Notícias

Homem é criticado após resgatar urso bebê

Por Janaína Fernandes | Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Homem resgata animal que parecia estar perdido da mãe | Foto: Corey Hancock

Na cidade de Oregon, nos EUA, um homem chamado Corey Hancock, de 41 anos, ao encontrar um filhote de urso perdido em Elkhorn Road, decidiu resgatá-lo. Corey publicou uma foto com o animal nas redes sociais e acabou causando discussão entre os internautas.

O post que dizia: “Socorro!!! Eu resgatei um filhote de urso que foi deixado para morrer. Para onde eu levo ele?! Ele mal está respirando”, foi alvo de críticas severas de protetores de animais. Segundo ele, sua intenção era salvar o animal, pois o bebê corria risco de vida: “Ele estava deitado, mal se movia. Não estava respirando. Estava morrendo”, afirmou ao Oregon Live. Depois de aguardar cerca de 10 minutos no local a espera da mãe do animal, decidiu levá-lo para o carro e dirigir até um centro de reabilitação animal.

Corey deverá pagar multa de US$ 6,250 mil | Foto: Corey Hancock

Para alguns, Hancock é visto como um herói, para ativistas, um intruso, como na opinião de Michelle Dennehy, porta-voz do Departamento de Pesca e Vida Selvagem do Oregon: “Nós dizemos às pessoas para nunca assumirem que um filhote está órfão a não ser que tenham visto a mãe dele morrer”, explicou.

O filhote de urso que aparentava estar perdido da mãe, foi encontrado “severamente desidratado e letárgico”, segundo a porta-voz do Departamento. Depois de ser resgatado, o animal recebeu tratamento e já apresentou melhoras. Elkhorn, nome dado em homenagem ao local em que foi achado, ficará sob custódia do ODFW (sigla em inglês). Acredita-se que será impossível reuni-lo com a mãe, e, por conta disso, ele deverá ser enviado a um zoológico.

Hancock será multado no valor de US$ 6,250 mil (cerca de R$19 mil), por ter descumprido a lei estadual de retirar o animal de seu habitat.

​Read More