Notícias

Seis tigres são abandonados para morrer presos em gaiola após tutor se mudar para o exterior

Foto: CEN
Foto: CEN

Seis tigres foram resgatados de condições deploráveis depois de terem sido deixados para morrer de fome pelo tutor.

Ativistas de direitos animais na Ucrânia foram avisados sobre os tigres em 30 de dezembro e descobriram os animais mantidos em uma gaiola improvisada na ilha Vodnikov, em Kiev.

Evgheniya Prokopenko, um dos ativistas que ingressou na operação, compartilhou vídeos e fotos da operação de resgate.

Segundo a mídia local, os tigres estavam trancados em um clube particular que aparentemente havia sido abandonado.

Entende-se que o proprietário do local, que não teve o nome divulgado, é um ucraniano conhecido, mas se mudou para o exterior.

Evgheniya explicou: “Quase metade da equipe do departamento de polícia de Holosiivskyi visitou o local, Tiger Club (Clube dos Tigres), junto com equipes de resgate, onde encontramos seis tigres em condições terríveis”.

Foto: CEN
Foto: CEN

“Recebemos uma ligação dizendo que eles estavam sendo mantidos em um pequena gaiola, tipo um galinheiro improvisado, e que eles mantêm as pessoas acordadas rugindo dia e noite”.

“Os locais onde estavam alojados foram feitos de materiais improvisados e estavam em péssimo estado de conservação”.

“As condições eram chocantes, três tigres viviam em um espaço cercado abandonados na lama de sua urina e fezes, sem possibilidade de encontrar um lugar seco”.

Segundo o ativista, os animais tinham tanta sede que até bebiam o líquido do chão.
Ela acrescentou: “Um tigre mais velho vivia em um espaço mínimo, enquanto outros dois ficavam juntos em outro espaço apenas um pouco maior”.

Foto: CEN
Foto: CEN

Quando a polícia chegou, encontraram seguranças vigiando o local, mas ninguém cuidando dos tigres.

O advogado Prokopenko acrescentou: “Iniciamos um processo criminal de acordo com a primeira parte do artigo 299 (Crueldade aos animais) do Código Penal da Ucrânia. O suspeito pode enfrentar até três anos de prisão. Agora estamos resolvendo o problema levando os animais a instituições especiais que têm condições de atendê-los”.

Uma jornalista do jornal “Ukrainskaya Pravda”, Yaroslava Koba, afirmou que identificou o proprietário como uma pessoa chamada Vladimir Bulankov e afirmou ter entrado em contato com ele.

Ela disse que ele prometeu voltar ao país o quanto antes e fazer dos tigres uma prioridade. Ele disse também que seu plano era entregá-los ao zoológico “Feldman Ekopark”, na cidade de Kharkov, no nordeste da Ucrânia. As informações são do Mirror UK.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Clube da Playboy retira o foie gras do menu a pedido de Pamela Anderson

Foto: Twitter/Pamela Anderson
Foto: Twitter/Pamela Anderson

A atriz e ativista pelos direitos dos animais Pamela Anderson conseguiu que o Playboy Club London retire o foie gras de seu cardápio.

A estrela da série SOS Malibú escreveu uma carta a Steve Hight, diretor do local da Playboy Club de Londres – pedindo que o clube parasse de oferecer o “item que é produzido de forma cruel”.

“Absolutamente vil”

“Não há nada de sofisticado ou interessante no foie gras – que significa ‘fígado gordo’. Na verdade, ele é um alimento produzido de forma absolutamente vil e desumana”, escreveu Anderson.

Foto: Farm Sanctuary
Foto: Farm Sanctuary

“Tubos de metal são enfiados na garganta de gansos e patos, a fim de alimentá-los a força até que o fígado inche muito, pressionando os pulmões e dificultando a respiração das aves. É um alimento notoriamente horrível à custa do qual os pássaros são condenados a um sofrimento tão intenso que sua produção é ilegal no Reino Unido e em mais de uma dúzia de outros países.

Imagens fortes:

“Vender este patê repugnante não combina em nada com a marca Playboy que eu conheço e amo, e espero que você o remova imediatamente do menu”.

Alternativa vegana

Anderson sugeriu que o clube introduzisse uma versão vegana do prato, acrescentando: “Um prato 100% à base de vegetais e delicioso, repleto de sabores ousados e que não prejudica a vida de nenhum animal”.

