranges, viu cangurus procurando desesperadamente por comida: “Víamos eles entrando nos banheiros públicos e comendo papel higiênico”, disse Moseby.

A ecologista conta preocupada: “Estamos até testemunhando eles comendo as entranhas de cangurus mortos na beira da estrada, tentando obter alguma nutrição dos cadáveres. Foi realmente uma cena perturbadora e horrível de assistir”.

Read disse que acácias, pinheiros e sândalos também estavam morrendo em meio à onda de calor acima do comum no sul da Austrália.

Ela disse que foi “chocante” saber que as acácias – árvores que viveram por centenas de anos – estavam morrendo.

Apesar das mortes de cangurus nos estados do leste, os números no oeste da Austrália cresceram.

A Austrália Ocidental não está enfrentando as mesmas condições de seca que as experimentadas em outros lugares do país.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Destaques

Imagens de touros com os chifres em chamas causam revolta nas redes sociais

Foto: Pen News
Foto: Pen News

Imagens de um touro com os chifres em chamas causaram revolta e indignação nas redes sociais. O evento conhecido como “Fire Bull” (touro em chamas) ocorreu na cidade de La Vall d’Uixó, na Espanha.

As fotos e vídeos mostram a multidão atormentando os animais assustados e indefesos por diversão. O comediante Rick Gervais disse no Twitter que os participantes do evento eram “cruéis” e descerebrados” após ter visto as imagens nas redes sociais.

Ativistas das ONGs Animal Guardians e La Tortura No Es Cultura gravaram o vídeo em uma tentativa de denunciar e proibir a prática bárbara. Em suas filmagens, os animais são arrastados para um poste de modo que as “cintas metálicas” possam ser fixadas em seus chifres, então as cintas são colocadas em chamas e os touros são soltos para correr freneticamente ao redor. Enquanto correm, são assediados por espectadores que os agarram pelos rabos, jogam areia e garrafas neles e os chutam da segurança de gaiolas especialmente projetadas para que fiquem protegidos.

Veterinários dizem que os touros ficam aterrorizados pela presença de fogo, que eles ficam impotentes para escapar, e mais desesperados porque as brasas caindo em seus rostos e corpos.

José Enrique Zaldívar, presidente da Avatma – um grupo veterinário que faz campanha contra eventos como esses, disse que a “desorientação, ansiedade, medo e angústia” dos touros era grande, mesmo sem o fogo”.

“Mas uma vez que as chamas se instalam”, ele disse, “isso só piora”.

Foto: Pen News
Foto: Pen News

“Quando as bolas ou tochas que são colocadas nos chifres dos touros são acesas, a presença do fogo faz com que o animal fique aterrorizado”, disse ele.

“Como é instintivamente identificado como outro sinal de perigo, aumenta muito mais o estresse e a angústia dos animais.”

Agora eles estão preparando uma queixa oficial ao governo regional da cidade de Castellón, que, segundo eles, deu apoio promocional e financeiro ao evento.

Foto: Pen News
Foto: Pen News

A lei espanhola define as circunstâncias sob as quais um touro pode ser morto – infelizmente o homem ainda decide sobre a vida de outros seres – e ativistas dizem que esses touros só poderiam ser mortos depois do evento e não durante ele e apenas em um matadouro.

No entanto, o vídeo parece sugerir que, quando o espetáculo público termina e os touros são levados para um cercado de contenção, uma faca tradicionalmente usada para entregar o golpe de misericórdia está presente.

Marta Esteban, da Animal Guardians, disse: “Quando touros adultos como estes que nunca estiveram em uma tourada, são usados neste tipo de atividade cruel, os regulamentos dizem que eles devem ser levados para o matadouro vivos”.

“É considerada uma ‘infração muito grave’ contra a lei não fazê-lo”.

Foto: Pen News
Foto: Pen News

“Mas então vimos que eles tinham em mãos a faca típica que é usada em touradas tradicionais para dar ao touro o golpe de misericórdia.”

José Cubells, da La Tortura No Es Cultura, disse que o assassinato alegado constituiria apenas uma das várias violações que eles testemunharam.

“Temos observado inúmeras infrações, como o lançamento de areia, garrafas e roupas no rosto dos animais, o último dos quais poderia ter pegado fogo e queimado os touros”, disse ele.

“Também observamos pessoas chutando os animais de trás das grades e outros colocando os animais nas caixas de contenção com os chifres ainda em chamas, o que poderia ter incendiado toda a estrutura”.

“Estamos preparando uma queixa oficial para a Unidade Territorial de Castellón.”

Entre aqueles que assistem ao evento são crianças.

