Home [Destaque N2]

Homem faz “cone da vergonha” para si mesmo para que gato não se sinta sozinho

Rengar tem apenas 6 meses de idade, e ele e seu tutor já foram melhores amigos durante a maior parte de sua vida. A dupla é incrivelmente próxima e adora fazer tudo junta — e então, quando Rengar estava passando por um momento difícil, seu tutor encontrou a maneira perfeita de fazê-lo sentir menos sozinho.

Filhote de gato deitado na cama de cabeça para baixo
Foto: Sarah Proctor

Rengar e seu tutor têm personalidades muito semelhantes. Ambos podem ser muito teimosos e não gostam de obedecer, mas também são muito afetuosos quando querem ser e juntos fazem uma equipe perfeita. A dupla raramente está separada, ficando juntos desde um cochilo até um jogo de videogame no computador.

Homem joga videogame com gato sentado em seu colo
Foto: Sarah Proctor

Quando o pequeno Rengar teve que se castrar, ele não ficou nada feliz em ter que usar um “cone da vergonha” (colar elisabetano) depois. Seu tutor abraçou-o e tentou o seu melhor para fazê-lo sentir-se melhor, mas Rengar ainda se sentia abatido — e assim seu guardião apresentou a melhor ideia.

Homem deitado e gatinho usando colar elisabetano encostado nele
Foto: Sarah Proctor

Em cerca de 30 segundos, ele conseguiu fazer um grande cone de tamanho humano para ele e colocá-lo para mostrar a Rengar que ele não estava sozinho nessa.

Homem usando colar elisabetano feito de papel acaricia gato usando colar elisabetano
Foto: Sarah Proctor

“Rengar ficou confuso no início, então, quando percebeu que seu tutor também estava usando o ‘cone da vergonha’, estava mais confortável”, disse Sarah Proctor, a outra tutora de Rengar, ao site The Dodo.

Rengar imediatamente começou a relaxar um pouco quando viu que seu melhor amigo também estava usando um cone e não pareceu se importar tanto depois disso. Afinal, ele e seu tutor fazem tudo juntos, então, se ele também usava um cone, não poderia ser tão ruim assim.

​Read More