O Clube da Playboy de Londres respondeu a carta de Anderson, dizendo que removeu o foie gras do cardápio e “prometeu nunca mais servi-lo”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Primeiro clube de rugby vegano do mundo é formado no Reino Unido

Por Rafaela Damasceno

O primeiro clube de rugby completamente vegano foi formado no Reino Unido e atualmente está à procura de novos jogadores. O time se chama Green Gazelles e foi formado para provar o poder do estilo de vida vegano. A equipe é composta por homens e mulheres.

O time reunido
Foto: Green Gazelles

O fundador, Brendan Bale, está procurando por jogadores de todas as habilidades e tem interesse em jogadores de alto nível. “O time está se formando muito bem, com o jogador profissional Darren Dawidiuk, o treinador David Cleary e muitos outros mostrando interesse”, declarou ele.

O clube está garantindo que todas as vestimentas sejam totalmente veganas – incluindo os calçados – e está atrás de patrocinadores.

“Somos o primeiro clube de rugby inteiramente vegano, nosso objetivo é mostrar os jogadores que seguem uma dieta baseada em vegetais – promovendo o veganismo através do rugby!”, diz a página do Green Gazelles no Facebook.

O clube segue o exemplo da equipe de futebol Forest Green Rovers, que é inteiramente vegana desde 2015. Muitos outros atletas de sucesso também seguem uma dieta baseada em vegetais, como Lewis Hamilton, campeão de Fórmula 1; o jogador de futebol do Manchester United, Chris Smalling; as estrelas do tênis, Novak Djokovic e Serena Williams, e muitos outros.

Forest Green Rovers

Em 2015, o Forest Green Rovers removeu todos os produtos de origem animal de seus estádios, tornando-se o primeiro time do mundo a jogar em um estádio inteiramente vegano.

O proprietário do time, Dale Vince, também é diretor de uma empresa de eletricidade vegana, a Ecotricity. Além de promover o veganismo, ele também agrega os princípios de sustentabilidade ao espírito da equipe. Abandonou os uniformes feitos com produtos plásticos e adquiriu camisas de bambu. Os calções possuem o logotipo dos patrocinadores veganos da equipe.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Jogador de futebol Sebastián Pérez se torna vegano em respeito aos animais

O jogador de futebol colombiano Sebastián Pérez, que atualmente é volante do clube argentino Boca Juniors e também integra a Seleção da Colômbia de Futebol, declarou-se vegano por respeito à vida animal.

Sebastián Pérez se declarou vegano em entrevista a jornal argentino (Foto: Divulgação)

Em entrevista concedida ao jornal argentino Ole, ele afirmou que se tornou vegano devido à influência da esposa, Manuela Ruiz, que já era vegana.

O jogador afirmou ainda que recebeu apoio dos nutricionistas do Boca Juniors. Segundo ele, os profissionais não foram contra a decisão dele de não comer mais produtos de origem animal.

“Creio que todos temos diferentes pontos de vista. Há os que dizem que os animais existem para comermos, mas para mim o mundo é de todos os seres vivos. A isso se deve a minha decisão e o respeito que tenho pelos animais. Eu não me meto com a filosofia dos outros, mas também não permito que os outros se metam na minha filosofia”, disse Sebastián.

Time de futebol vegano

O Forest Green, time de futebol da liga profissional da Inglaterra, é inteiramente vegano. A razão para o time defender os direitos animais é o fato do proprietário do time ser adepto do veganismo. As informações são do portal Vista-se.

Apesar de não haver exigência por parte do clube dos jogadores serem veganos, eles não consomem nenhum produto de origem animal nas dependências da sede do Forest Green.

​Read More
Notícias

Jacaré escala cerca em clube de campo nos Estados Unidos

13
Divulgação

O norte-americano Eric Gilbert registrou o momento em que um jacaré escala a cerca do clube de campo Hideaway County Club, que fica em Fort Myers, na Flórida (EUA).

No vídeo, publicado no YouTube na última quarta-feira (29), o réptil de aproximadamente 2,5 metros aparece demonstrando sua habilidade de atravessar a barreira de arame. Saindo do clube, ele desaparece em meio à vegetação.

À emissora UPI, Gilbert contou que o registro desvendou como o animal, apelidado de Tom pelos frequentadores do local, entra e sai quando quer. “Eu não sabia que eles podiam saltar uma cerca tão facilmente”, disse ele, surpreso com a descoberta.

Com o esclarecimento sobre o método de entrada do jacaré, o clube informou que irá tenta tornar a cerca “à prova de jacarés”. Assista:

Fonte: Rede TV!