Em diferentes partes do vídeo, uma criança é ouvida perguntando em espanhol “eles vão matá-lo?” E “por que eles o matam?”

“Naturalmente, as crianças não entendem como os adultos acham divertido o sofrimento dos animais, muito menos que os matam pela mesma razão”, disse Marta.

“Esses shows distorcem a visão que as crianças têm dos animais, distorcendo a empatia inata que sentem em relação a eles e ensinando que a violência, neste caso, é divertida – o que pode ser muito perigoso para a educação de uma criança”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Destaques

Touros são arrastados, maltratados e banhados em cerveja

Foto: Animal Defender Internacional
Foto: Animal Defender Internacional

As imagens mostram o momento em que um touro é espancado e arrastado pelas ruas de uma cidade no Peru durante um festival bárbaro e cruel que foi banido oficialmente há cinco anos.

O vídeo filmado por ativistas da ONG Animal Defenders International (ADI) revela que, apesar da proibição, o cruel festival “Jalatoro” ainda está acontecendo em Ayacucho, no Peru.

Nas imagens, o animal aterrorizado é arrastado pelas ruas da cidade em frente a centenas de pessoas.

O touro tenta resistir enquanto é arrastado de um caminhão, preso por cordas ao redor de seus chifres, no meio da multidão em sua maioria composta de pessoas embriagadas.

A cerveja é então despejada sobre o touro e água é borrifada em seu rosto para tentar fazer o touro se mover.

Puxado por um homem montado sobre um cavalo, o animal atormentado corre para as árvores e outros obstáculos enquanto tenta escapar do seu martírio.

Foto: Animal Defender Internacional
Foto: Animal Defender Internacional

Vários touros supostamente sofreram um destino semelhante e cavalos também foram vistos escorregando e caindo nas ruas de paralelepípedos da cidade.

Jan Creamer, Presidente da ADI: “É revoltante e envergonha a raça humana ver essa violência e abuso bárbaros infligidos a um animal aterrorizado e inocente”.

“A ADI pede às autoridades peruanas que ajam agora e acabem com esse evento cruel e vergonhoso de uma vez por todas.”

Foto: Animal Defender Internacional
Foto: Animal Defender Internacional

Em 2014, as autoridades na província de Huamanga, em Ayacucho, proibiram esses cruéis festivais chamados de “Jalatoro”, realizados durante a Páscoa.

Mas eles simplesmente continuaram sob o nome “Pascua Toro”.

Historicamente associado a um “presente simbólico” para os pobres, este festival nos dias atuais tornou-se palco de um nível de brutalidade que não tem lugar na sociedade civilizada.

Foto: Animal Defender Internacional
Foto: Animal Defender Internacional

Em 2017, o “Pascua Toro” foi cancelado após um touro “enlouquecer”, ferindo várias pessoas, incluindo um policial.

No ano passado, foi suspenso pelo Ministério Público após o abuso de quatro animais e ferimentos em oito pessoas.

Antes do evento de 2018, a ADI e os ativistas locais receberam ameaças de morte e a polícia avisou que eles não deveriam comparecer; no entanto, eles documentaram o sofrimento inaceitável e vergonhoso desses animais, voltando a fazê-lo novamente este ano.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Conheça “catioros” desesperados que só querem dar oi

Cachorros podem ser bem curiosos. É o que mostra uma série compilada pelo Bored Panda, em que os nossos amigos peludos não medem esforços para dar um “oi”.

Para isso, eles atravessam cercas, muros, janelas. Essas peripécias vão deixar um sorriso no seu rosto, algo que os cães nunca cansam de fazer. Confira a galeria:

32
Divulgação
33
Divulgação
34
Divulgação
44
Divulgação
38
Divulgação
35
Divulgação
36
Divulgação
37
Divulgação
39
Divulgação
40
Divulgação
41
Divulgação
42
Divulgação

 

Fonte: Vírgula UOL

​Read More
Destaques, Notícias

Animais de zoológico ficam desesperados com inauguração de estádio no México

Por Tude Lusiani (da Redação)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Além de todo sofrimento dos animais confinados no zoológico La Pastora em Monterrey, no México, foi inaugurado um estádio a 50 metros de distância. As informações são do site goal.com.

Durante a inauguração do novo estádio no último domingo, os animais foram torturados por 6 minutos devido a queima de fogos de artifício.

Mais de um milhão de pessoas já acessaram o vídeo divulgado nas redes sociais nesta segunda-feira que viralizou ao mostrar o desespero dos animais.

O La Pastora, em Nuevo León, zoológico de 1.600 hectares de vida selvagem, é uma das poucas áreas verdes públicas na área metropolitana de Monterrey.

​Read More