Destaques, Notícias

Vacas são obrigadas a cruzar o fogo em ritual Hindu, na Índia

As vacas são perseguidas em direção à linha de fogo, enquanto as multidões ficam de ambos os lados e comemoram


News Panda/Jam Press

Durante um festival Hindu, as vacas são forçadas a correr pelo fogo na vila de Sompura, sul da Índia. As filmagens da crueldade foram gravadas em 15 de janeiro, em função de Makar Sankranti, um dia no calendário hindu que é dedicado ao Deus do Sol.

Segundo informações do site Daily Mail (7), antes do festival, o gado é decorado com guirlandas e sinos pendurados em um ritual conhecido como ‘Kicchu Hayisuvudu’. Durante a noite, os animais são obrigados a atravessar as linhas de fogo, envolta de uma multidão de espectadores que assiste o festival.

No vídeo divulgado, as vacas são perseguidas em direção à linha de fogo, enquanto as multidões ficam de ambos os lados e comemoram. Segundo a crença local a realização deste ritual traz boa sorte e protege os devotos do mal.

O festival acontece em um momento semelhante ao domador de touros ‘Jalikattu’, realizado no estado de Tamil Nadu, no sul da Índia.

Recentemente, o festival realizado com as vacas, foi criticado por ativistas de direitos animais, uma vez que o evento é cruel e explora os animais. Até o momento, várias petições foram apresentadas na suprema corte da Índia a fim de conseguir a proibição do festival no país.

Confira o festival de crueldade:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Destaques, Notícias

Bezerro corre para cumprimentar sua mãe após ser separado por dias

O filhote teve que ser internado pois não tinha os nutrientes necessários do leite de sua mãe


 

Vídeo do Facebook

A história de Daisy, uma vaca e seu filhote Lucky, teve um começo bastante difícil. Eles foram resgatados pelo santuário SASHA Farm Animal Sanctuary, no estado de Manchester, nos Estados Unidos e atualmente moram no local. No entanto, desde o início, Daisy não conseguiu amamentar o filhote.

Com isso, Lucky teve que ser levado para a Clínica de Animais da MSU, pois não tinha os nutrientes necessários do leite de sua mãe. No entanto, o problema podia ser mais grave: o veterinário temia que os dois animais pudessem ter a doença terminal chamada de Johne (infecto-contagiosa crônica que afeta principalmente o intestino delgado de ruminantes).

De acordo com o site One Green Planet (4), Lucky ficou internado na clínica por três dias, longe de sua mãe, enquanto os veterinários faziam tudo o que podiam para salvá-lo. Foi então que a notícia boa chegou: o bezerro havia se recuperado da falta de nutrientes e estava completamente saudável.

Com isso, ele foi trazido de volta para casa e finalmente se reuniu com Daisy. Quando Lucky e Daisy se viram, eles correram apressadamente para ficarem juntos novamente, principalmente o filhote, que passou três dias longe de sua mãe e de sua casa.

Confira o vídeo do momento do reencontro:

A sweet reunion! Last week we took Daisy and Lucky to the MSU Large Animal Clinic because Daisy was not able to nurse Lucky because her teats were dry and she was feeling under the weather. Lucky was not doing well because he was unable to nurse and get the nutrients he needed. The vet also feared they may have a terminal disease called Johne's. We were heartbroken and feared the worst. They kept Lucky at the clinic for 3 days away from Daisy. They worked tirelessly to save him. On Monday we brought him home and yesterday we got the good news that they do not have Johne's. Daisy and Lucky were reunited and of course they remembered each other like any mom and child. So heartwarming.

Posted by SASHA Farm Animal Sanctuary on Wednesday, June 11, 2014

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More