Notícias

Família de elefantes é resgatada após ficar presa em mina de ouro desativada

Foto: ViralPress
Foto: ViralPress

Um vídeo flagrou o momento comovente em que cinco elefantes foram resgatados de uma mina de ouro abandonada na Malásia.

As imagens mostram uma escavadeira escavando uma rampa antes dos três adultos, um jovem e mais um bebê subirem e desaparecerem novamente na selva em Pekan.

Autoridades da vida selvagem disseram que passaram seis horas trabalhando para resgatar a família de elefantes na terça feira última (20).

As imagens mostram os cinco elefantes reunidos e preso no buraco cheio de água e com as laterais íngremes, impedindo que eles saíssem, enquanto uma escavadeira cava uma rota de fuga.

Uma vez concluído ao caminho, os oficiais começaram a gritar com os elefantes que se moviam em direção à rampa.

O maior elefante, possivelmente o líder do grupo ou a matriarca, é o primeiro a seguir na rampa antes que os outros corram atrás dela.

Foto: ViralPress
Foto: ViralPress

O Departamento de Vida Selvagem e Parques Nacionais Peninsular da Malásia (Perhilitan) disse que recebeu a chamada de emergência pela manhã e correu para a área.

O diretor Rozaidan Md Yasin disse: “Quatro oficiais que estavam checando a cena descobriram que os elefantes não podiam sair por causa da área escorregadiça e lamacenta.

Os quatro oficiais descobriram que o caminho era íngreme demais para os elefantes escaparem por ele.

Foto: ViralPress
Foto: ViralPress

“Tivemos que pedir ajuda a uma empresa de mineração próxima para usar sua escavadeira para cavar e abrir caminho para os elefantes poderem sair”.

“A operação de resgate levou seis horas no total. Foi concluída às 18:00 e os elefantes saíram da mina totalmente saudáveis. Eles voltaram para a selva”.

Foto: ViralPress
Foto: ViralPress

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Última fazenda de foie gras da Ucrânia é desativada

Foto: Farm Sanctuary
Foto: Farm Sanctuary

A última fazenda de foie gras da Ucrânia será oficialmente desativada, uma vez que na prática já não opera mais, após o lançamento de uma exposição da organização de proteção animal Open Cages.

A investigação, que foi publicada em abril deste ano, contou com filmagens (abaixo) feitas por um trabalhador disfarçado usando uma câmera secreta na fazenda operada pelo produtor de aves MHP.

A filmagem foi vista milhões de vezes nas mídias sociais em todo o mundo, e levou inúmeros restaurantes no Reino Unido a prometer abandonar o foie gras.

Condições

De acordo com a Open Cages, as condições documentadas incluem “pássaros sendo jogados violentamente do caminhão em gaiolas, tubos de alimentação de metal lubrificados com óleo de motor sendo empurrados garganta abaixo das aves para enchê-los de comida e gansos machucados e mortos sendo deixados para sofrer ou apodrecer em pilhas”.

A organização acrescenta que a alimentação forçada é uma prática padrão na maioria das fazendas de foie gras para encher de gordura os fígados dos animais, de modo que eles aumentem até dez vezes o tamanho normal e as aves fiquem doentes.

Inconsistente

“A MHP, controladora de um importante grupo agroindustrial internacional com sede na Ucrânia, anuncia hoje sua decisão de suspender a produção de carne de ganso e foie gras em sua fazenda de aves Snyatynska até o início de setembro de 2019″, informou a empresa em um comunicado numa declaração oficial.

“Os ativos da fazenda, que representam menos de 0,5% dos ativos do Grupo MHP, estão sendo oferecidos à venda. A MHP acredita que a produção de foie gras não é consistente com a estratégia e a política da empresa de ser líder global em E&S e bem-estar animal”.

“Simplesmente bárbaro”

“É difícil até de acreditar que o foie gras existe. Alimentar os animais até que seu fígado aumente dez vezes o tamanho original é simplesmente bárbaro, e o rótulo de ‘luxo’ que o produto ostenta é quase risível”, disse Connor Jackson, CEO da Open Cages, em comunicado enviado ao Plant Based News.

“Estamos absolutamente entusiasmados em ver esta empresa optar por enfrentar o sofrimento desnecessário ao fechar as instalações da fazenda de criação de gansos. Qualquer restaurante do Reino Unido que ainda esteja servindo foie gras vai dar uma boa repensada em suas práticas: a crueldade contra animais é um mau negócio.”

