Home [Destaque N2], Notícias

Programa “No Limite” volta a explorar animais em rede nacional

Por Carol Keppler (da Redação)

Mais uma vez o programa “No Limite” exibe cenas de crueldade como se fossem demonstrações de coragem. Desta vez, os participantes – que disputam um prêmio de R$ 500 mil – foram incentivados a comer o que chamaram de “comidas exóticas” para ter direito à imunidade dentro do jogo.

As “iguarias” eram uma grande demonstração de desrespeito aos animais – no programa, animais vivos, mortos ou partes deles, são tratados como “coisas repugnantes” e associadas a um desafio ou, ainda mais absurdo, à diversão e não ao abuso que a ação representa.

Além dos dois olhos de cabra que cada participante deveria ingerir, os concorrentes comeram três peixes vivos (que receberam dentro de um copo com água e que deviam ser mordidos antes de engolidos). A demosntração de crueldade terminou com a imagem insana de pessoas se forçando a ingerir dois ovos galados (ovo com um feto de galo quase totalmente desenvolvido).

O reality-show já é reincidente em demonstrações de maus-tratos. Logo na estréia, o programa  serviu de vitrine para a prática de abuso e maus-tratos de animais – ao exibir cenas de duas galinhas sendo mortas por uma das equipes participantes.

Escreva protestando para o Zeca Camargo: zeca@tvglobo.com.br

Com informações do Terra

​Read More