Destaques

Canadá proibirá sacos plásticos até 2021 para proteger o meio ambiente

Sacolas plásticas serão banidas do Canadá | Foto: Reprodução Pixabay

A partir de 2021, os canadenses precisarão se lembrar de levar sacolas reutilizáveis ao irem aos supermercados. Isso por que o país anunciou que proibirá sacolas plásticas até o final do próximo ano. Também incluídos na proibição estão produtos plásticos de uso único, como colheres, canudos, anéis de lata de refrigerante de seis embalagens, utensílios e recipientes de comida.

A proibição radical do plástico de uso único faz parte do compromisso do país em atingir zero resíduos de plástico até 2030.

Lixo plástico | Foto: Reprodução Pixabay

Em coletiva de imprensa, Jonathan Wilkinson, Ministro do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas do Canadá, declarou: “A poluição do plástico ameaça nosso ambiente natural. Enche nossos rios ou lagos e, mais particularmente, nossos oceanos, sufocando a vida selvagem que ali vive. Os canadenses veem o impacto que a poluição tem de costa a costa”.

Segundo informações do governo canadense, cerca de três milhões de toneladas de plástico são desperdiçadas a cada ano. Desse total, apenas nove por cento são reciclados; o resto acaba em aterros ou no meio ambiente.

Em um artigo de opinião publicado no jornal canadense The Chronicle Herald, o ministro Wilkinson disse que esse número é “o equivalente a 570 sacos de lixo cheios de plástico a cada minuto, todos os dias”. E continuou: “Estima-se que, se não fizermos nada a respeito, em apenas 30 anos, poderá haver mais plástico do que peixes no oceano”.

Poluição de praias com lixo plástico | Foto: Reprodução Pixabay

Além disso, Wilkinson apontou que os resíduos plásticos representam cerca de US$ 8 bilhões em valor investido e perdido no meio ambiente, sem qualquer função real.

Mas o ministro acrescentou que a proibição não se aplicaria a equipamentos de proteção individual e a vários plásticos usados ​​na área médica.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

David Attenborough pede que as novas gerações cuidem dos animais

David Attenborough e David Beckham | Foto: Reprodução

Em seu novo documentário que estreou na Netflix dia 28 de setembro, com título David Attenborough: A Life On Our Planet, o famoso narrador de programas sobre história natural e naturalista britânico, recentemente respondeu a uma série de perguntas feitas por celebridades, como forma de promover seu novo filme.

O filme cobre parte da vida de Attenborough, delineando os momentos decisivos e destacando como o meio ambiente foi danificado durante esse tempo.

Discutindo a mensagem do filme, o locutor falou com celebridades, incluindo Billie Eilish e David Beckham (que recentemente informou que não consumia mais carne), entre outros, sobre o mundo natural.

O ex-jogador de futebol da Inglaterra e do Manchester United David Beckham disse no video: “Olá, Sr. David, aqui é o David Beckham. Em primeiro lugar, muitos parabéns pelo novo filme.

“Você fez muito para abrir todos os nossos olhos para as questões que nosso planeta enfrenta. Seus programas nos fazem cuidar do mundo natural e do que precisamos fazer para protegê-lo. Você já viajou pelo mundo muitas vezes, aprendendo sobre a natureza.”

E faz uma pergunta a Attenborough:  “Se você tivesse uma mensagem para nossos filhos sobre o futuro do nosso mundo, qual seria?”

E o locutor respondeu: “Para cuidar do mundo selvagem do qual fazemos parte. Para cuidar dos animais que você vê. Não desperdice coisas. Não desperdice comida. Não desperdice eletricidade”.

E finalizou salientando a importância da natureza: “Cuide do mundo natural. É a coisa mais preciosa que temos e fazemos parte dela.”


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More