​Read More
Notícias

Polícia Ambiental resgata filhote de capivara ferido em clube de Brasília (DF)

25
Divulgação

A Polícia Ambiental do Distrito Federal resgatou nesta quarta-feira (29) um filhote de capivara no Clube Cota Mil, no Setor de Clubes Sul. O animal foi encaminhado para o Hospital Veterinário da Universidade de Brasília (UnB) com ferimentos na perna esquerda.

A capivara segue recebendo atendimento por um militar da corporação. Ele foi colocado em uma caixa de transporte, para ser encaminhado ao Hospital Veterinário da UnB.

A PM não soube informar se a capivara recebeu alta médica. Em caso de liberação, o animal será encaminhado para o Centro de Triagem de Animas do Ibama.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Clube do Pit Bull de Manaus (AM) comemora dois anos de existência com evento gratuito

49
Divulgação

O Clube do Pit Bull Manaus fará um evento para comemorar o segundo ano de existência, no dia 2 de abril, às 19h, no Centro Social Urbano (CSU), do bairro Parque 10. O evento gratuito traz um desfile de cães da raça, além de sorteio de brindes para os participantes.

Segundo a administradora e presidente do Clube do Pit Bull Manaus, Andrea Guedes, 34, o grupo surgiu como uma forma de lutar contra o preconceito com a raça canina. “Queremos mostrar o outro lado. Eles são cães como todos os outros e não devem sofrer qualquer tipo de preconceito”, explica.

De acordo com Andrea, os pit bulls que participarem do desfile serão avaliados em dois quesitos. A conformação e beleza do cão. “Na conformação, é avaliado o padrão da raça. Devem estar dentro dos padrões exigidos pelas entidades que registram a raça, ou seja, cor, tamanho e porte físico”.

As inscrições para o desfile serão feitas na hora do evento, gratuitamente, em três categorias: macho, fêmea e filhote. Segundo a presidente do clube, os três primeiros colocados vão ganhar troféus, medalhas e rações.

Andrea informou que o evento é aberto para todas as raças, mas o desfile é exclusivo para os pit bulls. Durante o evento, os participantes vão concorrer a sorteios de brindes, como banho e tosa, além de amostras de rações.

50
Divulgação

Clube
O Clube do Pit Bull Manaus surgiu oficialmente no dia 22 de março de 2014, após vários relatos de discriminação, por membros de um grupo de cuidadores de pit bulls em Manaus, segundo Andrea. “Saíamos na rua e as pessoas falavam que estávamos criando monstros. Precisávamos fazer algo em relação a isso e então formamos o Clube”.

Atualmente, o Clube tem 300 cães inscritos que participam de atividades como adestramentos coletivos, clube da caminhada em pontos turísticos de Manaus e até desfiles de fantasia, em datas comemorativas.

Para o evento de comemoração do segundo aniversário do Clube, a presidente espera a participação de 100 cães, o dobro em relação ao primeiro aniversário, de acordo com a presidente do grupo.

Já o público esperado é de cerca de 600 pessoas. “Esperamos mesmo que as pessoas levem seus cães, mesmo de outras raças. Todos são bem vindos”, comentou.

Evento:
Aniversário de 2 anos – Clube Pit Bull Manaus
Dia: 2 de Abril
Horário: 19 horas
Local: Centro Social Urbano (CSU)
Endereço: Bairro Parque 10, Manaus
Entrada gratuita
Facebook Clube do Pit Bull

Fonte: Diário do Amazonas

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Clube noturno de hotel em Dubai explora milhares de animais marinhos

(da Redação)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ONG People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) criticou um novo clube submarino do Hotel Atlantis em Dubai, afirmando que o mesmo explora 65 mil espécies confinadas no chamado “Lost Chambers Aquarium”. As informações são do Arabian Business.

“Festas ruidosas e animais cativos são uma péssima combinação”, disse a organização ao Arabian Business.

O Deep Under é um conceito de boate mensal lançado no Atlantis no dia 22 de outubro.

Uma noite a cada mês, o Lost Chambers Aquarium que fica debaixo do hotel se transforma em um clube noturno com capacidade para 450 pessoas, incluindo bar, cabine de DJ e pista de dança.

Os frequentadores ficam cercados por mais de 65.000 espécies aquáticas, dentre elas arraias, tubarões, filhotes de jacarés e uma infinidade de animais marinhos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No entanto, o PETA tem se manifestado contra o conceito – acusando-o de cruel para com os animais – e apela aos apreciadores do local para que se dirijam a outros lugares para seu entretenimento noturno.

