Notícias

Ativistas pelos direitos animais fecham matadouro clandestino de cães na China

Foto: VShine
Foto: VShine

Um grupo de ativistas pelos direitos animais fizeram uma parceria com a polícia local para fechar um matadouro de cães na China.

O grupo de proteção animal chamado VShine agiu de acordo com lei e ao lado das autoridades ao efetuar a ação que ocorreu em Dalian, após a denúncia de um cidadão.

De acordo com o grupo, Dalian trabalha com uma política de tolerância zero ao comércio de carne de cachorro, e o matadouro só estava funcionando porque tinha sido aberto recentemente e por um homem que mora fora da cidade.

Foto: VShine
Foto: VShine

Cães resgatados

Os ativistas encontraram sete cães vivos na propriedade, incluindo cães das raçãs pastores alemães, golden retrievers e um rottweiler. Os cães foram entregues por um funcionário do matadouro.

Eles foram então levados para o abrigo da VShine, que é apoiado pela Humane Society International, para que eles pudessem receber atendimento veterinário. O financiamento da HSI ajudará a apoiar seu tratamento e sua reabilitação.

O grupo acredita que alguns dos cães era animais que tinham lares e foram roubado de suas famílias, já que eles usavam coleiras. Acredita-se que outros sejam cães em situação de rua ou cães de fazenda que foram roubados ou comprados de seus tutores.

​Read More