A Open Cages está pedindo que Michael Gove e o governo do Reino Unido proíbam a venda de foie gras, pós-Brexit, e também convocando os restaurantes a remover o produto, que é resultado de crueldade e abuso, de seu cardápio.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Égua grávida é resgatada após cair em buraco de três metros de profundidade

Uma égua grávida de oito meses caiu em um buraco de três metros de profundidade na madrugada de segunda-feira (24) em Montes Claros, no estado de Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros foi acionado por um proprietário de um fazenda da comunidade de Campos Elísios.

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O homem chamou os bombeiros após perceber que o animal desapareceu. Encontrada dentro de uma fossa seca, que estava desativada há meses, a égua foi resgatada. As informações são do G1.

Um sistema de redução de força para o resgate, por meio de um tripé e de polias, foi utilizado pelo Corpo de Bombeiros para retirar o animal do buraco.

De acordo com a corporação, o trabalho de resgate durou cerca de 40 minutos. O tutor da égua não sabe informar como ela foi parar no local, mas suspeita que ela tenha passado pela varanda da casa da propriedade onde vive e caído no buraco, que fica aos fundos do imóvel.

Ao final do resgate, a égua foi devolvida ao tutor sem ferimentos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cavalo cai em fossa desativada e é resgatado em Senador Canedo (GO)

Um cavalo caiu dentro de uma fossa desativada em Senador Canedo (GO) na madrugada de segunda-feira (8). O tutor do animal percebeu que o animal havia se acidentado ao ouvir o barulho da queda. Ele acionou o Corpo de Bombeiros, que fez o resgate.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O tutor do cavalo, o pedreiro Fábio Ribeiro Leão, mora ao lado da fossa onde o animal se acidentou.  “Escutei o barulho e vim olhar. Era ele que estava lá dentro. Ele não vai ficar aqui também não, vai para a chácara”, disse. As informações são do portal G1.

Os bombeiros iniciaram o resgate por volta das 3h. A operação levou cerca de 20 minutos. De acordo com o sargento Wagner Júlio da Cruz, do Corpo de Bombeiros, uma espécie de rampa foi montada para fazer a retirada do animal.

O cavalo foi resgatado em segurança e, apesar da queda, não sofreu nenhum tipo de ferimento.

O sargento conta que este tipo de resgate tem sido comum em Senador Canedo devido à grande quantidade de fossas na cidade.

A corporação afirma que desde que a divulgação dos resgates de animais foi intensificada nas redes sociais, o número de solicitações para esse tipo de salvamento tem aumentado.

​Read More
Você é o Repórter

Empresa será desativada e vários cães precisam de um lar, na Zona Leste de SP

Marina Fenelon
mfanjos@ig.com.br

Além do Preto, cão cego que já foi divulgado, mas que até agora não conseguiu adotante, preciso doar outros cães que ficam na mesma empresa que vai ser desativada, estão todos castrados, vacinados e vermifugados.  O tempo está passando, me ajudem divulgando esses animais, não tenho Facebook nem Orkut. Esses animais estão na zona leste de São Paulo. Por favor vamos divulgar, quem sabe alguém gosta deles. Entrego, conforme o local.  São eles:

Fotos: Divulgação

Tico, dois anos, porte médio, pelo curto, marrom e branco, castrado, vacinado e vermifugado, dócil, meigo, lindo, aceita outros cães, adora brincar e pular.
Juju, um ano, porte pequeno, pelo curto, tigrada, castrada, vacinada e vermifugada, dócil, meiga, linda, aceita outros cães.
Loirinha, cinco anos, porte pequeno, pelo curto, bege, castrada, vacinada e vermifugada, dócil, meiga, linda, aceita outros cães.

Fotos: Divulgsção

Pretinha, cinco anos, porte pequeno, pelo curto, preta e branca, castrada, vacinada e vermifugada, dócil, meiga, linda, aceita outros cães.
Popozinha, dois anos, castrada, vacinada, vermifugada, porte pequeno, tricolor, dócil, meiga, companheira, adora colo, não tem um olhinho (enxerga muito bem com o outro), o que não a impede de brincar, correr, dar carinho, agora só falta alguém que possa dar carinho e atenção que ela merece. Ela só precisa de uma chance.

Contato: Marina email: mfanjos@ig.com.br – Tel.: 11- 2991-8344 / Cel.: 11 8219-3697
                      Marisa Tel.: 11-2991-8344 (para quem quiser adotar a Juju)

​Read More