Em uma declaração ao Arabian Business, um porta-voz do PETA disse: “Instalações como esta têm um grande impacto negativo sobre os animais que estão lá. Os animais podem ficar extremamente agitados durante esses eventos, e até mesmo atacar uns aos outros devido à frustração”.

Segundo a organização, especialistas declaram que o ruído antropogênico em níveis altos pode afetar o comportamento e ferir fisicamente, bem como mascarar importantes sons naturais dos quais os animais dependem e alterar as suas funções psicológicas.

“Pessoas bondosas irão a quaisquer outros lugares – não há nenhuma diversão ou entretenimento em assistir a esses angustiados animais em tanques que são apenas uma pequena fração do tamanho de seu habitat natural”, acrescenta a ONG.

O Atlantis Hotel declinou em comentar as críticas ou prover informações sobre que medidas estaria tomando para minimizar os potenciais danos aos animais devido ao barulho e às vibrações da música.

​Read More
Notícias

Cadela maltratada durante jogo de futebol é adotada por clube na Argentina

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A cadela maltratada por um jogador do Bella Vista, time de Tucumán, na Argentina, foi adotada San Juan, seu rival local. Em sua página oficial no Facebook, o clube conhecido como “El Santo de San Juan” anunciou que adotou a cadela Negrita e publicou foto do animal com a camisa da equipe.

O San Juan explicou que Negrita era uma cachorra de rua acolhida por um abrigo, mas tinha fugido e chegado ao estádio do clube. Na semana passada, durante clássico local, Enzo Jimenez, jogador do Bella Vista, pegou o cão pelo pescoço e o atirou contra um alambrado por estar atrapalhando a partida. O ato causou revolta geral e o agressor foi expulso de campo.

As consequências não pararam por aí. Mesmo após se dizer arrependido, Jimenez foi demitido do Bella Vista.

Fonte: IG

​Read More
Notícias

Jogador de clube argentino é expulso por maltratar cão que adentrou o gramado

O jogador Jose Jimenez, do Bella Vista – time de menor expressão do futebol argentino -, foi expulso por arremessar um cão no alambrado durante uma partida da liga regional de Tucumán. Segundo informações do jornal Olé, a atitude de Jimenez provocou indignação na torcida e na direção do clube, que rescindiu o contrato do atleta.

O incidente aconteceu durante a partida entre San Juan e Bella Vista. Um cão invadiu o gramado, fazendo com que o jogo fosse paralisado. Aparentemente dócil, o cão deitou-se no campo e lá ficou, até ser retirado pelo pescoço pelo jogador do Bella Vista.

Em um ato que deixou a todos impressionados, Jose Jimenez tentou arremessar o cão para a arquibancada, porém, o animal acabou batendo no alambrado e caindo de volta no campo.

Imediatamente, torcedores e jogadores repreenderam Jimenez, que foi expulso pelo ato. Após a partida, o jogador pediu desculpas. “As ações do árbitro me deixaram nervoso e me fizeram cometer o ato pelo qual peço desculpas agora. Minha intenção era não machucar o cão”, disse. Porém, mesmo arrependido, Jose Jimenez não foi poupado e acabou perdendo o emprego.

Fonte: Terra

​Read More
Você é o Repórter

Cadela encontrada em frente a clube no Morumbi (SP) procura tutor

Nair Schorn
nair.schorn@terra.com.br

Foto: Divulgação

A pequena foi encontrada no dia 22/01/12 pelos manobristas do Clube Paineiras na frente do Clube na R.Alberto Penteado, no Morumbi.

Estava com coleira vermelha e bem assustada. Ela é branca e malhadinha de marrom.

Contato: Cristina tinagrecco@gmail.com
(11) 77507950

​Read More
Notícias

Crocodilo aparece em piscina de clube na Austrália

Australianos que estavam nadando em uma piscina em Darwin, no norte do país, tiveram um motivo a mais nesta manhã para acelerar as braçadas.

Logo cedo, um filhote de crocodilo foi visto, imóvel, na parte rasa da piscina. Os nadadores chamaram os salva-vidas para remover o animal.

O salva-vidas Tim Dupe contou que o animal media cerca de 40 centímetros e brincou dizendo que ele ganhou uma raia na piscina só pra ele.

Essas nadadoras disseram que não se assustaram tanto porque era apenas um filhotinho de crocodilo.

Fonte: G1

​Read More